7 dicas para usar a bicicleta ergométrica em casa

29 de fevereiro de 2020
Ter uma bicicleta ergométrica em casa é uma ótima maneira de se exercitar. No entanto, às vezes ela é esquecida em um canto. A melhor maneira de evitar isso é criar uma boa rotina de exercícios.

Você sabe por que quem tem uma bicicleta ergométrica em casa acaba usando-a para pendurar roupas na sala? Entre outras razões, é porque não adquirimos um equipamento adequado ou porque não realizamos o treino que mais gostamos.

Para evitar essa situação frustrante, no artigo a seguir, daremos algumas dicas para aproveitar ao máximo o equipamento que você comprou ou ganhou de presente.

Bicicleta ergométrica em casa: antes de comprar

Você não tem muito tempo para ir à academia, mas deseja realizar pelo menos algum exercício diário – ou algumas vezes na semana. Então, você acha que ter uma bicicleta ergométrica em casa será a solução milagrosa para o seu problema.

No entanto, você deve saber que, na maioria dos casos, esse equipamento acaba esquecido em um canto da sala coberto por uma montanha de roupas.

O objetivo deste artigo não é desencorajá-lo, mas lembrar o que pode acontecer se você não der à bicicleta ergométrica o lugar que ela merece. Portanto, antes de comprar uma, recomendamos o seguinte:

1. Peça uma emprestada

Sempre há um amigo, primo ou colega do escritório que comprou uma bicicleta ergométrica e não a usa. Uma boa ideia é pegá-la emprestada e experimentá-la por algumas semanas antes de comprar uma, ou você pode até comprá-la dessa pessoa.

Dessa forma, você pode experimentar e ver se gosta de fazer esse tipo de exercício em casa ou se, na verdade, você não gosta de pedalar.

2. Não compre sem ver a bicicleta

Você pode pensar que as bicicletas ergométricas são todas iguais, mas esse não é o caso. Existem dezenas de modelos no mercado e, embora possa não parecer, a maioria delas não será confortável para você.

Portanto, antes de comprar, recomendamos que você a experimente em uma loja ou vá a uma academia e use qualquer uma das encontrados na sala de spinning ou no salão.

Bicicleta ergométrica em casa: antes de comprar

Embora seja bom prestar atenção ao preço, não se guie tanto pelo valor da bicicleta, mas pelos benefícios que ela possui. Considere o conforto e a possibilidade de ajustar o selim ou o guidão. Em suma, são essas características que farão você usar a bicicleta ergométrica em casa ou não.

3. Evite as dobráveis

Elas foram promovidas como ‘salvação’ para pequenos apartamentos na cidade ou para pequenos espaços. No entanto, é mais provável que uma bicicleta dobrável fique guardada debaixo da cama, e a ideia é aproveitá-la ao máximo.

4. Escolha onde colocá-la

Assim como a bicicleta dobrável não é recomendada, também não é bom “escondê-la” ou deixá-la em um canto da sua casa.

É necessário que ela assuma um certo protagonismo no ambiente para que você se lembre de que deve se exercitar mas, ao mesmo tempo, não atrapalhe a decoração. Se você escolher uma bicicleta de uma determinada cor ou design, acabará gostando que ela esteja no meio da sala.

Além disso, aconselhamos que, ao escolher o local, este seja definitivo. Isto é, não mude o local da bicicleta várias vezes, apenas o necessário para limpar. Escolha deixá-la perto de uma janela para que, quando você se exercitar, possa respirar melhor.

Eu já tenho uma bicicleta ergométrica em casa: e agora?

Você pode ter recebido como presente de aniversário, alguém te emprestou ou você comprou por impulso… Mas ela está esperando você usá-la há semanas. Algumas dicas para ela não acabar se torando um cabideiro:

1. Crie uma rotina

Por exemplo, segunda, quarta e sexta-feira das 18:00 às 19:00, escreva na agenda que é hora de usar a bicicleta ergométrica. Nada de improvisar, porque sempre haverá milhares de coisas mais divertidas – ou não – para fazer.

Crie uma rotina

2. Coloque-a na frente da televisão

Uma excelente maneira de aproveitar a sua bicicleta ergométrica é se exercitar enquanto assiste a um capítulo da sua série favorita ou um filme de comédia.

Você nem percebe que está pedalando e assim já faz duas coisas ao mesmo, já que é comum desperdiçar uma ou duas horas sentado na frente da TV, deitado no sofá – e provavelmente comendo.

3. Coloque uma boa música para usar a bicicleta ergométrica em casa

Escolha músicas animadas e divertidas, qualquer que seja o ritmo. Você pode usar as alterações na música para acelerar o movimento da pedalada. Assim, o seu treino não será tão chato!

Por fim, recomendamos que você comece com um treino de meia hora e aumente gradualmente a velocidade e a complexidade do exercício. Dessa forma, você pode evitar lesões e as consequências do overtraining. O que resta agora é apenas vontade e muito ânimo!

  • Orlando Quintero Flores. 2001. Spinning. Fundación Clínica del Valle de Lili. https://repository.icesi.edu.co/biblioteca_digital/bitstream/10906/4491/1/063_Spinning.pdf