Dicas a serem levadas em conta ao voltar para a academia

4 de julho de 2019
Se você tem vontade de voltar a frequentar a academia depois das férias terem terminado, é importante levar em consideração alguns conselhos para que tudo ocorra da melhor forma possível. Continue lendo este artigo para descobrir as melhores dicas.

Nem sempre é fácil retomar a atividade física após um período de férias. O risco de lesões aumenta e recuperar a forma muscular, por vezes, não é nada fácil. É por isso que no próximo artigo vamos dar algumas dicas para voltar para a academia e sustentar a rotina novamente.

Se você cria o hábito de praticar exercício, ele se torna automático. Basta você ir para a academia, não há nenhuma força de vontade envolvida e tudo corre de forma automática. Não obstante, depois de um, dois meses, ou, possivelmente, um ano de descanso, pode ser realmente difícil encontrar a motivação para começar tudo de novo.

A pergunta é a seguinte: é possível voltar à rotina? Se você já se perguntou o mesmo e acha que está um pouco fora de forma, talvez precise de um impulso de motivação para retomar a atividade física.

Nesse sentido, recomendamos dar uma olhada em nossa lista de dicas para superar a inatividade e começar a ir à academia de forma regular. A seguir, contamos quais são as dicas mais importantes.

Dicas para voltar para a academia

  1. Comece com um treino leve

A primeira das dicas para voltar para a academia que você deve levar em consideração é começar com um treino leve. Se você realmente está lutando para voltar a fazer exercício e se sente totalmente sobrecarregado com tudo isso, às vezes pode ser bom começar com exercícios simples.

Mulheres caminhando no verão

Caso fazer musculação na academia seja pesado demais, então o melhor é começar caminhando. O objetivo é se movimentar e aquecer os músculos. Assim que você se acostumar com isso, pode ser que signifique que chegou o momento de retomar os hábitos saudáveis.

  1. Lembre-se de como isso fazia você se sentir bem

Às vezes nós nos concentramos muito no esforço em vez de pensar no resultado. Um treino pode ser difícil no começo, porém ele sempre fará com que você se sinta bem no final.

Sendo assim, se você precisa de algo que te ajude a se sentir motivado, apenas lembre-se da melhor parte do treino: quando concluímos o exercício. Mesmo com alguns músculos doloridos você nunca vai se arrepender de praticar exercícios, já que a sensação de prazer posterior é inigualável.

  1. Crie uma rotina

Em terceiro lugar, recomendamos criar uma rotina de exercícios que se transforme em uma espécie de ritual. Se os seus tempos de treino forem completamente aleatórios, será mais difícil se beneficiar do impulso de ter uma rotina.

Por isso, é preferível tentar criar uma rotina e realizar sempre o treino na mesma hora, para fazer com que isso se torne algo automático.

  1. Pratique seus exercícios favoritos

Muitas pessoas cometem o erro de ir à academia e fazer as coisas que odeiam, e ainda se perguntam por que nunca conseguem gostar de exercício físico. Se você realmente detesta correr em uma esteira, por exemplo, talvez precise testar outro exercício cardiovascular, como andar de bicicleta ou nadar.

Você só vai começar a gostar de ir à academia de forma regular se gostar de fazer os exercícios. Além disso, você deve tentar variar as suas atividades e exercícios para manter-se interessado.

Lembre-se que o que conta é a qualidade, não a quantidade. Maximize o que você faz enquanto está na sala de ginástica para aproveitar ao máximo cada sessão de treino.

Mulher treinando com personal trainer

  1. Pratique exercício físico com o auxílio de um personal trainer 

Por último, uma forma de realmente se sentir motivado a fazer exercício é treinar com um personal trainer experiente. Por exemplo, você pode tentar selecionar um personal trainer recomendado por alguém conhecido. Mas não se esqueça que nem todos têm os mesmos estilos de instrução.

De fato, se você costumava treinar com um personal trainer e a experiência te desanimava, é possível que talvez essa pessoa não fosse a mais indicada para você.

Pode ser o momento ideal para testar alguém diferente. Outro benefício é que se você tiver marcado um treino com um personal trainer será menos provável que você falte.

Como você pode observar, é um pouco mais difícil retomar a prática de exercício físico depois de ter estado afastado por algum tempo. No entanto, é possível voltar com as sugestões que descrevemos anteriormente.

Não se esqueça de realizar uma boa sessão de alongamento antes e depois dos treinos. Vamos lá! Agora é só começar!

  • Capdevila, L., Niñerola, J., & Pintanel, M. (2004). Motivación y actividad física : el autoinforme de motivos para la práctica de ejercicio físico (AMPEF). Revista de Psicología Del Deporte13(1), 55–74. Retrieved from http://www.rpd-online.com/article/view/261/capdevila 131
  • Molinero, O., Salguero Del Valle, A., & Márquez, S. (2011). Autodeterminación y adherencia al ejercicio: Estado de la cuestión. RICYDE: Revista Internacional de Ciencias Del Deporte7(25), 287–304. https://doi.org/10.5232/ricyde2011.02504