Três suplementos fundamentais para o seu desenvolvimento físico

· 28 de fevereiro de 2019
Diante da enorme oferta de suplementos, podemos ficar na dúvida de quais utilizar. Existe, no entanto, um grupo de três suplementos fundamentais que não podem faltar para um bom desenvolvimento físico. Conheça-os a seguir.

Os exercícios de alto desgaste físico necessitam de suplementos para complementar a alimentação diária. Os suplementos são recomendados de acordo com as necessidades específicas de cada esportista e seus objetivos de desenvolvimento físico.

Suplementos fundamentais para um bom desenvolvimento físico

Os atletas profissionais criam as suas próprias fórmulas personalizadas para que o corpo seja capaz de adquirir massa muscular. Embora muitos sugiram que, com uma alimentação balanceada, o suplemento não seja necessário, sempre é conveniente adicionar ao treinamento alguns nutrientes essenciais.

Creatina

A creatina promove a recuperação muscular mais rapidamente. Esse componente funciona até mesmo durante o treino, entre as séries. É recomendado para os atletas que desejam aumentar o volume da massa muscular.

Entre os motivos pelos quais os atletas que trabalham exercícios de força usam creatina é o alto nível de evidências científicas de resultado que ela possui. Nesse sentido, considera-se um dos suplementos que são fundamentais para o desenvolvimento físico.

Homem preparando suplemento

O modo de tomar esse suplemento é geralmente através de cápsulas diárias de cinco gramas. De forma natural, o corpo também absorve a creatina através da ingestão de carne e de peixe.

O nosso organismo obtém a creatina através de aminoácidos como a metionina, arginina e glicina. Por tratar-se de um elemento indispensável no processo de produção de energia, esse princípio ativo encabeça a lista de suplementos no mundo fitness.

Em termos científicos, trata-se de um ácido orgânico nitrogenado. Calcula-se que, em 100 g de carne vermelha, o corpo se nutre de 0,5 g de creatina.

Em caso de desgaste físico devido ao treinamento atlético, a quantidade de creatina que demanda o corpo é de três a seis gramas. Ou seja, um atleta deve comer pelo menos 1 kg de carne toda vez que for treinar.

Alguns estudos demonstraram que, em casos de exercícios de alta intensidade, os suplementos de creatina são aconselháveis. A exercício anaeróbio com pesos é um dos que mais demanda suplementos de creatina. Além disso, o consumo desses suplementos para a dieta não produz efeitos colaterais.

Vitamina D

Outro dos suplementos fundamentais para um bom desenvolvimento físico para atletas é a vitamina D. Nesse caso, trata-se da vitamina responsável pela absorção de fósforo e de cálcio. Um corpo com níveis satisfatórios desse elemento possuirá ossos fortes e menor risco de osteoporose.

A vitamina D também colabora para o aumento da força muscular, da potência e, em geral, para um bom desempenho a nível orgânico.

Além disso, outro benefício é a sua capacidade antioxidante, uma vez que contribui para neutralizar os radicais livres. Esses benefícios também atuam no sistema neurológico, favorecendo a saúde cerebral.

Para que o corpo tenha essa vitamina, deve-se ingerir os chamados precursores, como vegetais e derivados de animais. Não obstante, é através de uma exposição à radiação ultravioleta que a vitamina D é ativada de forma natural.

É importante ter em conta que, em climas frios, durante a época de inverno e com pouca luz solar, costuma ser muito necessário complementar a dieta com suplementos de vitamina D.

Ômega 3

Apesar de proporcionar grandes benefícios para o corpo, os atletas profissionais escolhem o ômega 3 como um de seus suplementos fundamentais para cuidar da sua saúde óssea.

Esses ácidos também colaboram ativamente no bom funcionamento arterial; entre outros motivos porque controlam os triglicerídeos, que entopem as artérias.

menina segurando uma capsula de suplemento

Os benefícios do ômega 3 incluem também os seus poderes anti-inflamatórios e regenerativos. O ômega 3, ao contrário do ômega 6, não está tão presente na alimentação tradicional. Uma forma de incorporar esse suplemento é através da ingestão de óleo de peixe, ou através de suplementação alimentar.

Como e quando optar por suplementos

Cada corpo demora mais ou menos tempo para apreciar o crescimento muscular através do treinamento físico. Às vezes, pode demorar um ou dois anos para atingir a tão sonhada figura muscular.

Os mais impacientes optam pelo caminho rápido dos esteroides. Mas os efeitos colaterais fazem com que o preço a pagar por seguir o caminho mais fácil seja muito alto.

Apesar de a dieta adequada ser a chave para o bom desenvolvimento físico e muscular, às vezes, convém consultar um nutricionista esportivo para que ele recomende as proporções adequadas e, se necessário, aqueles suplementos fundamentais para ganhar músculos, sem perder no quesito saúde.

  • Gomes, R. V., & Aoki, M. S. (2005). Suplementação de creatina anula o efeito adverso do exercício de endurance sobre o subsequente desempenho de força. Rev Bras Med Esporte, 11(2), 131A4.
  • Holick, M. F. (2007). Vitamin D deficiency. New England Journal of Medicine, 357(3), 266-281.
  • Martin, C. A., de Almeida, V. V., Ruiz, M. R., Visentainer, J. E. L., Matshushita, M., de Souza, N. E., & Visentainer, J. V. (2006). Ácidos graxos poliinsaturados ômega-3 e ômega-6: importância e ocorrência em alimentos Omega-3 and omega-6 polyunsaturated fatty acids: importance and occurrence in foods. Revista de Nutrição, 19(6), 761-770.