O tênis através dos olhos de Marin Cilic

· 31 de dezembro de 2018
Com apenas 15 anos o tenista croata abandonou sua cidade natal para se mudar para San Remo, assessorado por outro croata, Goran Ivanisevic, nessa cidade ele cresceu como jogador treinando sob os olhares de Bob Brett, ex treinador de seu compatriota Ivanisevic e de Boris Becker, entre outros tenistas

Marin Cilic é um tenista profissional croata nascido na Bosnia-Herzegovina no dia 28 de setembro de 1988. Durante sua carreira júnior ele já havia sido um jogador de destaque, no qual ele ganhou o Aberto dos Estados Unidos.

Ele também chegou a ser o número dois do mundo em 2005. E ele é o único tenista menor de 30 anos com mais de 400 vitórias no circuito ATP.

Assim é o jogo desse croata

O tenista Marin Cilic tem um estilo de jogo muito direto, que se destaca principalmente por seu excelente e potente serviço, graças a uma altura de 1,98 metros. Apesar de ser um jogador tão alto, a agilidade não é um problema para ele, já que tem uma mobilidade admirável dentro do jogo.

Marin Cilic jogando em quadra

Frequentemente ele é comparado com o argentino Juan Martín del Potro, devido a seu estilo de jogo semelhante, assim como suas características físicas e a idade parecida de ambos os jogadores.

No ano de 2014 ele ganhou o título do Aberto dos Estados Unidos, depois de vencer jogadores de altíssimo nível como foi com Tomas Berdych nas quartas de final, Roger Federer nas semifinais e o japonês Kei Nishikori na final por triplo 6-3.

Três anos depois, Marin Cilic chegou na final de Wimbledon, mas dessa vez não teve a mesma sorte contra o oito vezes campeão do torneio e melhor jogador da quadra de grama: Roger Federer.

Apesar dessa derrota na final de Wimbledon, o croata sempre se deu melhor na quadra de grama do que em qualquer outra superfície. E ele mesmo já explicou o motivo disso:

“A grama encaixa com perfeição com o meu estilo. Lá do fundo da quadra eu posso sacar bolas muito planas tanto de direita quanto de esquerda, também tenho um bom timing e sempre posso usar a velocidade da quadra para que ela me ajude ainda mais na potência das minhas jogadas”

“Também é uma superfície ideal para o meu saque, porque eu consigo sentir mais a bola. Possivelmente o que não me ajuda tanto nessa superfície é o movimento, mas você consegue se ajustar a isso e creio que eu fui melhorando com o passar dos anos. Se tivesse jogado mais durante a temporada, eu diria que é a minha quadra favorita”

-Marin Cilic-

O tênis através dos olhos de Marin Cilic

O croata também já demonstrou a sua admiração por dois dos maiores tenistas, Roger Federer e Rafael Nadal. Ele diz que deseja algum dia chegar ao mesmo nível de ambos.

Do que são feitas as bolas de tênis?

“Você pode perceber como a cada ano eles seguem melhorando e mudando sua técnica, mas o que mais me surpreende é sua capacidade de adaptação a todo tipo de situação, e a paixão que transmitem pelo seu jogo”

-Marin Cilic-

Marin Cilic expressou diversas vezes seu desejo de mudar certas regras do tênis, como por exemplo o tempo entre pontos, mas nesse ponto ele defende o oposto dos pensamentos do espanhol Rafael Nadal.

“Se os pontos são longos e a partida vai para cinco sets, isso é parte do jogo e o mais forte ganhará”

-Marin Cilic-

No entanto, nem todas as suas ideias são contraditórias com as de Rafael Nadal. Os dois estão de acordo – como a maioria dos tenistas – em aplicar a tecnologia para decisões mais acertadas quanto à pontuação. Estamos falando dos olhos de falcão. Muitos consideram essa técnica um grande avanço dentro do mundo do tênis.

Definitivamente, Marin Cilic é um grande jogador que sempre esteve sob a sombra dos melhores. Isso porque ele é um tenista muito talentoso, mas também muito irregular. E por isso ele é visto por muitos como um intruso quando falamos do Grand Slam.