O adiamento dos Jogos Olímpicos por causa do coronavírus

25 de março de 2020
Temos muito o que falar sobre o anúncio da suspensão de Tóquio 2020. Quais as consequências dessa decisão? Isso já aconteceu antes?

No meio da crise sanitária mundial causada pela pandemia do coronavírus, os esportistas de todos os países receberam essa terça-feira uma notícia que até então gerava dúvidas: os Jogos Olímpicos de 2020 foram suspensos por causa do coronavírus.

Segundo o comunicado do Comitê Olímpico Internacional, eles serão realizados em 2021. Ainda que a novidade tenha causado alvoroço no cenário internacional, era algo esperável, devido à situação angustiante que muitos países estão vivendo nesse momento.

Além disso, o COVID-19 já havia causado a suspensão de todo tipo de evento esportivo. Para além da suspensão de quase todas as ligas esportivas do mundo, a pandemia também obrigou alguns grandes eventos de futebol, como a Eurocopa e a Copa América, a mudarem suas datas para o ano que vem.

Por isso, o adiamento dos Jogos Olímpicos por causa do coronavírus era só uma questão de tempo, ainda que poucos dias atrás o próprio COI tivesse desmentido essa possibilidade.

O motivo da suspensão dos Jogos Olímpicos

Em primeiro lugar, há um fundamento inegável que tem relação com a saúde dos esportistas, organizadores e outros membros das equipes. Além disso, esperava-se a presença de aproximadamente 90 000 000 de pessoas durante a realização dos Jogos Olímpicos de Tóquio em 2020.

Uma aglomeração desse nível – incluindo muitos turistas provenientes de países considerados de alto risco – seria pouco segura, ainda que não saibamos qual será a situação no final de julho, quando o evento ia acontecer.

Mais em Home
Veja a galeria (5)

Por outro lado, também devemos pensar em todas as pessoas que tinham se planejado para ir aos jogos e cancelaram os planos.

A preocupação – bastante lógica – de que muitas pessoas fizessem isso ao longo dos próximos meses gerou um forte impacto nas expectativas em relação ao evento, tanto no que diz respeito aos organizadores quanto a todas as companhias prestadoras de serviços e ao setor de turismo.

E os atletas?

Talvez a questão mais importante que ainda não comentamos profundamente é o panorama esportivo. Antes de mais nada, é necessário considerar que aproximadamente 30% dos esportistas que participariam dos Jogos Olímpicos ainda não tinham sido definidos.

Anéis dos Jogos Olímpicos

Isso quer dizer que algumas competições classificatórias ainda estavam pendentes. Quando elas iam acontecer? Em que condições físicas e psicológicas esses esportistas chegariam aos Jogos Olímpicos dado todo o contexto mundial causado pelo coronavírus?

Mais em Home

Há ainda uma outra questão: enquanto alguns países começam agora o seu período de isolamento obrigatório definido pelo Estado, alguns outros, como a Itália e a Espanha, já estão lidando com isso faz semanas.

Nesse contexto, por mais que todos os esportistas pudessem fazer alguns treinos em casa, é claro que na hora que as competições retornassem – isso se elas de fato fossem retomadas a tempo – muitos estariam com uma condição física longe do seu ideal.

Jogos Olímpicos 2020: consequências do adiamento pelo coronavírus

Do ponto de vista econômico – e esse é um ponto muito importante no que diz respeito ao evento – as consequências da suspensão serão muito importantes. Sem ir muito longe, podemos ter uma ideia do dinheiro investido.

O Japão investiu aproximadamente 12 300 milhões de dólares para concretizar todas as obras destinadas à competição. E muitos especulam que esse número possa ser ainda maior.

A isso, devemos somar o investimento dos canais televisivos que transmitiriam a competição, os serviços vendidos por empresas de diferentes ramos e o contratos publicitários.

Todas essas questões deverão ser renegociadas dentro dos próximos 12 meses, em um contexto de uma economia fortemente abatida pela pandemia do coronavírus.

Do ponto de vista dos atletas, haverá aqueles que serão beneficiados pela medida, principalmente os esportistas que não poderiam participar de Tóquio 2020 por causa de lesões.

Por outro lado, no que diz respeito aos torneios determinados por idade – como é o caso do sub23 – alguns esportistas, em teoria, não poderão competir. Ou será que serão abertas exceções para esses casos?

Homem em prova de ciclismo

Outro Jogos Olímpicos suspensos

Esta é realmente uma situação inédita em muitos aspectos. No que diz respeito ao mundo do esporte, é a primeira vez que uma crise de saúde obriga os organizadores a suspender os Jogos Olímpicos.

O evento máximo do esporte de todo o mundo já havia tido edições canceladas. Não obstante, os motivos sempre foram relacionados a guerras. Os Jogos Olímpicos de Berlim em 1916, de Tóquio em 1940 e de Londres em 1944 foram suspensos por causa de guerras mundiais.

No que diz respeito aos Jogos de Inverno, a mesma coisa aconteceu com as edições de Sapporo em 1940 e Cortina em 1944.

Conclusão

Em síntese, o comunicado do COI em conjunto com a Organização Mundial de Saúde confirmou o que muitos já suspeitavam, e que sem dúvidas ficará marcado para a história como uma circunstância única nas olimpíadas.

Está claro que, no momento, a questão primordial é cuidar da saúde das pessoas em todo o mundo, e por isso medidas como esta foram tomadas, ainda que seja difícil para os amantes dos esportes. A espera pelos Jogos Olímpicos de 2020 será apenas esticada um pouco mais.