Corrida durante a gravidez: é possível?

· 16 de abril de 2019
Até pouco tempo atrás, acreditava-se que quando uma mulher descobria que estava grávida, o exercício era sempre algo proibido, mas, felizmente, isso não é verdade.

É muito importante realizar um exercício durante a gravidez, claro que de acordo com a nossa condição. Por isso, se você costuma praticar esportes e vai ter um bebê, é possível continuar com sua rotina seguindo alguns conselhos. Neste artigo, queremos falar sobre como você pode fazer corrida durante a gravidez.

Corrida durante a gravidez: é possível?

Sem dúvidas é um pensamento que mudou por meio de pesquisas e estudos que indicam que durante a gravidez o exercício é fundamental, tanto para a mãe quanto para o bebê.

Além da Yoga, da natação, do Pilates ou das longas caminhadas, muitas mulheres têm vontade de correr enquanto esperam por uma criança. Nesse sentido, a corrida durante a gravidez é cada vez mais popular e tem muitos benefícios.

Corrida durante a gravidez: é possível?

Por outro lado, salvo quando seja uma gravidez de risco ou que o médico diga o contrário, correr ou caminhar estando grávida melhora a autoestima, previne a osteoporose, evita o excesso de peso, reduz o inchaço das pernas, previne a pré-eclâmpsia, facilita o trabalho de parto e a recuperação após dar à luz.

Correr é um exercício de intensidade média ou alta, mas o ritmo é definido por quem o pratica. Isso significa que se você nunca praticou corrida antes, talvez seja melhor começar aos poucos para que seu corpo se acostume.

Dicas para correr durante a gravidez

Em linhas gerais, mesmo que você tenha praticado a corrida antes da gravidez, poderá realizar este exercício seguindo algumas orientações muito importantes:

  1. Consulte o seu médico

Mesmo que suas amigas ou conhecidas tenham corrido durante a gravidez e não tenham tido problemas, nem todas as mulheres são iguais. Nesse sentido, você deve perguntar ao seu médico se, no seu caso, ele recomenda ou aconselha este tipo de atividade ou qual ele consideraria mais apropriada.

  1. Pratique exercício moderado

Por mais que você tenha experiência na corrida, agora que está grávida deve estar ciente dos efeitos que o exercício tem sobre o bebê (e sobre você). Obviamente devemos lembrar que não é aconselhável correr uma maratona, treinar ao meio-dia ou exigir mais do que o corpo pode suportar, por exemplo.

Se necessário, ao invés de correr, tente trotar ou  caminhar rápido – especialmente no terceiro mês de gestação, quando o peso da barriga já é considerável e a fadiga começa a aparecer. Não se esqueça de beber bastante água e não saia durante as horas mais quentes do dia.

  1. Use roupas confortáveis

Nesse caso, este conselho não é apenas para mulheres grávidas que querem correr, mas para todos os atletas. Consiga roupas que se encaixam na forma do seu corpo e que não sejam muito apertadas na região da barriga ou tornozelos. Elas também devem permitir uma boa drenagem do suor .

Quanto ao calçado, este deve ser confortável, mas também adequado para correr em diferentes superfícies e evitar quedas ou lesões. Além disso, não se esqueça que durante a gravidez as mulheres são mais propensas a sofrer entorses devido à frouxidão ligamentar.

  1. Escute seu corpo

É claro que correr durante a gravidez pode ser uma atividade divertida ou dinâmica, mas também é de alto impacto. Portanto, tem seus efeitos no corpo. É essencial, então, que você preste atenção aos sinais que ele te dá.

Por exemplo, se você está muito cansada, se seus joelhos doem ou se suas pulsações não diminuem quando você termina o treino, é melhor investigar. Ou seja, se você tiver qualquer tipo de desconforto ou dor, vá ao médico o mais rápido possível.

  1. Adote a postura correta

Dicas para correr durante a gravidez

Sem dúvidas a lombar é uma área muito prejudicada durante a gravidez, porque ela deve suportar o peso da barriga. Por isso é comum que a mãe fique curvada para frente para reduzir as dores – mas isso também pode levar a quedas.

Assim, quando for correr, mantenha a coluna reta, cabeça erguida e ombros para trás. Desta forma, você evitará contraturas e dores musculares.

Em suma, lembre-se que correr durante a gravidez deve ser uma atividade agradável e divertida, e não uma competição. Aproveite os benefícios que os exercícios moderados têm para você e para seu bebê.