4 posições de Yoga que quase ninguém faz e são muito benéficas

30 de março de 2019
Estas são algumas das posições de Yoga menos usadas mas que trazem grandes benefícios; complete sua rotina incluindo-as na sua prática.

Esta disciplina milenar tem muitos benefícios, no entanto, as aulas são geralmente bastante semelhantes e monótonas. Neste artigo vamos dizer quais são as melhores posições de Yoga que são pouco utilizadas, ainda que muito benéficas. Adicione-as ao seu treino!

Quais são as posições de Yoga mais benéficas e menos utilizadas?

Talvez você conheça as posições de Yoga mais comuns, como a montanha, o cachorro ou a cobra… Mas há muito mais! E todas elas nos oferecem benefícios. Então falaremos sobre algumas das menos usadas, mas que você deve adicionar à sua prática, especialmente se você faz Yoga em casa:

1. Postura da meia lua

Seu nome em sânscrito é Ardha Chandrasana e, embora não seja fácil, tem muitas vantagens que valem a pena: fortalece os tornozelos, as coxas, a coluna e o abdômen; melhora a coordenação e o equilíbrio; alivia o estresse e permite a digestão.

Posição de Yoga

Para fazer essa postura de meia lua, levante-se e pise de lado com a perna direita. Levante os braços na altura dos ombros. Gradualmente, incline o tronco para a esquerda e, ao mesmo tempo, retire a perna direita do chão, aproximando a mão esquerda do chão.

A ideia é que os dois pontos de apoio sejam o pé e a mão esquerda. A perna direita está alinhada com o corpo, o braço direito perpendicular ao chão e a cabeça voltada para o teto.

2. Torção em oração

Outra postura de Yoga que talvez não seja tão usada, mas que tem muitos benefícios. Qualquer um dos asanas de torção é ideal para melhorar a saúde da coluna e, ao mesmo tempo, realizar uma respiração mais consciente e profunda.

Postura de Yoga

O nome original é Parivrtta Parsvakonasana e para fazê-la você terá que apoiar os joelhos no chão. Em seguida, levante a perna direita e leve-a para a frente para apoiar a sola do pé. Os dedos do pé esquerdo também servirão de apoio.

Junte as duas mãos à frente do peito e deixe os cotovelos para fora. Agora é hora de fazer a torção em si: vire o tronco para a direita e descanse o cotovelo direito na coxa. A cabeça é apoiada pelas mãos e o cotovelo esquerdo ultrapassa a altura da cabeça.

3. Postura do barco

Navasana é o seu nome em sânscrito e, embora seja incluída em várias aulas, nem sempre está presente na prática da Yoga. Fortalece os músculos abdominais, quadris e costas, tonifica os braços, melhora a coordenação, atenção e concentração e facilita o bom funcionamento dos órgãos internos.

Posição de Yoga

Tem diferentes variáveis, mas a mais comum é feita da seguinte maneira: sente-se no colchonete com as costas retas e as pernas estendidas para a frente. Dobre ligeiramente os joelhos e apoie as solas dos pés. Levante o tronco pouco a pouco enquanto levanta as pernas.

Dos joelhos aos calcanhares, as pernas devem estar paralelas ao chão, assim como os braços, que estão na frente do corpo. A cabeça e o tronco estão em diagonal, assim como as coxas.

4. Postura da cadeira

Utkatasana é outra das posturas de Yoga que você deve experimentar, pois permite queimar gordura e calorias muito mais rápido que qualquer outra atividade física, ao mesmo tempo em que tonifica as pernas e os glúteos. Fortalece as costas, treina o equilíbrio e corrige os pés planos.

Para fazer a postura da cadeira, você tem que começar de pé, com as pernas juntas. Levante os braços e puxe-os sobre a cabeça com os dedos apontando para o céu. Dobre os joelhos levemente, traga seus glúteos para fora e ombros para trás. Jogue a cabeça para trás para olhar para o teto.

Entre as posições de Yoga estas quatro são muito benéficas e, ao mesmo tempo, desconhecidas. Não hesite em adicioná-las à sua prática.