O remo com barra, exercício para os membros superiores

19 de abril de 2019
Sem dúvidas é um dos exercícios clássicos da academia: o remo com barra nos ajuda a exercitar a parte superior das costas, braços e glúteos. Com ele podemos definir completamente esses músculos, mas ele também é difícil de executar

Este exercício muito popular na academia tem uma técnica, que, naturalmente, deve ser perfeitamente cumprida para evitar lesões ou resultados inferiores aos esperados. Ainda que existam diferentes variáveis ​​do remo com barra, recomendamos que você comece com o básico ou tradicional. Nós te contamos todas as opções neste artigo!

O que é remar com barra e que músculos envolve?

Antes de começar, você deve saber que remar com uma barra é um exercício difícil, mas isso não significa que você não pode fazer. Você só tem que ter em mente que ele não é para iniciantes na academia e não deve ser realizado sem aconselhamento prévio.

De modo geral, os especialistas em fitness indicam que é mais complicado do que a remada apoiada no banco, mas mais simples do que os agachamentos ou levantamento terra.

Por isso, em vez de se sentir ansioso ou decepcionado, você deve saber que se você pode levantar determinado peso com este exercício, isso significa que a sua força está ótima! Além disso você pode acompanhar a evolução do peso que levanta – essa é uma boa maneira de medir suas conquistas e progressos.

O que é remar com barra e que músculos envolve?

Precisamos compreender claramente como fazer o exercício para evitar lesões.

Sem dúvidas, o remo com barra é um exercício muito bom para exercitar a parte superior das costas, pois nos permite fortalecê-la e depois ter a capacidade de realizar exercícios mais complicados.

Por sua vez, os braços aumentarão sua força e ficarão mais definidos se você praticar corretamente. Quando você levanta uma certa quantidade de peso com este exercício, terá a possibilidade de aumentar as cargas no resto.

Além disso, também trabalhamos os músculos abdominais, já que durante o exercício a barriga fica tensionada. Por isso é ideal para quem quer um abdômen definido mas odeia os exercícios necessários para conseguir isso!

Por outro lado, os músculos femorais e do glúteo também são reforçados devido à contração e força que fazem ao nos ancorar no solo.

Como fazer o remo com barra?

Antes de tudo, preste muita atenção aos passos que você deve seguir para executar corretamente o exercício. O remo com barra é realizado de pé com as pernas afastadas na largura do quadril com os dedos do pé levemente virados para os lados, assim como os joelhos.

Depois, coloque a barra com os pesos apropriados perto do músculo tibial. Para pegá-la, você deve escolher a pegada pronada. Por quê? Porque desta forma você vai apertar mais a barra e mais músculos estarão envolvidos.

Nesse sentido, a largura da pegada deve ficar mais fechada do que em um levantamento convencional e mais aberta do que em um levantamento terra. Isso porque uma pegada mais aberta reduz a amplitude de movimento e provoca uma inclinação dos braços.

Em seguida, leve o tronco para a frente ao mesmo tempo em que dobra ligeiramente os joelhos. A partir desse momento, os glúteos devem ficar para trás durante a execução. Pegue a barra com os braços esticados na frente do corpo, paralelos às pernas e acima do peitoral.

Depois, sem alterar a posição das costas (paralela ao chão), dobre os cotovelos e leve-os para trás para que ultrapassem a linha da coluna. Mas cuidado, eles não devem ficar muito abertos e separados do torso – nesse caso você estará forçando muito (assim como os pulsos).

Como fazer o remo com barra?

Após manter o movimento por alguns segundos, desça lentamente até que os braços estejam totalmente esticados e a barra esteja bem próxima aos pés.

Dicas para fazer remo com barra

Sem dúvidas uma das perguntas mais comuns sore a execução deste exercício é quando respirar, porque a posição do tronco não permite uma inspiração muito profunda. Recomendamos que você respire antes da posição inicial.

Outra questão que devemos considerar é o quão longe a barra deve ser transportada: simplesmente até o mesmo lugar onde ela é apoiada quando começamos.

Assim, levar até o peito requer uma maior estabilidade nas costas inferiores. Fazer o remo até a altura da barriga irá transferir o esforço para a parte superior e média das costas. Tudo depende do que você quer exercitar!