6 exercícios com faixas elásticas que você pode fazer em casa

22 de março de 2020
Fazer exercícios com faixas elásticas é uma das maneiras mais fáceis de tonificar o corpo. Vamos apresentar um treino no artigo a seguir.

Atualmente, uma das maiores dificuldades para fazer exercícios físicos é a falta de tempo. Em muitos casos, é impossível nos deslocarmos ou simplesmente temos preguiça de ir a uma academia antes ou depois do trabalho, de modo que fazer um treino com exercícios com faixas elásticas em casa pode ser a solução.

Por esse motivo, vamos apresentar uma série de exercícios que qualquer pessoa pode fazer em casaSe forem executados corretamente, conforme veremos a seguir, vamos chegar mais perto do objetivo de tonificar o corpo inteiro.

Como as faixas elásticas funcionam?

A principal característica dos exercícios com faixas elásticas é a resistência que elas podem oferecerIsso dependerá da rigidez de cada faixa, bem como do grau de alongamento que cada indivíduo tem.

Geralmente, a cor, o comprimento ou a largura de cada faixa indica a sua rigidez e resistência. Por exemplo, quanto mais longa e mais fina ou mais larga e mais curta uma faixa for, maior a resistência que ela terá.

Que tipos de faixas elásticas podemos encontrar

Assim como acontece com todos os tipos de equipamentos esportivos, encontraremos uma grande variedade de faixas no mercado. No entanto, podemos destacar três tipos que serão muito úteis para fazer exercícios com faixas elásticas em casa:

  • As mini bands: são caracterizadas por serem faixas pequenas e planas. Na maioria dos casos, são colocadas nos joelhos ou tornozelos. É possível usá-las para fazer exercícios de equilíbrio, estabilidade ou mobilidade, principalmente durante o aquecimento.
  • Cintas elásticas: a sua principal característica é o tamanho, pois ele é consideravelmente maior do que o do restante das faixas. São usadas ​​em treinos mais avançados, pois ajudam a executar o trabalho de força muscular para melhorar o desempenho esportivo. Geralmente são usadas ​​para fazer supino ou agachamento com barra, fazendo alongamentos.
Malhando pernas com a faixa elástica

  • Faixas tubulares: são as mais finas e estreitas das três, caracterizadas por sua forma cilíndrica. Elas têm alças nas extremidades. Geralmente são usadas ​​para exercícios de força, tais como extensão de ombros ou rosca bíceps.

6 exercícios com faixas elásticas sem sair de casa

A seguir, vamos mostrar uma série de exercícios com faixas elásticas que permitirão tonificar o corpo inteiro sem precisar sair de casa. Eles são simples e eficazes!

1. Abdominais

Devemos nos deitar no chão de barriga para cima, deixando as costas retas e totalmente em contato com o colchonete. A faixa elástica deve ser colocada ao redor dos pés, sobre o peito do pé.

O exercício se concentrará na parte inferior do abdômen. Para fazer isso, com as costas bem presas ao chão e os braços estendidos, vamos levar uma das pernas flexionadas em direção ao peito, enquanto a outra deve ser estendida para a frente.

2. Ombros, pernas e costas

Nesse caso, a posição inicial será perpendicular ao chão, ou seja, como uma prancha isométrica lateralO corpo ficará apoiado sobre o antebraço e o quadril. A faixa deve ser posicionada ao redor dos tornozelos.

Uma vez que isso tenha sido feito, vamos elevar a pelve, mantendo o apoio sobre o antebraço e o pé desse lado. Em seguida, vamos elevar a outra perna lateralmente, exercendo o máximo de tensão que pudermos.

Exercícios com faixas elásticas que você pode fazer em casa

3. Pernas e glúteos

Para este exercício, vamos usar a mini bandVamos precisar de duas faixas elásticas, que colocaremos ao redor das pernas. Uma delas ficará na altura dos tornozelos e a outra na altura dos joelhos.

Então, em posição de agachamento, vamos levar uma das pernas para o lado lentamente, mantendo a tensão nas faixas o tempo todo. Assim, vamos trabalhar principalmente o glúteo médio.

Agachamento com faixa elástica

4. Braços e costas

A posição inicial será com uma perna flexionada a noventa graus e a sola do pé apoiada, com o outro joelho no chão, como se estivéssemos fazendo um afundo. Será importante que as costas estejam totalmente retas o tempo todo.

Com o braço totalmente estendido, vamos segurar uma das extremidades da faixa para posteriormente esticá-la, levando o cotovelo para trás o máximo possível. Vamos precisar da ajuda de um colega, ou então você pode prender a faixa em algum suporte na altura do peito para exercer a resistência que estamos procurando.

5. Dorsais e ombros

A posição inicial será de bruços, em posição de prancha com os braços totalmente estendidos e os pés apoiados. Em seguida, é necessário envolver a palma das mãos com a mini band. O objetivo é levar o cotovelo para trás, mantendo o braço próximo ao corpo o tempo todo e o tronco o mais estável possível.

6. Glúteos

A posição inicial será sobre quatro apoios, as costas devem estar na horizontal e estabilizadas o tempo todo. Assim como no primeiro exercício de abdominais, vamos colocar a faixa sobre o peito do pé, ao redor dos pés.

Então, vamos estender uma das pernas para trás enquanto o outro joelho permanece apoiado, mantendo o restante dos apoios. Em seguida, vamos retornar à posição inicial.

Exercício para o glúteo

Conclusões

Como podemos ver, fazer exercícios com faixas elásticas em casa é uma tarefa que está ao alcance de qualquer pessoa. 

Fazer esse tipo de treino em casa pode ser uma boa medida para não se descuidar do o condicionamento físico. Então, não fique mais esperando, pegue as suas faixas elásticas e comece a praticar!

  • Andersen, L. L., Andersen, C. H., Mortensen, O. S., Poulsen, O. M., Bjørnlund, I. B. T., & Zebis, M. K. (2010). Muscle activation and perceived loading during rehabilitation exercises: comparison of dumbbells and elastic resistance.Physical therapy, 90(4), 538-549.
  • Hofmann, M., Schober-Halper, B., Oesen, S., Franzke, B., Tschan, H., Bachl, N., Strasser, E. M., Quittan, M., Wagner, K. H. & Wessner, B. (2016). Effects of elastic band resistance training and nutritional supplementation on muscle quality and circulating muscle growth and degradation factors of institutionalized elderly women: the Vienna Active Ageing Study (VAAS). European Journal Of Applied Physiology, 116(5), 885-897.