Os melhores circuitos de F1 do mundo

29 de novembro de 2019
São vários os circuitos de F1 que receberam corridas na história desse esporte. No entanto, apenas alguns deles podem ser classificados como os melhores.

Desde a sua criação em 1950, a Fórmula 1 é a maior competição internacional de automobilismo. Neste artigo, vamos mostrar quais são os melhores circuitos de F1 que atualmente recebem uma data do calendário oficial.

Quais são os melhores circuitos de F1 do mundo?

Ao longo da história, houve 71 circuitos que receberam corridas de Fórmula 1. O primeiro foi o de Silverstone, no Reino Unido. O mais longo foi o de Pescara, na Itália, com 25 quilômetros. De acordo com os fãs e os próprios pilotos, os melhores circuitos de F1 do mundo são:

1. Monza (Itália)

O Autódrome Nazionale di Monza está localizado na cidade homônima da região italiana da Lombardia, a 20 quilômetros de Milão. Consiste em três pistas e um traçado de quase 5800 metros que é usado para os grandes prêmios.

Os melhores circuitos de F1 do mundo

O circuito recebe o Grande Prêmio da Itália de F1 e é caracterizado por suas longas retas, nas quais os pilotos devem pisar fundo no acelerador. Além disso, também possui 11 curvas. Foi inaugurado em 1922, e foi usado para a Fórmula 1 entre 1950 e 1979 e, ininterruptamente, desde 1981.

2. Mônaco

O circuito de Mônaco, também conhecido como circuito de Monte Carlo, é um dos mais conhecidos da F1. Assim como o próprio nome indica, está localizado no Principado de Mônaco e foi fundado em 1920.

O que torna o circuito especial? As suas curvas fechadas. Aqui, a habilidade dos pilotos é mais importante do que a potência dos motores.

Os melhores circuitos de F1 do mundo

A pista tem uma extensão de 3,337 km e 19 curvas. Foi usada pela primeira vez em 1950 e vem sendo usada ininterruptamente desde 1955 para corridas oficiais.

3. Silverstone (Reino Unido)

É um dos circuitos de F1 mais importantes do mundo, localizado a 20 km de Northampton e que recebe não apenas a categoria mais alta do automobilismo, mas também provas de motociclismo.

Os melhores circuitos de F1 do mundo

Imagem: statsf1.com

Anteriormente, era um campo de aviação usado durante a Segunda Guerra Mundial, mas em 1947 começou a ser usado como circuito de corrida, sendo modificado várias vezes. Tem uma extensão de 5,900 km e 18 curvas. É um dos circuitos com maior presença nas corridas de F1.

4. Spa-Francorchamps (Bélgica)

Outro dos circuitos de F1 que é conhecido por todos, mesmo com esse nome tão complicado. Está localizado na província belga de Liège e foi projetado em 1920, embora tenha sido modificado e expandido várias vezes.

Os melhores circuitos de F1 do mundo

Imagem: commons.wikimedia.org/w/index.php?curid=4644168

No total, tem uma extensão de 7,000 km e 20 curvas. Foi utilizado para a Fórmula 1 entre 1950 e 1970, em 1983, entre 1985 e 2005 e de 2007 até o presente.

5. Yas Marina (Emirados Árabes Unidos)

É um dos melhores circuitos de F1 e, ao mesmo tempo, um dos mais modernos. Recebe campeonatos de automobilismo desde 2009. É famoso não só pelos 5,554 km de extensão e 21 curvas, como também por toda a infraestrutura ao seu redor.

Competição de fórmula 1 de Abu Dhabi

Vale ressaltar que o circuito de Yas Marina possui uma marina, áreas residenciais, parque aquático, parque temático, áreas de lazer e de esportes, torre exclusiva para xeiques e uma grande tecnologia, que inclui iluminação para realizar corridas noturnas.

6. Interlagos (Brasil)

O Autódromo José Carlos Pace, mais conhecido como Interlagos, está localizado na cidade brasileira de São Paulo e é usado para a Fórmula 1 desde 1990 de forma ininterrupta.

O seu nome popular se deve ao fato de estar localizado em uma região entre dois grandes lagos artificiais (Billings e Guarapiranga), projetados no início do século passado para fornecer água potável e eletricidade para a região.

O circuito tem uma extensão de 4,309 km e 15 curvas. Ao contrário de outros circuitos de F1, em Interlagos, a corrida ocorre no sentido anti-horário.

O circuito de interlagos

Imagem: formulaf1.es

O traçado conta com duas retas longas e curvas fechadas, além de uma mistura de curvas e contracurvas. A reta principal termina em um S, em homenagem ao piloto Ayrton Senna.

Além desses seis circuitos de F1 reconhecidos e famosos no mundo todo, também podemos destacar outros, tais como o Autódromo de Barcelona, o de Suzuka no Japão, o de Hockenheim na Alemanha, o de Montreal no Canadá, o de Melbourne na Austrália, o de Kuala Lumpur na Malásia, o de Sakhir no Bahrain e o de Austin nos Estados Unidos.

  • Campeonato Mundial de la Fórmula Uno de la FIA. Sitio oficial de la FIA. https://www.fia.com/es/events/fia-formula-one-world-championship/season-2019/campeonato-del-mundo-de-formula-uno-de-la-fia
  • Toet, W. (2013). Aerodynamics and aerodynamic research in Formula 1. Aeronautical Journal. https://doi.org/10.1017/S0001924000007739