Músculo psoas: como exercitar essa região

· 21 de maio de 2019
O músculo psoas é um dos mais negligenciados nas academias. No entanto, exercitá-lo também é importante para o bom funcionamento do corpo. Nós vamos te contar que exercícios você pode fazer para fortalecê-lo.

O músculo psoas é o músculo abdominal mais profundo. Além disso, talvez seja o estabilizador mais importante para as costas. Infelizmente, nem sempre é fácil exercitá-lo e nem todos sabem como treiná-lo. Neste artigo, vamos descobrir como exercitá-lo de forma eficaz. Então, fique atento e pratique esses exercícios o mais rápido possível!

Na verdade, o psoas atravessa a articulação dos quadris desde a espinha dorsal até a parte interna da coxa. Trata-se de um dos estabilizadores mais importantes das costas e dos flexores dos quadris.

Além disso, é também o único músculo que liga a coluna vertebral e as pernas entre si. Portanto, ele é incrivelmente importante para todas as formas de movimento.

O músculo psoas é responsável por nos manter numa posição vertical de caminhada. Dessa forma, ele permite o movimento da lombar e a rotação na articulação dos quadris. Além disso, a importância desse músculo se estende ao sistema nervoso central. Ele é, portanto, crucial para o bem-estar geral de qualquer indivíduo.

Neste sentido, o psoas desempenha um papel importante na boa execução de muitos exercícios. Os flexores do quadril podem ser cada vez mais importantes na sua vida se você precisar realizar alguns movimentos específicos. Atividades com agachamentos, ciclismo ou alguns exercícios de musculação, por exemplo.

Músculo psoas.
image: upsocl.com

Os melhores exercícios para trabalhar o músculo psoas

A seguir, mostramos uma lista de alguns exercícios para trabalhar o músculo psoas. Portanto, tome nota e inclua-os no treinamento!

1. Elevação das pernas deitado

Comece a desenvolver força no músculo psoas com a elevação da perna deitado. Para isso, você deve se deitar no chão, com as pernas esticadas para cima. Depois, levante uma perna até ela ficar reta no ar.

Depois, faça-a descer, mas não a deixe tocar no chão antes de passar para a próxima repetição. Depois de terminar o exercício, mude de perna. Você também pode fazer o exercício levantando ambas as pernas ao mesmo tempo.

Abdominal com elevação de pernas.

2. Elevação de pernas na barra

Pendure-se com ambos os braços em uma barra que seja suficientemente alta para que seus pés não toquem o chão. Tente flexionar seus quadris e joelhos o mais rápido que puder e não vire nem balance. Você pode usar pesos no tornozelo para aumentar a dificuldade do exercício.

O músculo psoas se contrai durante o exercício para puxar os joelhos até o peito e controlar a velocidade do movimento. Portanto, recomendamos que você evite balançar as pernas se quiser aumentar o impulso na fase ascendente do exercício.

Elevação de pernas na barra.

3. Exercício de alongamento

Este terceiro exercício é muito útil para alongar o músculo psoas. De fato, é muito simples. A única instrução que você deve seguir é colocar o pé na borda de uma cadeira ou mesa, com o joelho ligeiramente dobrado.

Nessa posição, você deve fazer um ligeiro movimento de flexão do joelho para a frente, sem mover o pé e sem retirar o calcanhar do chão.

Agachamento.

4. Tesouras

Para realizar este exercício, você deve colocar as costas em cima de um tapete de exercícios com as pernas esticadas. Depois, coloque suas mãos embaixo dos quadris para proteger a coluna vertebral.

Enquanto mantém as pernas retas e elevadas, alterne as posições de ambas as pernas e mova-as simultaneamente, na forma de uma tesoura. Continue a mover as pernas para dentro e para fora até terminar 15 repetições.

5. Exercício de relaxamento do músculo psoas

O último exercício para trabalhar o músculo psoas é de relaxamento. Essa é uma das posições de descanso usadas no Pilates. É uma postura que ajuda a aliviar a fadiga, a tensão nos músculos das pernas, das costas e da pélvis.

Sendo assim, você deve se deitar de costas, dobrar os joelhos e separar os pés. Mantenha uma posição neutra, com o corpo relaxado. Recomendamos que você mantenha esta posição de 10 a 15 segundos.

Exercício ponte para trabalhar o músculo psoas.

Esperamos que os exercícios anteriores o ajudem a treinar o seu músculo psoas da forma correta. Não se esqueça de adicionar progressivamente resistência, durante um período de semanas e meses, para maximizar a força nessa área do corpo. O que você está esperando para começar?

  • Hu, H., Meijer, O. G., Van Dieën, J. H., Hodges, P. W., Bruijn, S. M., Strijers, R. L., … Xia, C. (2011). Is the psoas a hip flexor in the active straight leg raise? European Spine Journal20(5), 759–765. https://doi.org/10.1007/s00586-010-1508-5
  • Bogduk, N., Pearcy, M., & Hadfield, G. (1992). Anatomy and biomechanics of psoas major. Clinical Biomechanics7(2), 109–119. https://doi.org/10.1016/0268-0033(92)90024-X