Erros no uso da máquina de remo: aperfeiçoe sua técnica!

· 9 de março de 2019
Devemos ter em mente que se alguém se deu ao trabalho de criar uma máquina que simula a ação de remar então, sem dúvida, é um exercício altamente eficaz para o desenvolvimento muscular de nosso corpo, mas só será realmente eficaz se o executarmos com precisão.

É normal cometermos erros quando iniciamos um novo exercício. No entanto, o ideal é aperfeiçoar e melhorar a execução para, dessa forma, evitar dores ou lesões. Por isso, neste post, você vai aprender como corrigir os erros na hora de usar a máquina de remo. Anote tudo!

A máquina de remo, também chamada de ergômetro ou remo ergômetro, é uma máquina que simula a ação de remar. Ela busca exercitar o corpo, ou até mesmo praticar para remar na água. O uso do ergômetro é até mesmo considerado um esporte à parte (remo indoor).

O ergômetro é um treino muito popular nas academias de ginástica, já que combina os exercícios de força com o exercício cardiovascular. Isso permite a queima de calorias, um aumento da resistência e, por sua vez, aumento da força e da musculatura.

Quais músculos são treinados na máquina de remo?

O remo trabalha vários grupos de músculos e é importante saber quais são eles para, dessa forma, concentrar a energia nesses músculos:

  • Zona abdominal.
  • Tronco.
  • Braços.
  • Glúteos.
  • Deltoides e peitorais.
  • Bíceps e tríceps.
  • Quadríceps e adutores.
Mulher usando máquina de remo

Aperfeiçoe a sua técnica

Usar a máquina de remo é excelente para trabalhar o corpo de maneira integral. Ao melhorar a execução do exercício os músculos trabalham de forma otimizada, o que promove o seu crescimento e bem-estar.

Portanto, evitar erros na hora de usar a máquina de remo é importante para evitar lesões, dores, e, mais importante, para que o exercício seja eficaz. Então, preste atenção aos seguintes erros e corrija-os o mais brevemente possível!

Cuidado com as costas

Curvar as costas é um erro muito comum, especialmente quando se está muito perto dos pés. Isso gera um risco de lesão na região lombar. Por isso, você deve se concentrar em manter uma boa postura, ou seja, as suas costas devem permanecer retas. Não podem estar curvadas nem arqueadas, é necessário que estejam em linha reta.

Sincronicidade de movimentos

Na música existe uma harmonia entre as notas musicais para obter uma melodia suave. O mesmo acontece no remo, os seus membros (braços e pernas) devem se movimentar em uníssono para uma boa fluidez do exercício.

Mulher usando máquina de remo

A falta de coordenação entre a dobra dos joelhos e a puxada dos braços causa uma má execução do exercício. Dessa forma, você vai estar fazendo o exercício em vão, diminuindo consideravelmente o trabalho dos músculos.

Falta de linearidade na altura dos cotovelos

Os cotovelos devem estar alinhados com os ombros. Se você posicionar os cotovelos mais para cima ou mais para baixo, os ligamentos correm o risco de sofrerem lesão devido à má postura.

Além disso, esse erro concentra a tensão no pescoço e na cervical, o que pode causar uma contração excessiva do músculo. Por isso, você deve manter os cotovelos alinhados. Uma dica é mantê-los ligeiramente perto das costelas.

Parar o movimento na metade

Um exercício que trabalha vários músculos não é simples, muito menos fácil. No entanto, com a prática e perseverança podemos fazê-lo com perfeição.

No início, devido à dificuldade do remo, é comum que paremos na metade de movimento. No entanto, você deve evitar esse erro a todo custo. É necessário fazer o exercício completo para alcançar um bom treino para os músculos.

Abrir os joelhos

Quando fazemos certas posturas, é uma espécie de tendência natural que os joelhos se abram para os lados. Mas, é uma posição que deve ser corrigida, o certo é que estejam juntos em todos os momentos. Assim, os músculos flexores trabalham de maneira adequada.

Segurar o remo no meio

Isso certamente não vai parecer muito importante, mas, na verdade, importa muito. As pessoas tendem a cometer o erro de segurar o remo no meio, ou seja, com as mãos muito próximas.

Isso afeta o alinhamento dos braços com os ombros. Portanto, você não deve segurar nem muito no centro, nem extremamente para os lados, mas em um ponto em que os seus braços estejam alinhados com os seus ombros.

Jamais subestime o remo, já que é uma máquina que trabalha o corpo em sua máxima extensão. Sendo assim, tire proveito disso. A prática é a chave para conseguir uma execução correta e sem erros. Dê o seu máximo na hora de praticar esse exercício.

Imagine que está realmente em um barco remando e que você está no comando. Além disso, você tem o poder de fazer grandes coisas com o exercício. Então coloque em prática esses aspectos e aperfeiçoe a sua técnica agora mesmo!