Dieta hiperproteica: emagrece e gera ganho de massa muscular

· 1 de outubro de 2018
Com um treinamento anaeróbico adequado e um equilíbrio preciso no consumo de alimentos, a dieta hiperproteica concede muitos benefícios e potencializa os resultados do esforço físico.

Aqueles que realizam exercícios anaeróbios em busca de uma musculatura definida conhecem o poder de uma dieta adequada. A dieta hiperproteica é aquela que tem um alto consumo de proteínas. Desta forma, ela favorece o aumento da massa muscular e reduz o consumo de produtos que geram obesidade.

Benefícios da dieta rica em proteínas para ganhar massa muscular

Como os músculos são compostos principalmente por proteínas, esse tipo de dieta favorece um reparo efetivo dos ossos, músculos, pele e cabelos, proporcionando grande vitalidade.

Outra tarefa das proteínas no corpo humano é servir a comunicação entre órgãos e células. Isso faz com que uma dieta hiperproteica atue a favor de um bom equilíbrio hormonal.

Homem sarado saindo da piscina

Por outro lado, as proteínas também servem para transportar moléculas, como é o caso da molécula de oxigênio que transporta a hemoglobina para as células.

É comum ouvir ou ler sobre a importância das enzimas para reações químicas no corpo. A presença de uma quantidade adequada de proteína representa um melhor desempenho das enzimas.

Como a massa muscular aumenta com a dieta rica em proteínas

Para aumentar a massa muscular não há muitos segredos, você precisa de um exercício diário e focado. Nesse sentido, organizar os treinos de acordo com os grupos musculares garante que a massa muscular cresça uniformemente por todo o corpo. O uso de pesos e aparelhos ajuda muito nesse objetivo.

Quanto ao tipo de treinamento necessário para ver os resultados na musculatura, o ideal é praticar exercício intenso. Devemos fazer pelo menos 3 séries e pelo menos 10 repetições menores. Mas também não podemos exagerar: 5 conjuntos de 10 seriam o máximo diário para cada exercício.

A dieta rica em proteínas é essencial para realizar exercícios anaeróbicos sem enfraquecer o corpo. O hábito de ingerir alimentos ricos em proteínas antes e depois do treinamento ajuda os tecidos a se regenerarem em tempo hábil.

Cada grupo muscular trabalhado intensamente deve descansar pelo menos dois dias antes de se exercitar novamente. As pausas permitem o aumento da massa muscular, sem lesão ou enfraquecimento. A técnica e o cuidado do corpo são indispensáveis ​​para bons resultados.

Melhor pouco a pouco e com ajuda

Aqueles que estão começando no mundo fitness devem procurar aconselhamento de treinadores ou treinadoras especializados. Se exageramos ou se os exercícios não forem realizados adequadamente, a única coisa que podemos alcançar é uma lesão.

Não pule nenhum passo. Antes de iniciar os exercícios anaeróbicos, um bom aquecimento é essencial. Para isso, você pode escolher o elíptico ou esteira, entre outros movimentos do aquecimento.

O cumprimento dos passos e a paciência na espera dos resultados são condições básicas para ganhar massa muscular com a dieta hiperproteica.

A dieta hiperproteica tem contraindicações?

Como qualquer dieta, a hiperproteica deve ser feita de forma responsável. Aqueles que querem aumentar a massa muscular enquanto perdem quilos devem considerar uma visita a nutricionistas esportivos. Tenha em mente que esta dieta diminui o consumo de gorduras e açúcares, incluindo frutas.

O que pode ser consumido em uma dieta hiperproteica são os alimentos que fornecem proteína em grandes quantidades. Carne em todas as suas variantes, peixe, produtos lácteos, ovos e quase todos os vegetais. Se esses ingredientes estiverem em equilíbrio, o risco de perda de massa durante o emagrecimento é reduzido.

Homem quebrando ovos em uma tigela

Como o consumo extra de proteína funciona para perder peso

Sendo uma dieta que diminui drasticamente as gorduras e os açúcares, o organismo procurará restaurar esses nutrientes de outra maneira. A solução do corpo humano consiste em se servir de energia das áreas de maior acúmulo de tecido adiposo. A perda de peso com este mecanismo começa em uma questão de dias.

Em resumo, a dieta hiperproteica para ganhar massa muscular produz uma alteração do metabolismo. O que acontece é que as proteínas consomem uma alta porcentagem de calorias do corpo. Quanto mais proteínas, maior o desempenho metabólico do organismo.

O truque é aproveitar essa energia extra oferecida pelas proteínas e ganhar massa muscular através de exercícios de alta intensidade, como os anaeróbios.