Receita de molho de couve-flor e seus benefícios

25 de abril de 2019
A couve-flor é um produto saudável que podemos usar de mil maneiras na cozinha, uma delas é na forma de um molho para realçar os sabores dos nossos pratos favoritos

Ao saborear um bom molho de couve-flor, os preconceitos em relação a este vegetal certamente vão desaparecer. De fato, muitas pessoas rejeitam a couve-flor por causa do cheiro forte que ela solta quando é cozida.

Não há nada mais fácil do que evitar que esse cheiro invada a cozinha, basta adicionar um raminho de aipo, um pouquinho de leite, um pouco de vinagre ou então limão à água para assim neutralizar o cheiro.

Por que incluir a couve-flor na dieta?

Uma rápida olhada nas propriedades nutricionais da couve-flor ajudará a decidir incluir este ingrediente na nossa cozinha. Médicos e nutricionistas aconselham incluir esta espécie de couve à rotina alimentar de adultos e crianças.

Por que incluir couve-flor na dieta?

É uma fonte muito valiosa de vitaminas do grupo B (B1, B2, B3, B6 e ácido fólico). Uma porção de couve-flor também contém 80% do valor diário recomendado de vitamina C. Além disso, fornece vitamina K e proteína e  é rica em minerais essenciais para o corpo, como por exemplo magnésio, fósforo, potássio, cálcio e manganês.

Foi comprovado que a couve-flor fortalece o organismo e também que consumi-la frequentemente melhora a saúde. Os benefícios de consumir couve-flor afetam:

  • A saúde cardiovascular, especialmente por causa da vitamina K, que promove a circulação sanguínea.
  • Transtornos estomacais. Seu teor de fibra contribui para uma boa digestão.
  • Retarda o envelhecimento, porque tem um alto teor de antioxidantes.
  • Fortalece a pele e, além disso, também protege contra os efeitos dos raios ultravioletas.
  • Reduz o colesterol. Seu teor de ômega 3 e ácidos graxos ajuda a reduzir o colesterol ruim.
  • Estimula a atividade cerebral, uma vez que fornece fósforo, um elemento importante para o funcionamento do cérebro assim como do sistema nervoso em geral.
  • Controla o diabetes, porque a vitamina C e o potássio regulam a glicose no sangue.

Não existe nenhuma dúvida sobre a necessidade de incluir a couve-flor na dieta. A questão é encontrar o caminho para que ela seja apetitosa, para que, dessa forma, comer a couve-flor não seja uma obrigação, mas sim um prazer.

O molho de couve-flor

Ao pensar em comer couve-flor, é comum que as pessoas a imaginem cozida, quase ao natural. A imagem frequente é a dos ramos separados como parte de uma salada. A ideia do vegetal assim pode não ser inteiramente agradável.

Quando se trata de crianças, a questão fica ainda mais complicada. Os pequenos não entendem muito sobre alimentação saudável. Eles só estão interessados no sabor e na aparência do que comem, e a couve-flor na verdade não tem a aparência mais atraente.

No entanto existem maneiras de esconder a couve-flor, para que assim ela seja consumida sem que se perceba que ela está ali. O molho de couve-flor é uma das maneiras de incluir esse ingrediente em um prato sem que seja notado.

Receita de molho de couve-flor

O molho de couve-flor apresentado a seguir tem uma consistência muito cremosa. Isso faz com que ele seja aceito por todos, porque aqueles que resistem à couve não vão nem  perceber a sua presença.

Receita de molho de couve-flor

Ingredientes:

  • 1 couve-flor
  • 1 cebola
  • 2 ou 3 dentes de alho
  • Leite ou caldo, a quantidade necessária
  • ½ xícara de queijo ralado
  • Azeite de oliva
  • Sal e pimenta a gosto

Modo de preparo:

  1. Lave a couve-flor e retire o talo grosso.
  2. Separe os buquês.
  3. Escalde em água fervente por 10 minutos.
  4. Triture no processador ou liquidificador.
  5. Pique a cebola e o alho e doure em uma frigideira com um pouco de azeite.
  6. Adicione a cebola e o alho à couve-flor triturada.
  7. Incorpore o leite ou caldo até obter a consistência desejada.
  8. Misture com o queijo ralado.
  9. Tempere com sal e pimenta a gosto.

O molho está pronto!

Pratos com molho de couve-flor

É interessante combinar o molho de couve-flor com alimentos que sejam muito populares entre as pessoas. Desta forma, os sabores serão renovados e uma excelente contribuição nutricional será integrada.

Algumas ideias:

  • É um molho ideal para massas – não se esqueça da versatilidade da massa, pois ela combina com praticamente qualquer ingrediente.
  • Acompanhamento para carnes. Uma carne bovina, de porco ou frango grelhada vai combinar muito com um pouco deste molho.
  • Cabe muito bem no recheio de um peito de frango, uma lasanha ou moussaka.

A criatividade será sempre uma boa aliada. Podemos fazer ligeiras variações nessa receita de molho de couve-flor com outros ingredientes, o que permitirá recriá-lo e adaptá-lo ao gosto pessoal.