Como eliminar a retenção de líquidos nas pernas e no abdômen?

· 13 de setembro de 2018
O nosso corpo tem reações diferentes dependendo de como cuidamos dele e a que situações ele é exposto. A retenção de líquidos é chamada, em termos médicos, de hidropisia e trata-se do acúmulo de líquidos nos tecidos ou cavidades do corpo.

A retenção de líquidos é um problema muito comum. Às vezes, costuma ser confundida com o aumento de peso, mas na realidade ela se deve a outros fatores. Neste post, nós ensinamos o que é e como eliminar a retenção de líquidos nas pernas e abdômen. A retenção de líquidos não é considerada uma doença, mas sim um sintoma clínico de outras doenças.

O peso corporal é composto de 50% de água nas mulheres e 60% de água nos homens.  A água é um elemento vital para o ser humano. O corpo possui vários órgãos que trabalham em sistemas e alguns são responsáveis por administrar e equilibrar os níveis de água corporal. Consequentemente, se estes sistemas não têm um bom funcionamento ocorre a retenção de líquidos.

Causas

Antes de se saber como eliminar a retenção de líquidos nas pernas e no abdômen, é importante saber quais são suas causas. Desta forma será possível ter um melhor conhecimento de como evitar uma possível hidropisia. As causas da retenção de líquidos nas pernas e no abdômen, como também em outras partes do corpo, são as seguintes:

  • Sedentarismo: a atividade física facilita o fluxo sanguíneo, especialmente das veias das pernas. Se não existe uma boa circulação, é provável que toda a pressão fique acumulada nas pernas, dificultando a passagem de líquidos.
  • Alimentação ruim: consumo excessivo de sal.
  • Problemas cardíacos ou renais.
  • Mudanças hormonais: presente nas mulheres, pode ser tanto devido à gravidez como à menstruação.
  • Consumo de medicamentos: alguns medicamentos têm a retenção de líquidos como efeito colateral.
  • Ficar de pé ou sentado por muito tempo.
Mulher com retenção de líquidos na barriga

Como eliminar a retenção de líquidos nas pernas e no abdômen

A retenção de líquidos costuma aparecer principalmente nos pés. Não obstante, também aparece em outras partes do corpo, entre elas as pernas e o abdômen. Estas áreas são bem complicadas de se tratar. Mas não se preocupe, é só seguir estes simples conselhos para ter um abdômen e pernas saudáveis!

Faça exercícios cardiovasculares

Os exercícios cardiovasculares, ou cardio como também são conhecidos, consistem em treinos que promovem o bom fluxo sanguíneo. Além de te ajudar a perder peso, isto evitará que os líquidos fiquem acumulados tanto no abdômen quanto nas pernas.

Este é um modo muito eficaz para se eliminar a retenção de líquidos nas pernas. Por isso, é importante que incluir esse exercício entre suas prioridades. Existem diferentes opções para incorporar os exercícios cardiovasculares ao seu treino, você pode experimentar o treino LISS, o HIIT ou a Zumba.

Evite roupas apertadas

Lembre-se de que o corpo deve contar com uma circulação fluida e livre. Mesmo se você tiver uma boa circulação existem aspectos externos que podem afetá-la, como é o caso das peças de roupa apertadas.

Podem muito bem ser calças, cintos, meias, roupa íntima, entre outras; enfim, qualquer tipo de roupa que aperte muito o corpo, pois isto dificulta o fluxo sanguíneo e faz com que a retenção de líquidos nas pernas apareça.

Mantenha uma dieta saudável

Mantenha uma boa alimentação.  Para isso, inclua frutas, vegetais e legumes na sua dieta. Da mesma forma, evite alimentos industrializados e ricos em sódio.

Além disso, ao preparar suas refeições, coloque quantidade de sal pequena, já que quanto mais sal você ingere, mais propenso a reter líquidos estará. Também, de vez em quando, inclua abacaxi e pepino nas suas refeições. Eles têm propriedades anti-inflamatórias, o que ajuda a diminuir a retenção de líquidos.

Abacaxis

Eleve as pernas

Elevar as pernas duas vezes ao dia ajuda na circulação e na fluidez dos líquidos. Isso também pode ser acompanhado de massagens leves; entretanto, é importante considerar que as massagens só devem ser feitas se não houver nenhuma dor. Caso contrário, o mais recomendável é esperar que o sangue circule um pouco e o inchaço diminua.

Tenha sempre em mente que a retenção de líquidos não é uma doença, mas sim um sintoma de outras doenças. Isto não significa que você vai ter uma doença séria, mas que a retenção de líquidos pode ser um aviso de que você pode vir a ter alguma doença se não melhorar seus hábitos.

Por esta razão, aceite todos estes conselhos por menor que seja a retenção de líquidos no seu corpo. Mesmo se você não tiver esse sintoma, considere estas dicas como uma forma de prevenção. Um corpo saudável é sinônimo de uma vida longa!