Como a dieta vegana afeta o seu humor

11 de novembro de 2019
Embora o veganismo esteja entre as últimas tendências de alimentação, é necessário prestar atenção a algumas diretrizes importantes. A ideia é evitar alguns riscos, para que isso não afete a nossa qualidade de vida.

O veganismo está na moda, cada vez mais. O eixo dessa nova forma de alimentação, chamada vegana, é a premissa de manter uma dieta sem nenhum alimento de origem animal. Mas como será a influência de uma dieta vegana no humor?

Juntamente com os benefícios saudáveis ​​e a conscientização quanto aos direitos dos animais, há uma tendência e uma moda que levam as pessoas ao veganismo.

Na internet, há páginas inteiras dedicadas ao assunto. Existem muitos fóruns especializados, e não podemos nos esquecer das redes sociais. Instagram, Facebook e outras plataformas são o espaço ideal para a disseminação do veganismo.

Benefícios da dieta vegana para a saúde e o humor

A seguir, veremos algumas das razões que justificam o sucesso da dieta vegana:

Melhora o sono

O consumo de vitaminas e minerais estimula um sono mais regulado e um melhor descanso. Minerais como cálcio e magnésio nos ajudam para que o ciclo do sono seja constante e de qualidade. Ambos os tipos de nutrientes podem ser encontrados em um grande número de vegetais.

Redução do estresse

Quando estamos estressados, há uma alteração dos chamados radicais livres. Mais precisamente, essa situação pode ser evitada através dos antioxidantes existentes em algumas vitaminas, tais como as vitaminas C, E ou A.

Além da redução do estresse, com uma dieta vegana também poderemos evitar a pressão alta, controlar do peso e o nível de colesterol.

Ajuda contra a depressão

As pessoas que seguem uma dieta vegana são mais felizes do que as que comem carne? De fato, a alimentação vegana afeta o nível de carboidratos complexos, o que aumenta a quantidade de serotonina no cérebro. Essa é uma substância responsável pelo equilíbrio mental e pela prevenção da depressão.

Mulher comendo salada

Por outro lado, os ácidos graxos contidos nos produtos à base de carne, como o ácido araquidônico, por exemplo, aumentam o risco de doenças depressivas.

Uma saúde geral melhor

A dieta vegana é cheia de vitaminas, nutrientes que ajudam a combater muitas doenças. É o caso da vitamina C, que facilita a produção de anticorpos no organismo. Portanto, com essa dieta adquirimos um importante reforço para o sistema imunológico.

Iniciar uma dieta vegana exige acompanhamento

Para começar a seguir uma dieta vegana, é fundamental primeiramente obter acompanhamento e se informar bem. De fato, não vamos perceber mudanças imediatas no nosso corpo só porque paramos de comer carne.

Para passar ao vegetarianismo ou à alimentação vegana, não basta eliminar os alimentos animais e compensar com as proteínas necessárias. A proteína essencial deve ser substituída por outras, e isso será planejado por um profissional.

Lembre-se de que uma dieta vegana mal planejada pode ser fonte de déficits alimentares e de uma carência de nutrientes que é muito prejudicial ao organismo. Isso, a longo prazo, acarreta o risco de gerar mais de um problema para a nossa saúde.

O controle do peso na dieta vegana

Na verdade, quando você emagrece rapidamente com uma dieta vegana, é porque você está comendo menos do que o necessário. Isso não é saudável, porque o corpo não terá os nutrientes que precisa para funcionar corretamente.

O contrário também pode acontecer. Ou seja, substituir carne, ovos e peixe por produtos cem por cento de origem vegetal e ganhar peso. Existem muitas razões para que isso aconteça: maior consumo de alimentos, molhos com maior percentual de gordura, etc.

Os casos de veganos obesos geralmente ocorrem por causa de uma dieta vegana desequilibrada. Para obter um aporte de proteínas semelhante ao da carne ou do peixe, é necessária a proteína vegetal. Isso deve ser combinado com a prática de exercícios regulares para compensar a perda de massa muscular.

Consequências da dieta vegana para o corpo e o humor

Um mau planejamento, a escolha inadequada de alimentos ou o consumo excessivo de produtos de origem vegetal podem ter as seguintes consequências negativas:

Exaustão ou cansaço

A ausência de vitamina B12, presente na carne e no peixe, pode causar uma maior sensação de cansaço muscular. No entanto, o cansaço também pode ter muitas outras causas e, por isso, ele não deve ser necessariamente associado à dieta vegana.

Como a dieta vegana afeta o seu estado de humor

Sensação de inchaço

O excesso de leguminosas e de outros alimentos de origem vegetal pode causar uma sensação de inchaço para muitas pessoas. Com isso, há também o aparecimento da aerofagia, que é a ingestão de ar que causa flatulência e outros desconfortos.

Problemas no banheiro

Embora possa não parecer, abusar de produtos vegetais causa problemas para ir ao banheiro. A adaptação do corpo a uma maior ingestão de vegetais e minerais produzirá um aumento na absorção e uma diminuição na excreção.

Para concluir, a dieta vegana é um tipo de dieta que pode facilmente gerar riscos significativos para o nosso corpo. Portanto, o controle e o bom planejamento são essenciais.

  • María Teresa Comas Zamora; Julio Basulto Marset. 2015. Dieta vegana equilibrada: de la teoría a la práctica. Extraído de: https://unionvegetariana.org/wp-content/uploads/2017/08/dieta_vegetariana_equilibrada.pdf
  • Montse Mulé. 2017. Claves para llevar una dieta vegana. Extraído de: https://www.buenoyvegano.com/wp-content/uploads/2017/05/buenoyvegano_junio_17.pdf