Treinos com plataforma vibratória: uma nova técnica

1 de agosto de 2019
Os treinos com plataforma vibratória estão cada vez mais na moda. Hoje você vai descobrir os benefícios dessa nova metodologia.

Certamente você já ouviu falar de uma nova maneira de exercitar o corpo e entrar em forma: os treinos com plataforma vibratória. Hoje vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre o uso da plataforma vibratória para tonificar o corpo.

A primeira coisa que você deve considerar é que os treinos com plataforma vibratória requerem o uso de aparelhos especialmente projetados para vibrar em frequências específicas. Esse tipo de aparelho tem um tamanho considerável, semelhante ao de qualquer aparelho de ginástica, tais como a esteira ou o elíptico.

Quanto ao seu funcionamento, é importante destacar que as vibrações são enviadas a partir do aparelho em direção ao corpo do usuário. A vibração do corpo inteiro pode ser usada para iniciar um programa de exercícios completamente novo ou pode ser adicionada a uma rotina já existente.

O que acontece é que os músculos se contraem e relaxam em resposta a vibrações. Dessa forma, é possível fazer com que as fibras musculares se fortaleçam. Na plataforma, é possível fazer exercícios como flexões, prancha ou saltos. É aconselhável sempre respirar normalmente durante a execução de cada exercício.

Além disso, você deve saber que a parte do corpo que estiver em contato com a plataforma vibratória, bem como a sua posição, vai determinar qual tecido corporal será mais influenciado por essa terapia.

De qualquer forma, a frequência e a magnitude do estímulo, bem como o tempo de aplicação, devem ser otimizados para alcançar o resultado desejado.

Uma nova técnica de treinamento

As plataformas vibratórias são um novo tipo de equipamento de condicionamento físico, e ele está sendo promovido por diversas virtudes. Esses benefícios vão desde o fortalecimento muscular até efeitos estéticos, com um tempo mínimo e sem nenhum esforço.

Um dos aspectos mais surpreendentes desse tipo de plataforma vibratória é que elas podem ser usadas para fazer exercícios de aquecimento, resfriamento ou para executar certos movimentos, tais como agachamentos, prancha ou pilates.

Considere que, enquanto você está em uma dessas plataformas, as oscilações adicionam gravidade e força, que são realmente importantes para construir força e músculos.

Uma nova técnica de treinamento

As plataformas vibratórias permitem que as células se ativem, causando contrações musculares. Isso ajuda a construir e tonificar a massa muscular sem movimentos de alto impacto.

Portanto, você pode adicionar exercícios e alongamentos comuns, tais como elevações com halteres e Yoga, ao seu treino na plataforma vibratória. O objetivo é queimar calorias extras, aumentar os ganhos musculares e melhorar a queima de gordura.

Em relação aos exercícios que podem ser feitos com ela, vão desde simples exercícios de aquecimento até técnicas avançadas. Existem vários métodos de treinamento que você pode usar com as plataformas vibratórias de corpo inteiro.

No entanto, você sempre deve levar o seu nível de condicionamento físico e o objetivo geral dos seus treinos em consideração.

De fato, um estudo destacou que a plataforma vibratória, além de promover a redução de calorias, ajuda a emagrecer a longo prazo e leva a uma diminuição da gordura visceral.

Essa pesquisa confirmou que a tecnologia funciona muito melhor quando usada em conjunto com outras técnicas de emagrecimento. Assim, essa combinação pode fazer a diferença junto com a adoção de hábitos saudáveis, por exemplo.

Treinos com plataforma vibratória: vibração do corpo inteiro

A terapia de vibração corporal é um tipo de exercício passivo no qual uma ação é exercida sobre o indivíduo. Não é a pessoa que está ativamente fazendo uma atividade, como na caminhada, por exemplo.

A maioria das plataformas vibratórias usadas para treinar tem frequências de 25 a 60 Hz em média. Quanto menor a frequência, mais os músculos terão que se contrair. As frequências baixas são usadas para o trabalho de construção muscular.

Vibração do corpo inteiro

Finalmente, não se esqueça de que esse é um aparelho de ginástica com o qual você pode se divertir fazendo um mínimo de esforço e, ao mesmo tempo, obter os melhores resultados.

Então, se você está tentando emagrecer, tonificar ou ganhar músculos, você pode considerar a inclusão do treino com plataforma vibratória para o corpo inteiro na sua rotina. Ele vai te ajudar a alcançar muitos dos seus objetivos.

  • Hand, J., Verscheure, S., & Osternig, L. (2009). A comparison of whole-body vibration and resistance training on total work in the rotator cuff. Journal of Athletic Training44(5), 469–474. https://doi.org/10.4085/1062-6050-44.5.469
  • Bosco, C., Iacovelli, M., Tsarpela, O., Cardinale, M., Bonifazi, M., Tihanyi, J., … Viru, A. (2000). Hormonal responses to whole-body vibration in men. European Journal of Applied Physiology81(6), 449–454. https://doi.org/10.1007/s004210050067
  • Kerschan-Schindl, K., Grampp, S., Henk, C., Resch, H., Preisinger, E., Fialka-Moser, V., & Imhof, H. (2001). Whole-body vibration exercise leads to alterations in muscle blood volume. Clinical Physiology21(3), 377–382. https://doi.org/10.1046/j.1365-2281.2001.00335.x
  • Bosco, C., Colli, R., Introini, E., Cardinale, M., Tsarpela, O., Madella, A., … Viru, A. (1999). Adaptive responses of human skeletal muscle to vibration exposure. Clinical Physiology19(2), 183–187. https://doi.org/10.1046/j.1365-2281.1999.00155.x