Bikram Yoga, a Yoga praticada em sala aquecida a 40ºC

· 1 de setembro de 2018
A Bikram Yoga é composta por 26 posturas ou asanas que são realizadas de modo contínuo, como uma série. São realizados também trabalhos de respiração no início e no final de cada aula.

A Bikram Yoga é uma modalidade dessa disciplina que consiste em várias posições e uma única peculiaridade: é realizada a mais de 40 graus de temperatura. Você quer saber mais sobre essa alternativa para lá de original? A seguir, apresentaremos as suas principais características.

Você consegue se imaginar fazendo uma série de posturas de Yoga em uma sala aquecida a 42 graus Celsius? Essa é, em termos gerais, a essência da Bikram Yoga, uma variável dessa disciplina criada pelo polêmico Bikram Choudhury.

Ela costuma ser confundida com a Hot Yoga, mas na realidade elas são diferentes. Enquanto que a Hot Yoga varia em termos de exercícios que são realizados, a Bikram Yoga já tem uma certa sequência de posturas que não varia.

Quais são os benefícios da Bikram Yoga

A primeira questão que surge para todos quando se ouve falar desse tipo de Yoga é que benefícios ele traz para a nossa saúde. Além de conseguir uma boa vasodilatação, que melhora a circulação e libera as toxinas pela transpiração, podemos citar as seguintes virtudes produzidas por essa atividade:

  1. Aumenta a flexibilidade

Como todas as disciplinas da Yoga, a Bikram Yoga é uma ótima maneira de fortalecer os músculos. Dessa forma, o indivíduo verá a sua força e resistência potencializadas, assim como também poderá melhorar sua postura.

Além disso, a temperatura ambiente permite aquecer mais os músculos. Isso resulta em uma maior flexibilidade muscular para fazer os movimentos que antes poderiam ter sido impensáveis.

 Mulher fazendo yoga

  1. Ajuda na perda de peso

O calor aumenta a exigência. Dessa forma, o corpo deve dedicar uma maior quantidade de recursos para cumprir com as posições. Como resultado, a queima de calorias e gorduras é maior.

Não se confunda: não é a transpiração que nos faz perder peso, mas a queima de calorias que ocorre como resultado das condições em que trabalhamos.

  1. Melhora o controle sobre o corpo

A Bikram Yoga requer grande concentração, bem como bom controle e domínio do corpo. A pessoa deve desenvolver força mental para suportar a adversidade, bem como o autoconhecimento para saber limitar a demanda e parar quando for hora de fazê-lo.

  1. Contribui para o bem-estar

O esforço exigido para realizar essa atividade resulta em um enorme bem-estar ao final da atividade. Isso ocorre devido à geração de endorfinas, um hormônio que é produzido quando praticamos atividades físicas exigentes. É uma excelente maneira de combater o estresse e liberar a tensão.

  1. Fortalece os ossos e as articulações

Além de ser extremamente positivo para os músculos e para a flexibilidade, a Yoga praticada em altas temperaturas também contribui para a saúde óssea. Assim, além de prevenir lesões e doenças, diminui os efeitos do envelhecimento.

A Bikram Yoga é indicada para todas as pessoas?

Apesar dela ser mais recomendada para aqueles indivíduos que buscam perder peso através da prática de Yoga, essa disciplina é perfeitamente recomendável para todas as pessoas.

No entanto, aqueles que têm pouca tolerância ao calor ou problemas frequentes de desidratação devem tomar certas precauções antes de começar a praticá-la. Por exemplo, siga as orientações médicas preventivas e pare de vez em quando para recuperar o ar e se hidratar.

Muitos instrutores, no entanto, não permitem esses intervalos. Por isso, é preciso ter certa forma física para evitar qualquer inconveniente ao realizar essas posturas.

A Bikram Yoga também não é recomendável para mulheres grávidas ou pessoas com problemas de respiração ou de circulação. Além disso, os idosos e menores de idade também não devem tentar realizar esse esporte.

Quais são as posturas que são executadas na Bikram Yoga

Algumas das posturas que são praticadas em uma aula de Bikram Yoga são:

  • Postura da meia lua.
  • Postura das mãos nos pés.
  • Postura da águia.
  • Postura do triângulo.
  • Postura da árvore.
  • Postura do arco.
  • Postura do urso em equilíbrio.
  • Postura do camelo.
  • Postura do relaxamento.

Como observamos anteriormente, todas as sessões começam com um exercício de respiração. Em seguida, realizamos posturas em pé, seguida pelas de equilíbrio, e finalmente, terminamos com os exercícios no chão. Todas as posturas são feitas duas vezes.

Alunos fazendo bikram yoga em uma aula

Quais são as precauções para a prática de Bikram Yoga

Tendo em conta as demandas desse exercício, é aconselhável tomar certas medidas antes de executá-las:

  • Hidrate-se bem e não coma refeições pesadas antes de iniciar a sessão.
  • Use roupas flexíveis e finas e não use itens desnecessários.
  • Use uma toalha para se secar com frequência. Assim, você evitará que as roupas fiquem pesadas.
  • Não sobrecarregue os seus músculos. Você pode se lesionar se fizer isso.

Aqueles que praticam a Bikram Yoga com frequência – recomenda-se fazer de 2 a 3 vezes por semana – afirmam que seus benefícios são ampliados devido ao calor. Se você é um amante de exigências físicas e acha que pode lidar com isso, não hesite em fazer algumas sessões para provar.