Overtraining: veja as causas e conheça soluções

13 de fevereiro de 2020
Motivação excessiva e obsessão pelo exercício podem levar a uma situação de overtraining. Aprenda a identificá-lo e a solucioná-lo.

Nada faz bem em excesso, e o treinamento esportivo não é uma exceção. Exercitar-se é bom e, de fato, esta é a única maneira de manter a saúde e alcançar os objetivos desejados. No entanto, devemos ter cuidado para não cair em um erro comum: o overtraining.

Não devemos pensar que, quanto mais treinarmos, melhores e mais rápidos os resultados serão. Os períodos de descanso são tão importantes quanto a própria atividade esportiva. Se eles não forem respeitados, você poderá acabar sofrendo as consequências do overtraining.

A seguir, vamos explicar quais são as causas que fazem com que muitos atletas acabem pagando as consequências do overtraining. Se for o seu caso, não entre em pânico: no final deste artigo, preparamos uma lista com várias propostas para remediar essa situação. 

Quais são as causas do overtraining?

Geralmente, o overtraining é o resultado da reunião de várias circunstâncias. Todas elas somadas fazem com que o corpo chegue ao seu limite e se esgote, sem possibilidades de alcançar o desenvolvimento desejado.

Portanto, a primeira coisa que você precisa fazer é identificar essas causas para acabar com o problema. Aqui mostramos as mais comuns: 

Obsessão pelo esporte

É normal associar o overtraining a uma obsessão pelo esporte e por alcançar os objetivos desejados. Treinar demais e em alta intensidade não faz bem. Nem sempre é necessário exigir o nosso corpo ao máximo, pois também são necessários treinos mais relaxados.  

Por mais que você goste de fazer exercíciosé importante poder se afastar deles de vez em quando. Sair com os amigos, ir a um jantar sem arrependimentos ou não se sentir mal por não ir para a academia por um dia é essencial para evitar o overtraining.

Além disso, se você conseguir se desconectar dos exercícios por alguns dias da semana, você certamente se sentirá com muito mais energia ao retomá-los. Isso te ajudará a melhorar ainda mais o seu desempenho.

Overtraining: causas e soluções

Má hidratação e alimentação

Quando treinamos regularmente, o nosso corpo faz um esforço notável. Para poder suportá-lo, ele precisa de mais nutrientes. Além disso, nesses casos, a transpiração é inevitável e podemos não estar cientes da quantidade de líquido que o nosso corpo está perdendo.

Por tudo isso, a alimentação e a hidratação devem estar de acordo com o esforço que estamos fazendo. Beber muito pouco líquido ou ter uma alimentação insuficiente pode causar overtraining. Nesse caso, embora o esforço não seja excessivo em termos físicos, ele será proporcional às reservas do corpo.

Estas são as soluções para o overtraining

Assim como dissemos anteriormente, o overtraining tem solução. Se você é uma pessoa apaixonada por esportes, você terá dificuldade para superá-lo, mas você certamente vai conseguir.

Nas linhas a seguir, vamos explicar quais são as mudanças que você deve fazer, tanto na sua rotina esportiva quanto na sua vida diária. Esta é a única maneira de voltar ao seu estado anterior, recuperar a vitalidade e alcançar as metas estabelecidas.

Respeite os períodos de descanso

Os dias de descanso são tão importantes quanto os de treino. Deixar o corpo se recuperar e retornar aos 100% é essencial para evitar o overtraining.

Às vezes pensamos que, treinando mais, vamos alcançar o corpo que queremos mais rapidamente, mas isso não é bem assim. Se não deixarmos o corpo descansar, será impossível que ele continue tendo a força necessária para ter o mais alto desempenho ao longo do tempo.

Descanse durante oito horas por dia

O sono é subvalorizado. Não temos consciência do quanto é importante descansar bem para ter um bom desempenho na nossa vida pessoal, familiar e esportiva. É aconselhável dormir durante oito horas por dia, mas, na verdade, quase ninguém atinge esse número. Dormir tarde demais e madrugar são dois dos principais problemas.  

Você também deve ter em mente que é conveniente respeitar os horários de sono. Experimente dormir todos os dias no mesmo horário. Assim, o seu corpo poderá descansar e se sentir melhor na próxima sessão esportiva. 

Overtraining: causas e soluções

Não treine sempre no nível mais alto para evitar o overtraining

É importante alternar a intensidade dos exercícios que você faz. O planejamento do treinamento deve ser composto de picos que alternam sessões mais tranquilas com outras de alto desempenho. Não é necessário sempre exigir o corpo ao máximo para alcançar os resultados.

Às vezes, pensa-se que os treinos mais moderados não fazem efeito se você já pratica esportes há muito tempo. Isso não é verdade, pois eles contribuem para continuar mantendo a forma e para não perder resistência, flexibilidade ou força.

Você deve ter notado que não é complicado evitar ou superar o estado de overtraining. Na verdade, basta ser mais cauteloso e dar ao corpo o que ele realmente precisa. Você cumpre essas diretrizes para não sofrer as consequências desse problema? 

  • Zhelyazkov, T. (2001). Bases del entrenamiento deportivo. Editorial Paidotribo.
  • Halson, S. L., & Jeukendrup, A. E. (2004). Does overtraining exist? An analysis of overreaching and overtraining research. Sports Medicine. https://doi.org/10.2165/00007256-200434140-00003
  • Kreher, J. B., & Schwartz, J. B. (2012, March). Overtraining Syndrome: A Practical Guide. Sports Health. https://doi.org/10.1177/1941738111434406