Conheça algumas lesões comuns nas pernas

4 de outubro de 2019
As lesões são um problema para qualquer atleta e nunca é um bom momento para ter uma delas. Em relação às lesões nas pernas, existem algumas que ocorrem com uma maior frequência.

Os atletas estão constantemente expostos ao risco de traumas nos membros inferiores que podem afetar o seu desempenho esportivo. Por isso, é importante saber quais são as lesões mais comuns nas pernas e, assim, poder evitá-las.

As pernas são um dos membros mais importantes do corpo humano, pois permitem ações como, por exemplo, ficar em pé, andar, correr e muitas outras. Portanto, cuidar delas é fundamental para o bem-estar do nosso organismo.

Uma lesão é uma alteração ou ferimento que ocorre em algum lugar do corpo por causa de uma pancada, acidente, doença, desgaste, entre outros motivos. É necessário ter cuidado, pois a maioria delas requer atenção médica especializada.

5 lesões comuns nas pernas

As pernas suportam o peso do nosso corpo e recebem o impacto de diferentes exercícios. Assim, com o passar do tempo, certas lesões esportivas se tornam frequentes nos membros inferiores.

1. Torcer o tornozelo

Torcer o tornozelo é mais comum do que você imagina, tanto para atletas quanto para dançarinos. Uma entorse de tornozelo ocorre quando o pé vira para dentro, estendendo os ligamentos do tornozelo mais do que o normal, causando assim uma distensão.

Existem muitos cenários possíveis para uma lesão como essa, tais como correr em superfícies instáveis, tropeçar em algo ou a má execução de um exercício. O tratamento de recuperação geralmente consiste no uso de faixas, terapia a frio e repouso.

lesões comuns nas pernas

Para evitar uma lesão como essa, certifique-se de aquecer bem os seus músculos, usar o calçado adequado para o treinamento, exercitar-se sobre uma superfície estável e cuidar da execução de cada um dos movimentos que você fizer.

2. Joelho de corredor

A condromalácia patelar ou ‘joelho de corredor’ é uma das lesões comuns para as pessoas que fazem exercícios de alto impacto. Esse tipo de trauma é gerado, na maioria dos casos, quando a patela não está alinhada corretamente.

Com o tempo, a cartilagem dos joelhos pode ficar desgastada. Então, é possível passar a sentir dor ao fazer agachamentos, subir e descer escadas ou ao ficar sentado por muito tempo. Em caso de desconforto em qualquer uma dessas situações, o melhor a fazer é consultar um médico.

Para impedir o aparecimento do joelho de corredor, você deve se alimentar bem e, acima de tudo, não fazer os exercícios de maneira apressada e descuidada. Pelo contrário, tome o tempo necessário para fazer o exercício da melhor forma possível.

3. Rompimento do tendão de Aquiles

O tendão de Aquiles é o tendão que une o calcanhar à panturrilha. A distensão ou rompimento do tendão de Aquiles ocorre com maior frequência em ginastas, bailarinos ou jogadores de futebol americano. No entanto, é uma lesão que pode ocorrer em qualquer esporte.

Esse rompimento ocorre quando há um deslocamento muito forte do pé em direção à perna, causando assim uma ruptura parcial ou completa. Os sintomas são fortes dores no tornozelo e panturrilha, além de inchaço.

Prevenir uma lesão como essa é algo muito simples: você nunca deve pular o aquecimento nem se aquecer de forma incompleta. Também é importante manter uma boa hidratação e não fazer movimentos para os quais você ainda não está preparado.

4. Distensão muscular

Uma distensão muscular consiste em uma ruptura das fibras musculares de um músculo específico por causa de diferentes razões, tais como alongamento excessivo, tensão muscular, falta de aquecimento ou treinamento excessivo.

As distensões musculares são lesões comuns e fáceis de identificar, pois incluem dor intensa no músculo afetado, inflamação e vermelhidão.

Para tratar uma distensão muscular, uma compressa fria deve ser aplicada ao músculo e medicamentos anti-inflamatórios devem ser administrados. Além disso, consultar um profissional o mais rápido possível é a melhor opção.

lesões nas pernas

5. Fratura na perna

Uma fratura na perna consiste na ruptura de qualquer osso da perna. Esse trauma é recorrente em acidentes de carro ou em esportes de alto risco.

Os sintomas de um osso quebrado são fortes dores, inflamação, incapacidade de andar ou de mover a perna e hematomas, entre outros.

O tratamento de uma fratura depende do tipo de osso quebrado. No entanto, a maioria dos casos inclui uma cirurgia para implantar dispositivos que mantenham o osso em uma determinada posição.

As fraturas nas pernas são realmente perigosas, por isso você deve fazer o possível para se alimentar e se exercitar bem a fim de ter ossos fortes. Da mesma forma, também é conveniente usar os equipamentos próprios para o esporte que você pratica.

Ter qualquer uma dessas lesões comuns nas pernas pode afetar o seu desempenho esportivo e a sua saúde. Portanto, é essencial que você tenha cuidado e faça o possível para evitá-las. O bem-estar do seu corpo é o mais importante.