O que é a pronação no contexto dos esportes?

10 de dezembro de 2019
É comum ler em revistas esportivas sobre a importância da pronação ou da supinação. No entanto, você realmente sabe o que esses dois conceitos significam?

Uma pessoa que frequenta a academia regularmente saberá que certos movimentos podem ser feitos com uma pegada ‘pronada’ ou ‘supinada’. Os corredores habituais, da mesma forma, conhecem a importância de saber se eles têm uma pisada ‘pronada’ ou ‘supinada’. Hoje, vamos explicar o que é a pronação.

A pronação é a curva feita pelo antebraço de fora para dentro, de modo que o dorso da mão fique voltado para cima e a palma da mão na direção oposta.

No entanto, também chamamos de pronação a curva para dentro que é feita pelo pé ao caminhar. Veremos em detalhes em que cada uma consiste.

Pronação do antebraço

Como já dissemos, executamos uma pronação do antebraço quando ele é girado para que as costas da mão fiquem voltadas para cima. Esse tipo de pronação é especialmente interessante na prática esportiva habitual em academias e em esportes como o halterofilismo.

  • A puxada alta ou pull ups, um clássico para o trabalho dos dorsais, geralmente é feita com essa pegada. Dessa maneira, é possível obter um maior isolamento e recrutamento das costas, diferentemente das chin ups, que também envolvem os braços.
  • O levantamento terra ou deadlift, um exercício essencial para qualquer treinamento, também costuma ser feito com uma pegada pronada. Os levantadores de peso experientes usam uma pegada mista (ou seja, uma mão com pegada pronada e a outra com pegada supinada).
  • Levantadores de peso olímpicos ou halterofilistas devem trabalhar esse tipo de pegada. Para melhorar ainda mais, eles usam o hook grip ou pegada de gancho, na qual o polegar fica entre os dedos indicador e médio na pegada pronada.
  • Algumas variações da clássica rosca bíceps usam a pegada pronada para uma maior ativação dos músculos dos antebraços.
O que é a pronação

Diante de tantas alternativas, é aconselhável experimentar alguns exercícios com a pegada pronada na próxima vez que você for à academia. Isso pode representar um novo estímulo e um maior desenvolvimento dos músculos acessórios, o que vai melhorar o desempenho.

Pronação do pé

A pronação do pé é o movimento de rotação que ele faz para dentro quando caminhamos ou corremos. Há um certo grau de supinação fisiológica ao apoiar o pé em uma superfície. Por outro lado, quando levantamos o pé, há uma pronação leve, o que é absolutamente normal.

Devemos nos preocupar quando a pronação for excessiva. Nessa situação, o corpo adotará posturas compensatórias que podem levar a lesões futuras.

Para isso, existem certos tipos de calçados com amortecimento. Esse tipo de calçado ajuda o corredor a equilibrar a pisada e torná-la mais neutra, para que ele possa evitar essas possíveis lesões.

No entanto, devemos abordar essa questão com muita cautela, pois há interesses comerciais por parte das marcas de calçados.

Geralmente, a compra de calçados especiais é algo que só seria indicado para os pronadores excessivos, ou seja, pessoas com um alto grau de pronação que seria patológico. Um corredor pronador pode usar calçados neutros sem preocupações.

Pronação excessiva

Conforme já mencionamos, a pronação excessiva ao pisar é patológica e pode levar a diversas lesões. Nesse tipo de pisada, a pessoa tem os pés chatos, pois a rotação interna excessiva faz com que o pé se apoie sobre áreas inadequadas e adquira esse formato.

O que é a pronação

Imagem: atopedegym.com

A pronação excessiva pode ser causada por algumas lesões, por fraqueza na musculatura adjacente ou até mesmo pelo uso de calçados inadequados. Também é frequente que ela seja de origem genética ou simplesmente postural, devido a uma técnica de caminhada ruim.

Como essa pronação excessiva cria instabilidade na articulação, os pacientes com pronação excessiva também podem se queixar de dores nas costas e nos joelhos.

Isso ocorre porque tanto os joelhos quanto a coluna trabalham mais para fornecer a estabilidade que está faltando. Além disso, a maior pressão exercida sobre os ligamentos, tendões e ossos do tornozelo pode favorecer lesões como a fascite plantar e o esporão do calcâneo.

O tratamento para esses pacientes consiste, conforme já mencionado, no uso de calçados especiais ou palmilhas amortecedoras. O pronador excessivo terá que procurar um fisioterapeuta para que ele indique exercícios de fortalecimento e o ensine a corrigir a sua pisada.

  • Qué es la sobrepronación – Causas y Tratamientos. [cited 2019 Mar 17]; Available from: https://www.terapiadefrio.com/blogs/terapia-de-frio-calor-tratamiento-natural-de-lesiones/sobrepronacion-casusas-tratamientos
  • Horwood AM, Chockalingam N. Defining excessive, over, or hyper-pronation: A quandary. Foot [Internet]. 2017 Jun [cited 2019 Mar 17];31:49–55. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/28549281
  • Hintermann B, Nigg BM. Pronation in Runners. Sport Med [Internet]. 1998, Sep. [cited 2019 Mar 17];26(3):169–76. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/9802173