4 razões para usar a bicicleta na cidade

· 9 de abril de 2019
Muitas avenidas e ruas principais estão saturadas de carros e ônibus; o trânsito é cada vez mais insuportável e se não usarmos o metrô, vamos levar muito tempo para chegar ao trabalho ou qualquer outro lugar que estejamos tentando ir

Quando uma moda é benéfica para a nossa saúde, por que não segui-la? E no caso de usar a bicicleta na cidade, os efeitos também são positivos para a economia, a sociedade e o meio ambiente. Assim, vamos te dar algumas razões para viajar em duas rodas com mais frequência.

Por que usar a bicicleta na cidade?

Não importa qual modelo você escolher, sua cor ou se é alugada ou própria… Andar de bicicleta pela cidade tem muitos benefícios. Este meio de transporte limpo, barato e rápido pode ser a solução para vários problemas comuns das grandes metrópoles.

As bicicletas são a resposta para várias perguntas, como por exemplo “Como fazer exercício sem pagar por uma academia?” ou “Como evitar engarrafamentos?”. Se você ainda não está convencido a usar uma bicicleta na cidade, então vamos te dar algumas razões:

Garota andando de bicicleta na cidade

1. Porque é mais saudável para você

Trabalhar muitas horas tira tempo livre (e energia) para praticar alguma atividade física. Você passa tanto tempo sentado em frente à mesa que os estragos do sedentarismo estão afetando a sua saúde: contraturas, obesidade, cãibras, varizes, dor de cabeça… E a lista continua.

De que maneira você pode evitar todas essas consequências das mais de oito horas que você passa no escritório? Indo de bicicleta! Isso mesmo, porque assim você aproveita esse tempo para treinar.

Se você mora longe ou se você nunca andou muito de bicicleta, você sempre pode usar o metrô ou deixar o carro estacionado mais longe ou então usar uma bicicleta alugada. Pouco a pouco, aumente o trajeto até você completá-lo, ida e volta!

2. Porque reduz a poluição ambiental

Um dos grandes problemas nas cidades é a quantidade de fumaça em suspensão, produto das centenas de veículos que circulam pelas ruas (entre outras causas). Se apenas uma porcentagem da população decidisse ir para o trabalho de bicicleta, essa poluição seria reduzida consideravelmente.

Por exemplo, em algumas metrópoles bike friendly, como Amsterdã, foi possível reduzir a emissão de dióxido de carbono na atmosfera em 25% graças a uma única mudança de hábito nos moradores. Assim, isso se traduziu em menos mortes e problemas ligados a infecções respiratórias, como por exemplo asma ou alergias.

3. Porque é mais rápido

Usar a bicicleta na cidade pode fazer com que você chegue antes onde você quiser, já que não dependerá do trânsito, muito menos dos engarrafamentos nas ruas. Encontrar onde deixar a bicicleta é simples, e no caso de você ter uma daquelas que se dobram e possam ser carregadas com você, melhor ainda.

De bicicleta, você não vai depender do trânsito

Além disso, não há paradas intermediárias (a menos que você queira descansar ou comprar alguma coisa), como acontece com o transporte público.

Dessa forma, você é 100% independente para fazer a rota que desejar – e assim evitar o tédio – e então chegar ao seu destino em tempo recorde se você pedalar um pouco mais rápido ou se já estiver treinado.

Você deve levar em conta as medidas de segurança e sinalizações, bem como respeitar as ciclovias específicas que existem em determinados bairros, dar passagem aos pedestres e estar muito atento à passagem de carros e outros veículos. E, certamente, sempre use um capacete.

4. Porque é mais barato

Você já contabilizou quanto gasta por mês ou por ano indo e voltando do trabalho? Se, por exemplo, você usa o carro, você pode estar desperdiçando muito dinheiro: estacionamento, gasolina, pedágios, desgaste do carro…

E dependendo de onde você mora, o custo de ir de metrô, ônibus ou trem também pode ser bem alto. Imagine o que você pode fazer com o dinheiro que economiza andando de bicicleta!

Para começar, você pode pagar por umas férias mais do que merecidas depois de tanto pedalar, além de comprar roupas novas, fazer alguns reparos em casa, comprar móveis ou economizar para ter sua própria casa.