Benefícios de correr ao ar livre para a sua saúde

· 27 de agosto de 2018
Não é nenhuma novidade que as ruas e os parques das grandes e pequenas cidades estão repletos de espaços livres para treinar e correr, e a verdade é que aproveitá-los traz mais benefícios do que fazer esporte em uma academia.

Quando faz um tempo agradável lá fora, queremos fazer exercício fora da academia. Apesar de ser aconselhável se exercitar ao longo do ano todo, existem alguns benefícios de correr ao ar livre que não encontramos nos treinos indoor. Contaremos mais a seguir.

Por que correr ao ar livre é bom para a saúde?

Correr pelo campo, na floresta, na praia ou no parque é muito mais saudável para o corpo e para a mente do que usar a esteira na academia. Claro que em ambos os casos você queima calorias, libera tensões, sua e move o corpo. Mas a verdade é que os benefícios de correr ao ar livre superam os da corrida indoor.

Mulher correndo no parque

Essa modalidade esportiva não requer muito gasto, já que precisamos apenas de um calçado adequado. Você pode correr em qualquer lugar sem ter que pagar mensalidade! Além disso, todo mundo pode correr porque você faz seu próprio ritmo e não precisa de treinador – desde que o faça de forma amadora.

Benefícios de correr ao ar livre

É verdade que quando faz frio ou chove não temos vontade de correr ao ar livre. Esperamos até que o tempo melhore e haja dias agradáveis para sair e se exercitar. Recomendamos que durante os dias chuvosos você continue fazendo esporte indoor: não é a mesma coisa, mas também traz muitos benefícios.

Não importa qual é o seu objetivo: talvez você queira perder peso, ou talvez o seu desejo seja eliminar o estresse decorrente das suas obrigações cotidianas. Os benefícios de correr ao ar livre atingem o nosso físico e também o emocional. Entre as vantagens encontramos:

  1. Mal humorado? Correr ao ar livre nos deixa de bom humor

Estar em contato com a natureza enquanto fazemos exercício é o melhor cenário para melhorar um dia ruim no escritório – ou até mesmo para começar o dia com um sorriso se nós preferimos treinar pela manhã.

Correr ao ar livre nos permite olhar para uma paisagem diferente, com árvores, flores ou ondas. É ideal para limpar a mente e, até mesmo para espairecer e depois tomar decisões melhores. Você terá bom humor por causa das endorfinas que o corpo produz graças ao exercício.

  1. Como estão suas vitaminas? Esportes ao ar livre fornecem vitamina D

Trata-se de um dos nutrientes que as pessoas têm mais deficiência, uma vez que sua principal fonte é o sol. Por isso, correr ao ar livre é importante se você está déficit de vitamina D.

Mas, atenção! Isso não quer dizer que você pode sair e correr em pleno meio-dia, sem protetor solar, óculos de sol ou chapéu. É muito importante cuidar da pele quando fazemos exercício ao ar livre. Evite as horas de maior calor e sol e, é claro, não esqueça de se hidratar antes, durante e depois da atividade.

  1. Tem um parque na sua cidade? Estar ao ar livre nos permite respirar ar puro

Estar ao ar livre nos permite oxigenar o corpo de forma diferente, principalmente se nos afastarmos um pouco das grandes avenidas e das ruas movimentadas da cidade. Isso é muito bom, tendo em conta a quantidade de oxigênio que o organismo necessita quando nos exercitamos.

mulher correndo em um parque arborizado

  1. Ajuda a queimar calorias

Você pode queimar mais gordura se correr devagar ao ar livre do que se você o fizer em grande velocidade numa esteira em casa ou na academia. Isso se deve, em parte, ao terreno irregular que nos obriga a utilizar mais músculos para manter o equilíbrio.

  1. Cuida das articulações

Correr ao ar livre, como já foi dito anteriormente, é sinônimo de andar por lugares que não são regulares, como acontece em uma esteira. Se fizermos exercício no parque ou na praia, os impactos serão menos agressivos para os pés, para os tornozelos e para os joelhos – partes do corpo que mais sofrem lesões com o atletismo em pista ou indoor.

Aquelas pessoas que sofreram de tendinite no passado são aconselhadas a correr no campo ou na areia. Neste último caso, além disso, é bom que façam exercício descalços para desfrutar dos benefícios da água do mar.