Quem é o melhor piloto da história do MotoGP?

26 de janeiro de 2019
Revisaremos as corridas daqueles que pelos números são considerados os melhores pilotos da história da classe A do motociclismo a seguir

Hoje estamos diante de uma questão que é difícil de responder e que certamente cria um debate entre os amantes da categoria superior do motociclismo: quem é o melhor piloto de MotoGP da história?

Fazendo uma retrospectiva ao longo dos 69 anos de história do campeonato mundial de motociclismo, popularmente conhecido como MotoGP, destacam-se uma série de pilotos: Valentino Rossi, Angel Nieto, Giacomo Agostini, Jorge Lorenzo, John Surtees, Marc Márquez ou Mick Doohan.

Já fizemos a primeira pré-seleção, embora com certeza muitos dos seguidores já tenham sentido falta de alguns nomes. Das centenas de pilotos que passaram pelo grid de largada da MotoGP, só temos sete. Não está nada mau… mas teremos que continuar eliminando para chegar a uma resposta.

Quem é o melhor piloto do MotoGP de todos os tempos?

John Surtees

Ele é considerado um dos pioneiros do mundo do motociclismo. Dominador absoluto da primeira década, é também o único campeão de motociclismo e Fórmula 1. Ele morreu em 2017 aos 83 anos.

Nas temporadas de 1958, 1959 e 1960, foi campeão das categorias de 500 cc e 350 cc, já que competia em ambas. Piloto versátil, Surtees merece um lugar nesta lista.

Valentino Rossi

Sem dúvida, Il Dottore tinha que aparecer nessa lista. Seus números são impressionantes: 9 títulos mundiais, 114 vitórias, 221 pódios, 64 poles e 95 voltas rápidas.

Valentino Rossi

O italiano garante diversão e espetáculo tanto na pista como fora dela. Ao longo das suas 21 temporadas, Valentino Rossi quebrou praticamente todos os recordes, além dos espetáculos. Possui milhares de fãs que são os mais numerosos em qualquer circuito.

Ángel Nieto

O melhor piloto espanhol da história do motociclismo. Ángel Nieto ganhou treze campeonatos mundiais, ou como preferia dizer, doze mais um. Também possui 4 sub-campeonatos do mundo, 90 vitórias e 139 pódios.

Angel Neto

Ele é considerado o melhor piloto dos anos 70 e 80 e sua participação no Campeonato Mundial abriu a porta para muitos pilotos espanhóis. Motorista carismático, querido fora e dentro do paddock, Angel Nieto merece estar nesta lista. Sua morte repentina no verão de 2017 foi um golpe para o mundo do motociclismo.

Giacomo Agostini

Ele é o piloto na história do campeonato mundial de motocicletas com mais campeonatos. Com 15 títulos na conta, ele se tornou o dominador absoluto dos anos 60 e início dos anos 70. Giacomo Agostini alcançou um total de 122 vitórias.

Mick Doohan

O melhor piloto australiano na história do motociclismo. Mick Doohan é o único piloto junto com Agostini e Rossi que conquistaram cinco campeonatos mundiais consecutivos.

A trajetória de Doohan foi marcada por acidentes e as consequências deles. Portanto, seus resultados têm um grande valor. Um fato que mostra a regularidade deste piloto é que em 69,3% das corridas em que ele competiu ele acabou no pódio.

Jorge Lorenzo

Três vezes campeão mundial de MotoGP e atual piloto da Ducati, Jorge Lorenzo é para muitos um dos melhores pilotos da história.

Sempre no nível mais alto, é ano após ano um dos favoritos para ganhar o campeonato mundial. Juntamente com Álex Crivillé, Dani Pedrosa e Marc Márquez, é um dos melhores pilotos espanhóis das últimas décadas.

Marc Márquez

Aos 24 anos Marc Márquez deixou sua marca nesta lista. 5 vezes campeão mundial na Moto GP, com 34 vitórias e 61 pódios, é um dos pilotos com mais futuro da categoria A.

Piloto no MotoGP

Corridas como o Grande Prêmio de Estoril 2010, onde se recuperou de forma épica, ou o GP da Austrália de 2017, fizeram com que a lenda Marc Márquez continuasse crescendo. Ele é o piloto ativo na atualidade no Campeonato Mundial de MotoGP, por isso estes números continuarão a crescer ano após ano.

Depois de analisar a trajetória desses sete pilotos, temos que continuar eliminando e decidimos ficar com:

  • Giacomo Agostini: por todas as estatísticas que o colocam em primeiro lugar e porque ninguém conseguiu superá-lo quatro décadas depois.
  • Ángel Nieto: por seus doze mais um campeonatos mundiais e por abrir a porta para toda uma geração de pilotos espanhóis que sem ele não teriam conseguido, e por criar um passatempo em seu país.
  • Valentino Rossi: por seus nove campeonatos mundiais, permanece competitivo duas décadas após sua estreia e contribui para o show dentro e fora das pistas.

Impossível ficar só com um para a posição de melhor piloto de MotoGP de todos os tempos!