Conheça os benefícios da corrida na montanha

16 de setembro de 2019
Correr em um ambiente natural e mudar o peso corporal continuamente para se ajustar às superfícies irregulares é melhor do que bater no asfalto repetidas vezes. Descubra quais são os benefícios de correr na montanha.

A corrida na montanha traz muitos benefícios e é uma das melhores alternativas para pessoas que gostam da natureza e querem praticar esportes ao ar livre. De fato, cada vez mais atletas decidem fazer isso regularmente e, dessa forma, podem desfrutar dos seus inúmeros benefícios.

Vamos aproveitar este artigo para que você descubra quais são os maiores benefícios dessa atividade física. Tome nota e descubra mais a seguir!

Certamente treinar na montanha é particularmente complicado para os corredores acostumados a treinar em superfícies planas. Se esse for o seu caso, é importante que você saiba que, quanto mais refinada a sua técnica se tornar, mais o seu corpo vai conseguir tolerar corridas longas e rápidas na montanha.

Na verdade, a quantidade de percursos que você pode explorar na montanha é interminável. Isso oferece a oportunidade de ver lugares e de experimentá-los de uma maneira privilegiada.

Como se isso não bastasse, seguir um novo caminho na natureza de tempos em tempos pode renovar as suas corridas e fazer maravilhas na sua motivação.

Benefícios da corrida na montanha

A seguir, vamos listar os benefícios mais importantes de correr na montanha. Tome nota!

1. Bom para a mente

Os benefícios psicológicos da corrida como atividade esportiva já são bem conhecidos. A corrida na montanha aumenta ainda mais esses pontos fortes e permite que você esteja mais próximo da natureza, sendo assim algo muito gratificante para a mente.

A emoção experimentada ao se exercitar em contato com a natureza faz com que você se sinta mais conectado ao universo e permite reduzir o estresse.

Por outro lado, correr na montanha também ajuda a desenvolver um senso natural de ritmo. Dessa forma, é mais provável que você corra com base nas suas próprias sensações, em vez daquilo que o relógio diz.

Benefícios de correr na montanha

2. Maior esforço para os músculos

Uma das maiores vantagens de correr na montanha é que isso é positivo para fortalecer os músculos. Correr em terrenos irregulares envolve os músculos em maior medida.

Ao mesmo tempo, isso também ajudará a garantir que muitos outros grupos musculares do corpo trabalhem, não só nas pernas. Alguns exemplos são os músculos estabilizadores dos pés e tornozelos.

3. Aumento da velocidade

O exercício na montanha favorece a resistência. Isso não só é excelente para aumentar sua capacidade, como também é positivo para as pessoas que querem tonificar e desenvolver os músculos das pernas. Como consequência, isso ajuda a melhorar também a velocidade.

4. Queima mais calorias

Há uma grande diferença entre correr em uma esteira completamente plana, no asfalto ou na montanha. A instabilidade do terreno da montanha permite queimar mais calorias.

Por isso, é aconselhável começar a aumentar as inclinações no seu treino semanal de forma lenta e gradual, até que as subidas mais íngremes não representem nenhum obstáculo para você. Temos certeza de que você vai conseguir!

5. Menor risco de lesões

A cada passo na estrada ou superfície pavimentada, geralmente são trabalhados os mesmos músculos, com uma batida do pé idêntica, repetidamente.

Sair da estrada e experimentar outros tipos de superfícies mistas faz com que tanto o ritmo quanto as passadas sejam diferentes, o que significa que você vai distribuir o impacto por uma grande variedade de músculos, reduzindo assim o risco de lesões.

Mulher correndo na montanha

6. Melhora a sua técnica

Ao começar a correr, você perceberá que você será forçado a dar passos mais curtos, aterrissando mais no antepé em relação ao calcanhar, exatamente como acontece quando você faz as passadas no asfalto.

Não tenha dúvidas de que adotar esse hábito é realmente muito bom para a sua técnica de corrida em geral. Passadas mais longas podem, por exemplo, causar lesões nos glúteos e outros problemas na lombar para os corredores habituais.

Agora que você já viu quais são os benefícios de correr na montanha, é hora de testá-los por conta própria. Não se esqueça de que correr na montanha é uma experiência sem igual em termos esportivos, embora exija que você se prepare bem no nível físico!

Por fim, lembre-se de que, para evitar lesões inesperadas, é melhor fazer da recuperação uma prioridade e aumentar a distância gradualmente, semana após semana.

  • Balducci, P., Clémençon, M., Trama, R., Blache, Y., & Hautier, C. (2017). Performance Factors in a Mountain Ultramarathon. International Journal of Sports Medicine, 38(11), 819–826. https://doi.org/10.1055/s-0043-112342
  • Wüthrich, T. U., Marty, J., Kerherve, H., Millet, G. Y., Verges, S., & Spengler, C. M. (2014). Aspects of respiratory muscle fatigue in a mountain ultramarathon race. Medicine and Science in Sports and Exercise, 47(3), 519–527. https://doi.org/10.1249/MSS.0000000000000449
  • Morin, J. B., Tomazin, K., Edouard, P., & Millet, G. Y. (2011). Changes in running mechanics and spring-mass behavior induced by a mountain ultra-marathon race. Journal of Biomechanics, 44(6), 1104–1107. https://doi.org/10.1016/j.jbiomech.2011.01.028
  • Balducci, P., Cl??men??on, M., Morel, B., Quiniou, G., Saboul, D., & Hautier, C. A. (2016). Comparison of level and graded treadmill tests to evaluate endurance mountain runners. Journal of Sports Science and Medicine, 15(2), 239–246.
  • Burtscher, J., Furtner, M., Sachse, P., & Burtscher, M. (2011). Validation of a German Version of the Sport Motivation Scale (SMS28) and Motivation Analysis in Competitive Mountain Runners. Perceptual and Motor Skills, 112(3), 807–820. https://doi.org/10.2466/05.06.25.pms.112.3.807-820