Você sabia que um cochilo traz benefícios para o desempenho esportivo?

26 de outubro de 2019
O cochilo pós almoço é algo típico em muitos países. Além de uma tradição, ela pode ser um ótimo hábito para melhorar o desempenho esportivo. Descubra mais sobre esse assunto!

Quando praticamos esportes, temos que prestar especial atenção ao descanso do corpo. Uma soneca pode desempenhar um papel fundamental no processo de descanso, e é por isso que, neste artigo, vamos listar os benefícios do cochilo para melhorar o desempenho no esporte.

Um cochilo ajuda a melhorar o desempenho?

Na Espanha e na América Latina todos sabem o que é a siesta, um hábito que, nos últimos tempos, está se espalhando para cada vez mais países.

Trata-se de um pequeno período de sono, geralmente depois do almoço, que é usado para recuperar as forças para o restante do dia. Além disso, esse cochilo pode ser útil para melhorar o nosso desempenho cognitivo nas últimas horas do dia.

Para entender porque esse cochilo é feito no meio da tarde, é necessário compreender que, nos países do sul da Europa e da América Latina, é comum fazer as refeições mais pesadas no meio do dia.

Em lugares como a Alemanha ou o Reino Unido, acontece o contrário: as refeições pesadas geralmente são feitas no começo do dia.

Além disso, muitas vezes essas refeições pesadas coincidem com as horas de maior calor. Isso, juntamente com certos fatores fisiológicos, explica porque sentimos a necessidade de dormir depois de comer.

Fisiologia do cochilo pós almoço

Embora a soneca pós almoço pareça algo apenas tradicional, na verdade existem várias razões fisiológicas pelas quais um cochilo traz muitos benefícios importantes para o corpo:

  • Após as refeições pesadas, há uma redistribuição do sangue do sistema nervoso para o sistema digestivo, a fim de ajudar na digestão e na absorção dos nutrientes ingeridos. Esse menor fluxo sanguíneo no sistema nervoso contribui para que surja a sonolência.
Fisiologia da sesta

  • Quando fazemos refeições com alto teor de carboidratos, os níveis de glicose no sangue aumentam. Para evitar a hiperglicemia, o pâncreas gera a insulina, que é capaz de introduzir a glicose nas células dos vasos sanguíneos. Esse pico de insulina também pode causar sonolência.
  • A todas essas situações acrescenta-se o fato de que, em uma grande porcentagem dos postos de trabalho, grande parte do dia de trabalho já passou. Um tempo de sono nos ajuda a ter uma energia extra para o restante do dia.

Benefícios do cochilo para melhorar o desempenho

Aumento na intensidade do treino

Tirar uma soneca com duração entre quinze minutos e uma hora pode nos ajudar a melhorar o nosso desempenho físico, independentemente do esporte praticado.

O descanso proporcionado nos ajuda a ter mais energia durante o restante do dia, como já dissemos. Isso nos permitirá fazer treinos de maior volume e intensidade. Podemos aumentar esse efeito tomando uma xícara de café antes do treino.

Hipertrofia e desenvolvimento da força

Fazer treinos mais intensos oferece vários benefícios, mas eles são especialmente notáveis para os exercícios de força. Nesses casos, o aumento da intensidade do treino resulta em um aumento da força e da hipertrofia.

Aumento da secreção hormonal

Em geral, esse aumento de intensidade produz uma maior secreção do hormônio do crescimento – um dos mais relacionados ao desempenho físico. Ao mesmo tempo, também ocorre uma melhora nos níveis de cortisol e um aumento da testosterona.

mais descanso, menos lesões

É importante destacar que o hormônio do crescimento também é secretado durante as horas de sono, de tal forma que esse efeito fica ainda mais acentuado.

Mais descanso, menos lesões

Se optarmos por um cochilo com cerca de uma hora de duração, estaremos deixando o corpo descansar. Isso é muito importante caso não tenhamos dormido por seis ou oito horas durante a noite. O descanso adequado está relacionado com uma melhor recuperação muscular e articular e, portanto, com um menor risco de lesão.

No entanto, não é muito recomendável exceder uma hora de sono. Isso nos faria entrar em um sono profundo e acordaríamos atordoados, o que poderia até mesmo ser prejudicial para a intensidade dos treinos.

  • Mah CD, Mah KE, Kezirian EJ, Dement WC. The effects of sleep extension on the athletic performance of collegiate basketball players. Sleep [Internet]. 2011 Jul 1 [cited 2019 Jul 14];34(7):943–50. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/21731144
  • Blanchfield AW, Lewis-Jones TM, Wignall JR, Roberts JB, Oliver SJ. The influence of an afternoon nap on the endurance performance of trained runners. Eur J Sport Sci [Internet]. 2018 Oct 21 [cited 2019 Jul 14];18(9):1177–84. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29851569
  • Suppiah HT, Low CY, Choong G, Chia M. Effects of a Short Daytime Nap on Shooting and Sprint Performance in High-Level Adolescent Athletes. Int J Sports Physiol Perform [Internet]. 2019 Jan 12 [cited 2019 Jul 14];14(1):76–82. Available from: http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/29893599