Yoga para crianças: primeiros passos

20 de agosto de 2019
O Yoga para crianças é uma excelente atividade que pode ser praticada a partir dos 4 anos de idade e que tem muitos benefícios, tanto físicos quanto mentais e emocionais.

Fazer com que as crianças se sintam calmas por alguns minutos, com os olhos fechados e sem falar pode parecer algo impensável para os pais. No entanto, o Yoga para crianças tem essa capacidade, entre muitas outras. Neste artigo, vamos contar tudo o que você precisa saber sobre uma tendência cada vez mais difundida no Ocidente.

Yoga para crianças?

Sim, é isso mesmo que você está lendo. A partir dos 4 ou 5 anos de idade, as crianças já podem participar de uma aula de Yoga… E se divertirem muito! Além disso, essa prática tem muitos benefícios para ser deixada de lado. Certamente, ela também funciona para as crianças que não param quietas nem por um segundo.

Primeiramente, é bom saber quais são as vantagens do Yoga para crianças. Os pequenos que praticam essa atividade aumentam a sua confiança e têm maior capacidade de concentração.

Além disso, ficam ainda mais flexíveis – e essa flexibilidade é mantida na vida adulta, se continuarem com o exercício, desenvolvem mais força, tornam-se conscientes do seu corpo e sofrem menos estresse ou hiperatividade.

Ao mesmo tempo, o Yoga também permite que elas trabalhem o equilíbrio, estabeleçam uma conexão consigo mesmas, ativem a criatividade, compartilhem espaços com outras crianças e administrem as suas emoções, além de reconhecê-las.

Como se isso não bastasse, as aulas ainda vão regular as suas funções fisiológicas, tais como o sono ou o apetite, e fornecer as ferramentas para que as crianças se divirtam e se distraiam sem o uso excessivo da tecnologia.

O Yoga para crianças também ajuda para que as crianças fiquem mais relaxadas e possam tomar decisões melhores em diferentes situações do dia a dia. Ele até mesmo reduz a violência na escola e pode ser algo excelente para evitar alguns transtornos alimentares ou a falta de segurança pessoal.

Assim, a menos que o pediatra indique o contrário, o Yoga não é prejudicial para as crianças. Mas, caso a criança seja muito inquieta, talvez possa ser conveniente complementar as aulas com uma atividade aeróbica que permita liberar toda a energia.

Cada sessão de yoga para crianças pode durar entre 45 e 90 minutos

Em que as aulas consistem?

Alguns professores de Yoga indicam que as crianças podem começar as primeiras aulas a partir dos 4 ou 5 anos de idade, porém como se fosse uma brincadeira. Somente aos 7 ou 8 anos de idade é que as aulas farão mais sentido e elas poderão tirar maior proveito delas.

É recomendável que essa modalidade seja praticada duas vezes por semana. No entanto, uma sessão semanal é suficiente no início, para que elas conheçam a dinâmica e os exercícios.

Cada sessão pode durar entre 45 e 90 minutos. É aconselhável que os pais estejam presentes… E que também pratiquem o Yoga!

Isso fará com que a ligação entre eles seja ainda maior e que a criança não tenha vergonha de fazer algo desconhecido. Além disso, será excelente para o pai ou a mãe aproveitarem essa tranquilidade pelo menos durante um tempo.

As aulas de Yoga para crianças são muito divertidas porque elas tentam abordar essa modalidade através de jogos, músicas, instrumentos musicais e histórias. As crianças não aprendem exercícios de respiração conscientes porque elas ainda não estão preparadas para isso, mas certas posturas simples já são feitas.

O principal desafio da sessão é fazer com que as crianças mantenham a atenção no professor. Pode ser difícil que elas permaneçam calmas ou que repitam os movimentos explicados a princípio, mas com o passar das aulas elas se sentirão mais integradas, e vão até mesmo replicar o que aprenderam em casa ou na escola.

As aulas de Yoga para crianças não devem ser uma obrigação

Não é bom que você force o seu filho a praticar yoga. Na verdade, você deve dar a ele a chance de conhecer a atividade pouco a pouco. Para isso, é essencial que, como pais, estejamos comprometidos com a atividade, tanto durante a aula quanto em casa.

As aulas de yoga para crianças não devem ser uma obrigação

Se a criança vê a mãe fazendo Yoga ou meditando no quarto ou no jardim, é provável que ela fique curiosa, pergunte ou imite a mãe. O mesmo acontece na sala de aula!

Procure por uma escola de Yoga que tenha aulas para crianças e adultos simultaneamente, mas principalmente onde as sessões sejam divertidas e atraentes para a criança. Se isso não acontecer, você sempre poderá encontrar outro lugar ou outro professor.

Finalmente, além de ensinar através do exemplo, seria bom incentivar a tranquilidade, o relaxamento e a calma em casa. Não adianta ir para a aula de Yoga com os seus filhos se, ao voltar para casa, só houver caos e estresse. Busque a paz para melhorar a qualidade de vida de todos!

  • McGonigal, K. (2006). Yoga for kids. IDEA Fitness Journal.