Correr ao ar livre ou na academia? Como escolher?

· 25 de outubro de 2018
Correr talvez seja o exercício mais fácil de praticar, já que não precisa de equipamentos e, portanto, podemos fazê-lo em qualquer lugar

Há quem diga que correr ao ar livre traz melhores resultados, já que haverá mais resistência. Já se falamos de uma esteira em uma academia, você poderá treinar até em épocas de climas adversos. Mas então… Correr ao ar livre ou na academia? As duas maneiras têm suas vantagens e desvantagens.

Sair para correr ou ir à academia? O que escolher?

Isso dependerá muito de seus hábitos, gostos e do tempo que você quer investir nesse exercício. A partir daí, teremos muitos fatores a considerar. Por exemplo, se você é um amante da natureza, poderá aproveitar para ficar em contato com ela e correr em terrenos naturais.

Mas talvez seu tempo seja limitado, e sua melhor opção seja ir a uma academia. Das duas maneiras você poderá ter bons resultados. O que vai influenciar mais é seu esforço e boa atitude.

Comparação: correr ao ar livre ou na academia

Mas enfim… É melhor correr ao ar livre ou na academia? Uma das vantagens de correr ao ar livre é que, se você praticar em áreas naturais e abertas, a inalação de oxigênio poderá potencializar seu rendimento.

Ali, a pureza do ar e sua temperatura atuarão também sobre sua mentalidade e atitude, o que te impulsionará para continuar. O cansaço da atividade repetitiva diminuirá, já que o trajeto permitirá ver coisas ou paisagens diferentes.

uma pessoa correndo na esteira

Isso não quer dizer que correr na esteira em uma academia será chato. Além disso, o tipo de terreno pode ser um desafio para você se a rota não for bem escolhida.

Por exemplo, os terrenos irregulares podem aumentar o risco de uma lesão e atrapalhar a coordenação. Se o terreno for muito duro, suas articulações podem sofrer muito pela repetição do movimento.

Por outro lado, correr na esteira em uma academia é algo que pode ser feito até em condições climatológicas adversas. Você poderá também utilizar a tecnologia para ter registros da distância e das calorias consumidas.

Além disso, não haverá mudanças bruscas por diferenças no terreno, o que faz com que correr na academia tenha um ritmo mais constante. No entanto, para alguns, torna-se uma tarefa monótona.

O que levar em conta para correr ao ar livre ou na academia?

Como você já viu, há vários fatores a serem considerados. Quanto ao emagrecimento, já se sabe que a diferença entre correr ao ar livre ou na academia é de apenas 5% com relação à perda de calorias. O tempo também não é determinante, já que poderia ser inclusive um problema, se você está fora de casa e o clima muda rapidamente.

Mas o que deve, sim, ser levado em conta, é que se você corre ao ar livre, é preciso ter mais atenção com a hidratação. Isso porque você não terá apenas o esforço físico, mas também a exposição ao vento e ao sol, e se você vestir muitos acessórios para se proteger deles, isso pode atrapalhar sua mobilidade.

Por outro lado, na esteira você deve complementar o ambiente. Por exemplo com música, ou talvez colocar a esteira em frente a uma janela que lhe dê uma boa vista para evitar ou reduzir o cansaço.

Aspectos que apontam vantagens e desvantagens

Correr ao ar livre gera um esforço maior. No entanto, isso não é algo que não possa se conseguir na esteira. Você pode, por exemplo, variar o ângulo de inclinação alguns graus.

Quando você corre ao ar livre, pode chegar a uma velocidade maior. Isso não é algo que pode ser feito naturalmente na esteira, já que a referência visual tem um papel determinante no momento de exigir de seu corpo.

Por último, temos a segurança. Na academia, você reduz parte dos riscos de torções, esbarrões e alguma outra lesão, mas não completamente, já que se perder o ritmo, você pode cair e se lesionar da mesma forma. No entanto, correr na esteira tem vantagem sobre correr ao ar livre por conta de sua superfície uniforme.

amigos correndo ao ar livre

A decisão é sua

Mas enfim: devo correr ao ar livre ou na academia? Parece que correr ao ar livre traz mais benefícios. A decisão é sua, e é importante que, ao tomá-la, prevaleça sua vontade de praticar a modalidade de uma maneira que lhe agrade.

Se sua decisão é dar atenção a sua saúde e forma física, as duas modalidades vão ajudar. Você pode inclusive alterná-las e ver, por conta própria, qual delas te motivam mais a continuar correndo.