6 suplementos do mundo fitness que tratam a disfunção erétil

· 27 de março de 2019
Veremos algumas soluções para resolver os problemas da disfunção erétil, tanto em remédios como em tratamentos naturais.

De acordo com um estudo realizado pelo Massachusetts Male Aging Study, quase 50% dos homens com mais de 40 anos sofrem de disfunção erétil. Esse número explicaria o aumento constante dos consumidores de viagra.

Mas nem todas as pessoas podem consumir esse tipo de droga por causa de seus efeitos colaterais. Essa situação leva muitos a buscarem soluções naturais e existem inclusive vários estudos a esse respeito. Alguns médicos e laboratórios descobriram substâncias naturais que podem tratar essa condição.

Para aqueles homens que preferem uma alternativa natural para este problema, aqui estão alguns suplementos que podem ajudar:

L-arginina mostrou bons resultados

A L-arginina é um aminoácido produzido pelo organismo humano. Sua função básica é criar óxido nítrico, elemento que atua nos vasos sanguíneos do homem e ajuda a manter as ereções.

L-arginina

Existem apresentações comerciais deste produto que são vendidas até mesmo através de lojas virtuais. Um estudo de 2003 mostrou excelentes resultados sobre o uso dessa substância quando misturada ao pycnogenol. É um suplemento dietético natural derivado da casca do pinheiro marinho francês.

Tribulus Terrestris: um anabólico natural

Talvez muitos não acreditem, mas um dos melhores tratamentos naturais para a disfunção erétil vem de uma erva. O fato é que o tribulus terrestre possui anabolizantes naturais que beneficiam a saúde humana. Entre suas maravilhas está a liberação de testosterona no corpo.

Esta planta também ajuda a controlar a elevação do estresse. Ansiedade e estresse são gatilhos da disfunção erétil. A única desvantagem desta substância vendida em suplementos é que é contraindicada em pacientes com insuficiência renal.

Pycnogenol e zinco

O pycnogenol mostrou excelentes resultados ao ser misturado com outros componentes. Nós mencionamos anteriormente a sua combinação com a L-arginina, mas quando consumimos essa substância com o zinco também podemos melhorar nosso desempenho sexual.

De fato, a falta de zinco no corpo é responsável pelo quase total enfraquecimento do organismo. Até o sistema imunológico enfraquece quando não comemos alimentos ricos nesse elemento. Existe realmente uma ligação entre a disfunção e a falta desse mineral.

Ginseng: um vasodilatador da terra

Muito já foi dito e escrito sobre os poderes curativos do ginseng. Sabe-se que esta planta possui propriedades vasodilatadoras e, portanto, sua ingestão é recomendada quando há problemas cardiovasculares. Sua função basicamente seria gerar óxido nítrico, o que melhora o fluxo da corrente sanguínea.

Chá para a disfunção erétil

Os efeitos do ginseng no organismo masculino seriam semelhantes aos causados ​​pela testosterona. Ele funciona como um suplemento que ajuda a equilibrar nosso sistema cardiovascular.

Epimedium brevicornum: outra maravilha da Ásia

Esse suplemento é usado para tratar muitas patologias na Ásia. Acredita-se que o epimedium seja excelente para a disfunção erétil em pacientes com doenças renais.

O único problema com o uso desta medicina natural é que poucos estudos científicos apoiam sua eficácia. No entanto, existem inúmeros estudos em andamento e especialistas que apostam em suas propriedades e efeitos positivos.

Propionyl-L-carnitina também serve para tratar a disfunção erétil

Este suplemento é usado no mundo fitness para queimar gordura e melhorar o tônus ​​muscular. Junto com esses benefícios, hoje em dia sabe-se que possui também uma função energética a nível muscular que melhora o fluxo sanguíneo.

Suplemento em pó

O princípio é simples: quanto mais sangue conseguir encher o tecido do pênis, maior a chance de uma ereção. Este efeito foi comprovado por alguns atletas, embora existam também estudos que comprovem sua eficácia enquanto tratamento.

Acredita-se também que este aminoácido pode gerar melhorias em pacientes com ejaculação precoce.

Em resumo, existem compostos naturais que podemos usar para melhorar nossa saúde sexual antes de optar por produtos químicos, como o bem conhecido viagra.

A maioria dessas substâncias naturais é produzida pelo corpo humano, ou simplesmente pode ser processada por ele, sem causar danos.

Em qualquer caso, para um melhor aconselhamento e evitar riscos desnecessários, a primeira opção deve ser sempre recorrer aos serviços de um médico especialista.