A aposentadoria de Petr Cech: uma lenda do gol

9 de agosto de 2019
Os saltos de Petr Cech para defender chutes impossíveis ​​permanecerão na memória de todos para sempre. Depois de mais de vinte anos nos campos de futebol, o tcheco pôs fim à sua carreira.

Tanto os amantes da posição de goleiro quanto os fãs de futebol em geral sempre admiraram as habilidades de Petr Cech. Recentemente, esse emblemático jogador da República Tcheca e da Premier League decidiu pendurar as luvas. Neste artigo revisamos sua grandiosa carreira esportiva.

Ao final de sua carreira, Cech era facilmente identificado pelo capacete que usava toda vez que entrava em campo. O motivo é a fratura do crânio que sofreu como consequência de uma joelhada na cabeça em outubro de 2006. Esse acidente o obrigou a passar por uma operação e a ficar longe dos gramados por vários meses.

Apesar disso, Petr Cech não teve problemas para se reintegrar à elite do futebol mundial e obter grandes conquistas. Por seu estilo sóbrio e seguro, suas realizações e as defesas espetaculares que protagonizou por tantos anos serão sempre lembradas pelos fãs do esporte.

Petr Cech: carreira e títulos mais importantes

Esse jogador se aposentou do futebol profissional aos 36 anos de idade, após 15 anos na principal competição de futebol da Inglaterra, que também é uma das melhores do mundo. Além disso, disputou e ganhou muitos dos mais importantes torneios internacionais.

Seu início como jogador profissional foi no Sparta Praga, equipe da primeira divisão do futebol tcheco. Em 2001, com apenas 19 anos, quebrou o recorde de maior tempo sem sofrer gol na liga profissional de seu país: 855 minutos.

Foi para o Rennes da França em meados de 2002. A equipe francesa desembolsou uma quantia de 5,5 milhões de euros para contratá-lo. Suas boas atuações em uma equipe que lutou por sua permanência renderam uma transferência para o clube inglês Chelsea em 2004.

Petr Cech: carreira e títulos mais importantes
Imagem: GiveMeSport.

Chelsea, a maior glória da Inglaterra e da Europa

Desde sua chegada, Petr Cech teve que suportar o fardo de ser o goleiro com o maior salário da história do clube londrino. Dirigido pelo português Mourinho, conquistou seu primeiro título da liga na temporada de 2004/2005.

Ele manteve seu gol invicto 21 vezes e sofreu apenas 15 gols em toda a competição. Ou seja, teve um desempenho fenomenal.

Sua equipe conseguiu defender o campeonato no torneio seguinte. Novamente, Petr Cech teve um desempenho consagrador: sofreu apenas 22 gols em suas 34 partidas disputadas. Também se proclamaria campeão da Premier League nas temporadas de 2009/2010 e 2014/2015.

Cech conquistou o título mais importante de sua carreira na Liga dos Campeões de 2011/2012. Embora o Chelsea tenha demitido seu treinador no meio da temporada, o time inglês chegou à final em Munique, contra o Bayern da própria cidade.

O goleiro tcheco teve sua noite dos sonhos e, juntamente com o atacante costa-marfinense Didier Drogba, pôde dar uma nova estrela ao seu clube.

Além de um ótimo desempenho na partida, coroou a noite defendendo duas cobranças na disputa de pênaltis. Assim, o Chelsea conseguiu seu primeiro título da Uefa Champions League e Cech foi o quarto jogador em seu país a vencê-la.

A transferência para o Arsenal

Depois de tantos sucessos no Chelsea, Petr Cech continuou sua carreira em outro clube de Londres, o Arsenal, em troca de 10 milhões de libras.

Apesar de não ter ganhado um título de liga, conquistou duas Supercopas da Inglaterra e uma Copa da Inglaterra. Além disso, quebrou um novo recorde de 200 jogos sem sofrer gols na Premier League.

Petr Cech na seleção de seu país

Em sua última temporada, precisamente em seu encontro de despedida como profissional, Cech teve a oportunidade de conquistar o primeiro título internacional do Arsenal. No entanto, foi derrotado na final da UEFA Europa League pelo Chelsea, seu ex-clube, por uma goleada de 4 a 1.

Petr Cech na seleção de seu país

Com a camisa da seleção tcheca, Petr Cech disputou 124 partidas ao longo de 14 anos. No decorrer desse período, ele disputou a Copa do Mundo Sub-20 na Argentina em 2001, na qual chegou às quartas de final, e a Copa do Mundo da Alemanha em 2006, onde foi eliminado na primeira fase.

Também teve a oportunidade de disputar quatro Eurocopas. Seu melhor desempenho nesse campeonato coincidiu com a melhor posição da história de sua seleção na competição.

Em Portugal no ano de 2004, Cech levou apenas 4 gols em 5 jogos e a República Tcheca conseguiu uma classificação histórica para as semifinais, fase em que foi eliminada pela Grécia, a campeã.

Em suma, esse breve resumo nos permite afirmar que testemunhamos um dos melhores goleiros da história do Chelsea e da seleção tcheca, as duas equipes nas quais ele mais atuou. Além disso, temos certeza de que todos aqueles que amam o futebol se maravilharam com alguma defesa de Cech pelo menos uma vez.

  • Petr Čech. Wikipedia. https://es.wikipedia.org/wiki/Petr_%C4%8Cech
  • Micheles, J. 2019. ¿Por qué Petr Cech atajó casi toda su carrera con un casco? TyC Sports. https://www.tycsports.com/nota/al-angulo/2019/01/15/por-que-petr-cech-atajo-casi-toda-su-carrera-con-un-casco.html
  • Petr Cech anuncia su retirada del fútbol. 2019. Mundo Deportivo. https://www.mundodeportivo.com/futbol/premier-league/20190115/454156082691/cech-retiro-arsenal.html
  • Petr Cech anunció su retiro: sus mejores atajadas y por qué usó un casco los últimos 12 años de carrera. 2019. La Nación. https://www.lanacion.com.ar/deportes/futbol/petr-cech-anuncio-su-retiro-sus-mejores-nid2211044