4 exercícios simples para começar no Yoga

· 25 de outubro de 2018
O Yoga é um exercício ideal para esquecer o estresse diário e desconectar dos problemas. Se bem praticado, pode trazer um equilíbrio difícil de encontrar de outras formas

Talvez você pense que o Yoga não é para você. Mas depois de analisar um pouco a metodologia e seus benefícios, com certeza você mudará de opinião. Essa atividade é sobre o cuidado integral do corpo, e por isso, você tem muitos motivos para começar no Yoga.

Como começar no Yoga

Sempre haverá certa resistência no momento de iniciar algum hábito ou atividade nova em sua vida. É por isso que, para começar no Yoga, você precisa considerar os benefícios e saber no que ele consiste para que sua mente se abra. Se o ritmo de vida e o estresse estão passando dos limites, não hesite em buscar alívio através do Yoga.

Para isso, você deve levar esses conselhos em conta.

  • O principal exercício não é uma contorção nem alongamento, mas sim o estado mental. Ao começar no Yoga, você deve ter a mente aberta para que ela não bloqueie seu corpo na hora de começar uma nova posição que você poderia considerar impossível de fazer.
  • Também não é preciso começar por algo complexo, e sim com uma postura básica e suave.
  • O segundo conselho é aquecer primeiro. Com isso, busca-se preparar o corpo, articulações e músculos, além de despertar seu organismo de forma gradual.

Passos preliminares para o Yoga

Se você seguir esses passos para começar no Yoga, entrará em um mundo novo, onde o desenvolvimento integral de seu corpo marcará sua vida.

  1. Crie um fundamento e objetivos para a prática do Yoga.
  2. Tenha em conta que o Yoga pode ter variações.
  3. Tenha o equipamento necessário.
  4. Utilize a roupa apropriada.
  5. Busque um lugar cômodo que traga tranquilidade.
  6. Estude algumas posturas básicas de Yoga.

4 exercícios básicos de Yoga

Quando você se sentir preparado, pode começar com as seguintes posições:

Posição de montanha

Fique pé e alargue seu corpo separando as pernas um pouco. Relaxe os ombros e os braços. Levante a cabeça e estique a coluna, tomando bastante ar, e deixe-o sair lentamente. Depois, levante os braços ao lado do corpo. Olhe para cima e repita a respiração.

A cegonha

Depois de cerca de 20 segundos na posição da montanha, abaixe os braços lentamente pelos lados, seguido do tronco. Olhe para os joelhos e deixe os braços soltos. Relaxe seus ombros e respire novamente, de forma profunda, e expire lentamente pelo nariz. Depois, vá subindo lentamente e chegue novamente à posição da montanha. Repita o ciclo.

Mulher fazendo yoga

Dobradura frontal

Após a posição da cegonha, levante a cabeça para frente, alargando as costas, até que a cabeça fique na altura da pélvis. Apoie seus braços em suas pernas, para conseguir equilíbrio e, para compensar, flexione um pouco as pernas. Olhe para frente e respire profundamente.

Posição de criança

Abaixe-se devagar até o chão e apoie seus joelhos. Busque uma posição de descanso, onde seu peso se dirige ao centro da terra. Nesta posição, sua coluna se dobrará em um ângulo de 110 graus para frente.

posição da criança no yoga

Aprendizagem para começar no Yoga

O êxito que você terá no Yoga não está atrelado a quão bom é seu colchonete ou seu tapete. Nem a quão cômoda é sua roupa, nem ao ambiente escolhido. Essas coisas contribuem, mas o mais importante é sua maneira de pensar.

Por isso, você precisa estar disposto a esquecer as preocupações do trabalho e do lar e durante esse tempo focar em ter a mente livre, apenas para encontrar seu equilíbrio. A prática tem muitos benefícios, e assim você conseguirá aproveitá-los.

Para começar no Yoga, você pode ir a uma escola ou curso desta prática, e será preciso ter um pouco de paciência enquanto você se adapta ao método. No entanto, existe o que se chama de curva de aprendizagem, que diz que em três ou quatro semanas você conhecerá o básico desta atividade para praticar em casa.

É claro você deve ir antes a seu médico de confiança e conversar para saber se você tem alguma doença ou lesão física, e se há posições que você deveria evitar.

Então, deixe seu espírito fluir. Relaxe, sinta seu corpo. Você verá que o Yoga é para você, sim.