Acessórios de ginástica para depois dos 40

11 de abril de 2019
Se buscamos planejar um treino de acordo com as necessidades e possibilidades dessa idade, existem certas ferramentas que podem ser de grande ajuda.

Quando atingem uma certa idade, muitas pessoas acreditam que o período de treinamento terminou e que podem fazer pouco para neutralizar os efeitos do envelhecimento. Nada poderia estar mais distante da verdade. Com estes acessórios de ginástica para depois dos 40 anos, você pode continuar treinando sem problemas.

Isso não significa que o fator idade deve ser ignorado, porém não há devemos aceitar o sedentarismo depois dos 40 anos. Sem ir muito longe, e embora a comparação seja um pouco desigual, muitos atletas permanecem na elite esportiva com essa idade, e até mais.

Portanto, a imersão na quarta década de vida não precisa ser uma desculpa para desistir de se exercitar. Só será necessário estar ciente das limitações e trabalhar para desafiar seus próprios limites.

Acessórios de ginástica para depois dos 40

1. Halteres

Não é necessário ir a extremos sempre que pensamos em halteres: nem todos pesam 10 quilos ou mais. Existem diferentes tamanhos e formas, cada um oferecendo diferentes alternativas para os usuários.

Halteres na academia

Aqueles com mais de quarenta anos podem fazer muitos exercícios com halteres. Estes são alguns:

  • Press no banco
  • Abertura de peitoral
  • Curl de bíceps
  • Remo
  • Pull over no banco
  • Voo (lateral, frontal, alternado, simultâneo)
  • Press de ombro

As opções são infinitas e também dependem da criatividade de cada instrutor. Como você pode ver, halteres são um excelente recurso dentro dos acessórios de ginástica para depois dos 40 anos.

2. Faixas elásticas

As faixas elásticas têm dois benefícios muito claros. A primeira é que o risco de lesão é quase zero: não há impacto e não é um elemento pesado ou difícil de lidar.

Além disso, outra de suas vantagens é que é possível ajustar o exercício às exigências de cada atleta de acordo com o ritmo e a capacidade de cada um. Podemos trabalhar praticamente todos os músculos, sem limitações: pernas, peito, braços, ombros… Nenhum fica de fora.

3. TRX

É uma alternativa semelhante à anterior. A diferença é que o TRX, que também são elásticos, deve ser fixado em elementos como barras, postes ou colunas.

Exercício abdominal com TRX

Em geral, os exercícios com TRX são mais difíceis do que aqueles feitos com as faixas. A razão é que o TRX também requer equilíbrio e estabilidade, duas habilidades extremamente importantes que são perdidas ao longo dos anos, especialmente em pessoas com baixa capacidade atlética.

4. Pesos Russos

Também chamado de kettlebells, são um acessório característico do CrossFit. No entanto, podem perfeitamente ser um dos acessórios de ginástica para depois dos 40.

Acessórios de ginástica como o peso russo

Os pesos rusos são um elemento que podemos usar para trabalhar vários músculos. Por exemplo, é possível realizar levantamento terra, o típico swing do CrossFit, crunches russos, agachamentos, lunges, entre muitos outros.

5. Med Ball

A Med Ball reúne várias características dos elementos que discutimos anteriormente. Em primeiro lugar, é um instrumento simples de usar que oferece uma ampla variedade de opções para trabalhar muitos grupos musculares.

Quase não há probabilidade de lesão e a dificuldade pode ser adaptada de acordo com as características de cada indivíduo. Além disso, as med balls podem ser encontradas em diferentes pesos.

Dicas para treinar depois dos 40

Além dos grandes benefícios que os acessórios de ginástica podem oferecer, é importante ter certas considerações em mente. As que descreveremos a seguir têm especial relevância para aqueles indivíduos pouco acostumados com a prática esportiva:

  • Comece devagar, com o básico.
  • Não exija demais do corpo: é melhor seguir em frente de maneira progressiva e prudente.
  • Dê a si mesmo o descanso de que precisa: lembre-se de que a recuperação não é igual a dez anos atrás e respeite-a.
  • Coma bem; mais do que nunca, depois dos 40 anos, o corpo precisa de um bom suprimento de nutrientes para permanecer ativo, saudável e leve.
  • Evite hábitos nocivos: a capacidade de tolerar substâncias como álcool, tabaco ou até mesmo a gordura de junk food é menor do que na adolescência; tente não abusar deles.

Além dos exercícios físicos essenciais que podem ser realizados, a saúde nesta idade tem muito a ver com os cuidados com o corpo e a prevenção. Finalmente, o cuidado da mente e o bem-estar emocional acabarão por criar um contexto totalmente positivo para qualquer pessoa.