Posso voltar a fazer cardio após um infarto?

1 de fevereiro de 2019
Conheça as recomendações quanto à atividade física após sofrer um infarto; a princípio, e a menos que o médico diga expressamente o contrário, o exercício moderado e progressivo vai trazer muitos benefícios à sua saúde.

Após sofrer um ataque cardíaco, é muito importante se cuidar e cumprir tudo o que os médicos indicarem. Muitos pacientes se perguntam se podem fazer cardio depois de um infarto. Se você tiver essa mesma dúvida, leia o artigo a seguir.

É permitido fazer cardio após um infarto?

A resposta é afirmativa, mas desde que se leve em conta algumas questões muito importantes, tais como o tipo de atividade, a intensidade da modalidade e a periodicidade. Então, do que isso depende? Basicamente da situação ou do estado em que o coração ficou após o infarto.

Médica examinando paciente

Como primeiro passo, o médico deve fazer todos os exames que considera apropriados para verificar como o sistema cardíaco do paciente está. Ele vai analisar o estado do miocárdio, se há presença de arritmias com o esforço físico ou se há uma isquemia do miocárdio ou não.

Se todos estes exames mostrarem um diagnóstico positivo e a pessoa não estiver correndo risco de nenhuma das doenças indicadas acima, então o médico pode dar o sinal verde para fazer cardio após um infarto.

Benefícios

É fundamental lembrar que a atividade física em geral e, especialmente ao ar livre, tem muitos benefícios.

No caso específico de ter sofrido um ataque cardíaco, a atividade física vai reduzir os fatores de risco para um novo episódio (um segundo infarto é mais frequente do que se imagina) e também vai controlar a pressão arterial.

Além disso, com a atividade física, os níveis de lipídios, colesterol e glicose no sangue vão ser reduzidos, o estresse será diminuído e o excesso de peso será combatido; todas essas são causas diretas dos infartos.

É verdade que o medo se torna presente em alguém que sofreu um ataque cardíaco, já que a pessoa não quer que isso aconteça novamente. É por isso que muitos começam a levar uma vida sedentária, achando que dessa forma o sistema cardiovascular não vai ter nenhuma surpresa.

No entanto, este é um equívoco que deve ser eliminado com informações e consultas ao cardiologista. Na realidade, o que o coração precisa é se fortalecer. Como isso é conseguido? Com exercícios aeróbicos moderados.

A atividade física não tem benefícios apenas em um nível físico, mas também emocional. E isso é perfeito para alguém que sofreu um ataque cardíaco.

Muitos acreditam que sua vida está prestes a terminar após um episódio deste tipo. Por outro lado, ao socializar e se exercitar com outras pessoas, pouco a pouco a pessoa vai se sentir mais confiante e menos amedrontada.

Fazer cardio após um infarto: exercício recomendado

Uma vez que o médico indique que temos condições de fazer cardio após um infarto, o próximo passo é descobrir que tipo de atividade podemos ou queremos fazer. O cardiologista pode recomendar as atividades que melhor se adaptem à nossa situação em particular; sobretudo, em termos de intensidade e periodicidade.

Homem e mulher em uma esteira na academia

Se a pessoa nunca fez atividades físicas antes (ou se não praticou por muito tempo), é muito importante começar de forma leve, com algo tranquilo e sem exceder mais de 20 ou 30 minutos, duas vezes por semana. Caminhar no parque ou com o cachorro, por exemplo, pode ser uma excelente ideia.

Intensidade

A melhor atividade física que pode ser feita é aquela que nos permita mover a massa muscular e fazer o coração funcionar (levemente).

Uma vez que tenhamos caminhado e nos sentido bem, podemos aumentar a intensidade e trotar devagar ou até mesmo fazer corridas de meia distância. Isso também vai fazer com que o sistema respiratório funcione e que o sangue circule adequadamente pelo corpo.

Outras opções são andar de bicicleta; tanto a ergométrica na academia quanto ao ar livre. Os circuitos de estrada são mais recomendados que os de mountain bike; principalmente porque são menos exigentes.

Também há pessoas que se matriculam em uma escola de dança de salão, fazem zumba em casa ou então dançam salsa com o parceiro… Além de fazer cardio, elas se divertem muito!

Mulher andando de bicicleta no parque

E, certamente, a natação é uma das atividades mais recomendadas para fazer cardio após um infarto. Ela pode até mesmo ser combinada com outras atividades físicas; também podemos fazer a famosa hidroginástica.

O mais importante quanto à atividade física após sofrer um ataque cardíaco é aproveitá-la e não nos exigirmos muito. Talvez em algum momento possamos escolher outra modalidade que gostemos mais ou então ousemos com grandes intensidades; mas a princípio é fundamental ir devagar e prestar atenção aos sinais que o corpo nos dá.

Aparicio Garca-Molina, V. A., Carbonell-Baeza, A., & Delgado-Fernández, M. (2010). Beneficios de la actividad física en personas mayores. Revista Internacional de Medicina y Ciencias de La Actividad Fisica y Del Deporte. https://doi.org/ISSN: 1577-0354