É possível evitar o efeito sanfona? Dicas para permanecer no peso alcançado

· 7 de agosto de 2018
O primeiro passo para que uma dieta tenha o efeito desejado e para evitar o efeito sanfona é planejar e estruturar muito bem o que, quando e em qual quantidade vamos comer.

Como evitar o efeito sanfona? Após meses de dieta, você chega ao peso desejado. Você se sacrificou na alimentação e nos exercícios e os resultados chegaram. Como chegou ao peso ideal, você começa a ter uma rotina mais relaxada.

Sem comer como antes, você começa a ganhar peso novamente e volta ao estado anterior. Se você já fez dieta, com certeza sabe o que é isso. Chama-se efeito efeito sanfona e, a seguir, vamos lhe contar como evitá-lo.

Como evitar o efeito sanfona: não às dietas milagrosas

Não há nenhuma receita mágica para perder peso. Se você quer isso, precisa ser consciente desde o primeiro momento de que se trata de um trabalho duro, que requer esforço e sacrifício. Também é preciso levar em conta que a perda será progressiva. Por isso, você precisa planejar perder os quilos a médio e longo prazo.

Pode ser que, em um primeiro momento, você perca peso com dietas milagrosas. Com algumas delas, é possível perder até 5 quilos em três dias, o que é, de fato, muita coisa. Na verdade, o que você perde com essas dietas breves e drásticas é líquido. Quando a dieta acabar, você vai recuperar o peso e, provavelmente, ganhar ainda mais.

Mulher com ´vários alimentos saudável como legumes e frutas

Se você deseja perder peso, escolha uma dieta saudável, variada e que tenha uma continuidade com o tempo. Como falamos antes, milagres não existem, e de nada serve passar dias ou semanas sem comer, se depois você vai voltar aos hábitos anteriores.

Quer evitar o efeito sanfona? Descarte as dietas hipocalóricas

Uma mulher deve consumir entre 1.500 e 2.000 calorias por dia, e um homem entre 1.800 e 2.500. Toda dieta que fique abaixo desses números tem uma grande possibilidade de causar um efeito sanfona. Há dietas nas quais se planeja consumir diariamente cerca de 500 calorias, o que é uma loucura.

Com dietas hipocalóricas, a única coisa que se consegue é enfraquecer os músculos e ter uma sensação de cansaço contínuo. A longo prazo, essas dietas podem causar problemas de saúde, tais como a anemia. É preciso saber que perder peso não é uma brincadeira, e que a saúde vem em primeiro lugar.

Assim como acontece nas dietas milagrosas, o efeito sanfona sempre aparece com as dietas hipocalóricas. Neste caso, isso acontece porque ao ingerir poucas calorias, o metabolismo se desacelera. Quando a dieta acaba, o corpo absorve mais gorduras do que o normal, porque sente a falta de nutrientes.

Para evitar o efeito sanfona, adquira hábitos com a dieta

Quando uma pessoa começa uma dieta, não deve encará-la como algo momentâneo, e sim como uma aprendizagem contínua. Se precisamos fazer dieta, é porque estamos fazendo algo errado. Pode ser uma alimentação pouco adequada, falta de exercício ou as duas coisas. É por isso que é preciso levar a dieta como uma aprendizagem e aquisição de hábitos.

Uma dieta saudável, além de ajudar a perder peso, ensina a comer e levar uma vida saudável. Quando você alcançar o peso desejado, terá adquirido rotinas que farão com que o efeito sanfona não apareça. Não veja as dietas apenas como uma forma de emagrecer, e sim de gerar saúde ou qualidade de vida.

Com isso, não queremos dizer que você precisa manter uma dieta restrita a vida inteira. Apenas opte por preparações mais saudáveis e deixa de utilizar alguns ingredientes.

Nutricionista com um calendário, maças e uma fita métrica

Não deixe de praticar esportes se quer evitar o efeito sanfona

O esporte é um pilar fundamental de qualquer dieta. De acordo com os quilos que você quer perder, o tempo livre que você tiver e seu estado físico, busque o esporte que melhor se adapte a você. O exercício lhe ajudará a perder peso mais rapidamente, tonificar o corpo e aliviar o estresse.

Quando você alcançar o peso desejado, não pare de praticar esportes se não quiser enfrentar o temido efeito sanfona. Você pode continuar com uma intensidade menor, mas nunca pare a ponto de levar uma vida sedentária. Se você praticar esportes acompanhado, será mais fácil manter a forma e seguir fazendo exercícios com o passar do tempo.

Aproveite a dieta para e o esporte e criar um vício do bem. Corridas, ciclismo, natação… as opções são infinitas para ficar em forma e se divertir ao mesmo tempo! Coloque objetivos para manter a motivação e tenha uma continuidade e evolução nos exercícios realizados.