Você sabe em que consiste o aparelho de bioimpedância?

· 27 de setembro de 2018
Trata-se de uma técnica usada para calcular a porcentagem de gordura corporal com base nas propriedades elétricas dos tecidos biológicos.

Uma das coisas que mais preocupam os esportistas é a porcentagem de gordura corporal que possuem. Embora haja diversas formas para medi-la, a mais segura e exata é através da balança de bioimpedância.

Você sabe do que se trata? Não se preocupe, nós contamos para você!

O que é a bioimpedância?

De acordo com a reação de tecidos biológico a uma corrente elétrica que é gerada no instrumento, é possível determinar qual é a porcentagem da gordura no corpo.

Como ele consegue fazer isso? Então, sabe-se que os tecidos sem gordura têm uma facilidade maior de permitir que a corrente passe através deles.

Enquanto que os tecidos com mais gordura criam uma resistência maior a ela. Assim, baseando-se nisso, cria-se uma estimativa da água existente no corpo e, consequentemente, da gordura.

Mulher medindo gordura abdominal

Para que o aparelho funcione, é preciso introduzir alguns dados, como a idade, o sexo e o peso. Desse modo, será mais fácil determinar quanto tempo a corrente demorou para passar através do corpo. A margem do erro é de 3 a 5%.

“Eu aprendi que a luta não é contra o outro, mas contra si mesmo. Que a vida continua mesmo quando a gente perde, que nada cai do céu, que as coisas exigem esforço. Eu aprendi a disciplina e a capacidade de saber esperar praticando esportes.”

– Autor desconhecido –

Esse aparelho, além de ser usado para descobrir a sua gordura corporal, irá te ajudar a baixar de peso. Isso porque determinará quanta gordura você já perdeu. É, sem dúvida, um dos métodos mais confiáveis na hora de medir resultados.

O que devemos saber antes de usar uma balança de bioimpedância

Assim como temos que levar em conta vários fatores antes de nos pesar em uma balança normal, na de bioimpedância acontece a mesma coisa. Alguns fatores a serem considerados são:

  • Não fazer exercício físico pelo menos 24 horas antes do exame. Você deve estar se perguntando o porquê. A resposta é muito simples: quando fazemos exercício os músculos são exercitados e eles podem inchar, criando um resultado enganoso. A corrente passaria com mais facilidade por ter mais músculo, mas na verdade o corpo desincha após alguns dias de exercício.
  • Esvaziar a bexiga. Esse é um outro ponto que deve ser considerado porque uma bexiga cheia adiciona mais água ao organismo. Isso também pode colaborar para criar um resultado falso.
  • Não se deve ingerir bebidas que contenham cafeína, chá ou diuréticos antes de se pesar.
  • Não se pese se estiver menstruando. A menstruação causa muitas mudanças hormonais no corpo da mulher. Pode ser que você inche, tenha retenção de líquidos ou acontecer outras coisas que também podem fazer com que o resultado de bioimpedância não seja exato e preciso.
pessoa medindo gordura abdominal

  • Retire todos os objetos de metal. Assim como acontece quando vamos fazer uma ressonância magnética, devemos tirar todos os acessórios metálicos, como brincos, pulseiras, piercings, entre outros. Se você estiver usando alguma coisa, poderá fazer com que a corrente se estenda mais do que o necessário.

 A bioimpedância é um método confiável?

Embora o cálculo do índice de gordura corporal através da bioimpedância seja bastante confiável, existe um método ainda melhor. Ele é conhecido como adipômetro.

O adipômetro consiste em determinar a espessura da gordura sob a primeira camada de pele e, assim, determinar a quantidade de gordura corporal da pessoa.

Esse é um dos melhores métodos, mas ele deve ser sempre realizado por um profissional. Por outro lado, como podemos ter em casa uma balança de bioimpedância essa pode ser uma escolha mais simples.

Portanto, como você pode ver, é fácil medir o índice de gordura corporal do seu corpo graças ao método da bioimpedância. Então, você toparia prová-lo?