Como dominar a mente para melhorar seu corpo

· 8 de janeiro de 2019
No esporte, como em qualquer outra parte da nossa vida, a mente desempenha um papel decisivo, e é por isso que devemos aprender a controlá-la para concentrar todo o seu poder em alcançar os objetivos desejados.

O poder da mente sobre o corpo é um assunto que sempre foi discutido. Muitos estão convencidos de que tudo o que é firmemente proposto a partir do pensamento torna-se possível. Para outros, trata-se de um campo próximo à ficção científica. Será que precisamos dominar nossa mente para alcançar um objetivo?

A existência dessa diversidade de opiniões acaba legitimando diferentes noções. Afinal, todo mundo é livre (em teoria) para acreditar no que quiser. Assim, concordar ou discordar com a premissa deste artigo dependerá do corpo de ideias preconcebidas que cada um possua e de suas crenças.

Acreditar ou não acreditar: esse é o dilema

Em que acreditar? Esta é talvez a pergunta mais adequada. Tenho que dominar a mente ou posso lutar contra ela? A maneira como uma pessoa se comporta está fortemente relacionada a sua estrutura de crenças. Um aspecto que molda a maneira como você percebe o ambiente e a visão que tem de si mesmo.

Professor passando treino para a aluna

Esse mesmo grupo de ideias é o que acabará aprovando ou rejeitando o papel que a mente tem sobre o corpo. Mas também definirá o sucesso e o fracasso. Conceitos que, por mais generalizados que sejam, acabam sempre sendo percebidos de maneira subjetiva.

O que para alguns pode ser a conquista mais importante, para outros, pode ser algo banal.

Saúde mental e física

Perder alguns quilos a mais, ter um corpo que desperte inveja e comer sem engordar. São três dos muitos desejos que aparecem com frequência nas listas de desejos em relação ao estado físico. Três aspirações que, num grande número de casos, acabam não sendo atendidas.

Para justificar essas ‘falhas’, os argumentos mais comuns estão frequentemente relacionados a situações aparentemente incontroláveis. Começando com o quão difícil é encontrar tempo para se exercitar por causa das complicações da vida moderna.

Por outro lado, é evidente que é impossível manter uma dieta equilibrada com o constante bombardeamento de produtos tóxicos mas muito saborosos que estão disponíveis no mercado.

Também é comum ouvir frases como: “você deve fazer sua parte”. O que significa isto? Uma maneira rápida de explicar isso é que você tem que acreditar que isso pode ser alcançado.

A mente deve estar completamente convencida de que os objetivos propostos são perfeitamente alcançáveis. Caso contrário, será uma tarefa difícil e a missão será impossível de alcançar. Ou seja, você deve dominar sua mente.

Menina medindo a barriga com uma fita métrica de biquini

Efeitos placebo e nocebo

Para aprofundar essas questões, muitos especialistas estudam o efeito placebo. Bem como o seu lado negativo, o nocebo. Até recentemente, tudo o que fazia parte de uma dessas categorias (especialmente da primeira), era geralmente mal visto. Eles foram simplesmente concebidos como um truque estéril ou uma fraude.

Mas hoje em dia, embora o placebo ainda seja considerado um truque, os preconceitos que antes existiam foram deixados de lado. Pessoas que melhoraram das suas doenças apenas porque acreditaram que estavam recebendo o tratamento adequado existem. Elas conseguiram dominar a mente.

A resposta como isso acontece é óbvia: o grande poder da mente. Aqueles que serviram de “cobaias” estavam convencidos de que estavam recebendo os remédios que precisavam para melhorar seu estado de saúde. A partir daí, o corpo agiu de acordo.

Dominar a mente e o estado físico

Os princípios usados ​​com o efeito placebo podem ser aplicados na avaliação do sucesso ou fracasso dos exercícios. Principalmente quando se trata de indivíduos que buscam objetivos como reduzir o valor indicado na balança.

Para que a atividade física seja frutífera, a pessoa envolvida deve estar absolutamente convencida de que seu esforço lhe dará exatamente os benefícios que está procurando, sem que o trabalho na academia ou as horas de caminhada no parque sejam um sofrimento.

Isso também acontece com os alimentos que são levados para a mesa. Dietas que envolvem passar fome ou apenas comer alimentos com sabores desagradáveis ​​estão condenadas ao fracasso. Tudo o que é percebido como um sacrifício insuperável gera estresse. Um fator que acaba sabotando qualquer propósito.

Menina infeliz comendo vegetais

Não é a lei da atração

Não é esoterismo, nem ficção científica, mas envolve visualização e meditação. A concentração é outro conceito essencial para colocar a mente para trabalhar em busca de objetivos concretos. Sempre de maneira racional e realista, sem cair em otimismo ilusório.

Vamos dominar a mente e trabalhar em paz para alcançar resultados?