Os 8 maiores benefícios de fazer atividades físicas em casal

· 3 de março de 2019
Algumas pessoas consideram isso uma distração, mas o que é certo é que fazer atividades físicas em casal pode ser uma motivação extra e uma das razões para treinar; descubra todas as vantagens de se exercitar em casal a seguir

Treinar com uma companhia torna tudo mais fácil, principalmente se estiver difícil se acostumar com o treinamento esportivo. Se essa companhia for o parceiro, melhor ainda. Particularmente, fazer atividades físicas em casal traz um plus tanto para a atividade quanto para o casal.

Quais são os benefícios de fazer atividades físicas em casal?

Foi completamente comprovado que a atividade física beneficia o corpo; tanto física quanto mentalmente. A melhor parte é que, ao fazer atividades físicas em casal, esses benefícios aumentam.

Impulso mútuo

Se as duas pessoas do casal estão dispostas a encarar a atividade física em casal, elas então vão se encorajar mutuamente para não desistir. Haverá dias em que um dos dois chegará cansado e sem vontade de fazer atividade física, e nesse momento terá a influência do outro.

A grande vantagem desse treinamento em casal é que juntos eles serão motivados a continuar, avançar e vão apoiar um ao outro. Portanto, isso se torna um fator de motivação extra que às vezes não se consegue sozinho.

Casal correndo

O tempo compartilhado aumenta

Há casais que, por motivo de trabalho, compartilham poucas atividades relaxadas e descontraídas. Se cada um treinar por conta própria, esses momentos compartilhados são reduzidos ainda mais; assim, o esporte em casal permite aproveitar esse tempo de qualidade em comum.

Frequentemente, o tempo compartilhado em casa é dedicado à rotina ou às crianças; por isso, é muito positivo sair e fazer atividade física, porque isso coloca o casal em um novo cenário no qual não há obrigações de nenhum dos dois.

Além disso, é uma boa razão diária para sair da rotina, ao mesmo tempo em que se cuida da saúde.

Metas em comum

Não apenas o tempo compartilhado na atividade em si é benéfico; o planejamento das atividades físicas em casal implica pensar na outra pessoa. Cada um contribui assim com suas ideias para organizar atividades em comum, que não são as habituais da casa e da família.

A partir do momento em que o casal começa a conversar sobre fazer atividades físicas juntos, surge uma luz que quebra a rotina. Isso implica pensar de uma nova maneira sobre um ‘nós’ que não é a de sempre, e igualmente supõe atender um ao outro como parte do casal.

Em suma, trata-se de compartilhar e, portanto, ceder em algo para então ganhar em outro aspecto. A escolha da atividade, o horário, a intensidade e o lugar irá fortalecer a união.

Conhecimento de novas facetas

Ao fazer atividades físicas em casal, as duas pessoas descobrem os pontos fortes e fracos de seu parceiro que não conheciam. É possível que até admirem um ao outro pelo empenho e esforço colocados em jogo. Sem dúvida, a atividade esportiva mostra uma perspectiva da pessoa que não se manifesta em outras tarefas.

Casal treinando junto

Fortalece os vínculos

Quando o treinamento é compartilhado em casal, sempre surgem novos tópicos de conversa; por exemplo, amizades em comum e todo um cenário compartilhado que é saudável para a vida social. Além dos amigos de cada um, vão surgir amigos das novas atividades e assim as relações serão renovadas.

Melhora as relações sexuais

A atividade física em si faz as pessoas se sentirem mais atraentes. Esta condição também é satisfeita quando se frequenta a academia em casal. As roupas, os movimentos e a cumplicidade vão manter o desejo sexual vivo.

Incentiva novas experiências esportivas

Nesse tipo de simbiose que é criada quando se pratica atividades físicas em casal, o estímulo de ambos vai promover a variedade de esportes a serem praticados. Ambos vão se sentir motivados a assumir novos desafios e, da mesma forma, vão se apoiar nessas tentativas.

Adeus à rivalidade

A atividade física em casal exige que ambos os membros se sintam em pé de igualdade. Não importa que um vá melhor que o outro na atividade física; na academia, os dois devem sentir iguais.

Certamente, haverá alguma parte do treinamento em que um tenha mais habilidade que o outro. Desta forma, a relação é equilibrada e compensada.

Portanto, será uma perspectiva muito saudável; especialmente para os casais que são competitivos em casa, em que cada um tenta mostrar que é melhor que o outro. É essencial trabalhar em harmonia.

A bicicleta, a corrida, a escalada, o Yoga e, em geral, qualquer outra atividade esportiva pode ser encarada em casal. O importante é que ela seja do agrado de ambos e que assim os dois aproveitem.

Grindrod, D., Paton, C. D., Knez, W. L., & O’Brien, B. J. (2006). Six minute walk distance is greater when performed in a group than alone. British journal of sports medicine, 40(10), 876-877.
Carron, A. V., Hausenblas, H. A., & Mack, D. (1996). Social influence and exercise: A meta-analysis. Journal of Sport and Exercise Psychology, 18(1), 1-16.