Os músculos que nós costumamos esquecer de treinar na academia

· 12 de julho de 2018
Quem nunca abandonou um exercício na academia porque não gostou de fazê-lo que atire a primeira pedra. Além disso, provavelmente já caímos também na tentação de omitir um grupo muscular no nosso treino pois consideramos "desnecessário" trabalhá-lo.

Os exercícios para os músculos do peitoral, para o bíceps, abdominais e para as pernas não faltam em praticamente nenhuma série de musculação. Não obstante, há outros músculos que muitas vezes são “esquecidos”. Devemos reconhecer que todos nós temos preferências e deixamos alguns exercícios de lado. Você se identifica com esta lista de músculos que não costumamos treinar na academia?

Um corpo saudável e bem equilibrado tem a necessidade de manter todas as suas partes bem fortalecidas. Embora alguns músculos não tenham uma função estética, eles cumprem muitas outras funções. Por isso, é importante mantê-los saudáveis e resistentes.

Quais são os músculos que nós esquecemos de treinar na academia?

A seguir, nós ofereceremos uma lista de grupos musculares que mais costumamos omitir na hora de treinar. Se você reconhece que está cometendo esse erro com algum deles, ainda dá tempo de mudar essa situação!

  1. Adutores

Como nós já dissemos anteriormente, muitas pessoas já se conscientizaram de que treinar as pernas é tão importante quanto trabalhar os membros superiores. Entretanto, é necessário fazê-lo de maneira completa. Ou seja, isso implica incluir também os adutores.

Esse grupo muscular encontra-se na parte interna da coxa e tem a função de aproximar a perna no corpo. Além disso, ele trabalha nas mudanças de velocidade e de direção.

É possível trabalhá-lo por meio de exercícios como os agachamentos com pés abduzidos. Além disso, também existem alguns equipamentos específicos na academia que te permitirão exercitar os adutores com pesos.

Mulher fazendo cadeira adutora na academia

  1. Antebraços

Poucos esportistas têm consciência da importância de ter antebraços fortes e resistentes. Em muitos exercícios, especialmente naqueles de levantamento de peso, como o levantamento terra, os antebraços cumprem um papel essencial.

Além disso, na maioria dos exercícios de peitoral, bíceps, tríceps e ombros nós submetemos esses músculos, situados entre o cotovelo e o pulso, a grandes cargas.

Existem exercícios específicos para trabalhar os antebraços, como o curl de braços ou a flexão de pulso, seja para cima ou para baixo.

Você pode até mesmo fazer isso com uma simples toalha molhada em casa. Pegue as extremidades com cada mão e enrosque-as até que ela atinja a sua tensão máxima. Em seguida, fique nessa posição por alguns segundos e volte para a posição inicial.

  1. Sóleos e gêmeos

Voltemos às pernas. Ao treinar os membros inferiores, os glúteos, o quadríceps e os isquiotibiais – embora esses em menor medida – costumamos pensar só neles.

E os músculos inferiores? Os gêmeos se situam na parte posterior da perna, entre o joelho e o tornozelo. Já o sóleo está debaixo deles, unido ao tornozelo pelo tendão de Aquiles.

Alunos treinando panturrilha em uma aula fitness

Se você se quiser saber como exercitar esses músculos, é fácil: as elevações de calcanhares são muito eficazes para isso. Elas podem ser feitas com uma barra ou com um equipamento, sentado ou de pé. Você pode treiná-lo também correndo em sprint ou pulando corda.

  1. Trapézios

Os ombros e os dorsais costumam ser incluídos nas rotinas de musculação. No entanto, o mesmo não acontece com os trapézios, que são um exemplo claro dos músculos que nós nunca treinamos. Eles se encontram embaixo do pescoço e dos ombros e são muito importantes para prevenir lesões, dar estabilidade e ter costas fortes.

Na hora de treinar na academia, você encontrará uma variedade de exercícios para treinar os trapézios, entre eles se destacam:

  • Encolhimento de ombros
  • Elevações frontais com disco
  • Remada
  1. Lombar

Com o objetivo de ter um abdômen plano e bem definido, costumamos fazer sessões duras e extensivas de abdominais. Isso pode fazer com que nos esqueçamos dos músculos antagonistas que fazem parte desse grupo: a lombar.

Só de realizar algumas séries para as costas, após fazer os abdominais, muitos esportistas conseguem potencializar seus resultados. Essa é melhor maneira de manter a zona equilibrada. Dessa forma, impedimos lesões e evitamos o aparecimento de dores nas costas.

Mulher fazendo afundo lateral ao ar livre no sol

  1. Glúteos

Embora seja um treino comum para toda mulher, os exercícios para glúteos geralmente não estão presentes no treino dos homens. Isso é um grande erro. Isso porque é um grupo muscular muito relevante.

Em primeiro lugar, porque oferecem potência e estabilidade para as pernas durante os seus movimentos. Da mesma forma, não podemos ignorar que a sua importância está se tornando cada vez mais notável em termos de estética.

Você já sabe: da próxima vez que tentar fazer só abdominais ou peitoral, lembre-se também dos músculos que você nunca exercita ao treinar na academia.

É verdade que os resultados podem parecer invisíveis e sua aparência não mudará radicalmente. No entanto, a funcionalidade de seu corpo agradecerá muito a você.