Conheça o torneio de tênis Aberto da Austrália

27 de janeiro de 2019
Desde 1988, o cenário de disputa é o Melbourne Park, complexo poliesportivo com 4 quadras cobertas e 22 descobertas; o Aberto da Austrália é o primeiro dos quatro Grand Slams, e é disputado no mês de janeiro

O Aberto da Austrália já foi disputado em diferentes quadras desde a sua criação; localizadas tanto na Austrália quanto na Nova Zelândia, e em duas superfícies: grama e, atualmente, piso duro.

Da mesma forma que nos outros três torneios do Grand Slam, a competição é dividida nas categorias individual e duplas; tanto para homens quanto para mulheres, bem como duplas mistas e competições para jogadores juniores e veteranos.

Além disso, nos últimos anos, também foram incluídas competições para jogadores em cadeira de rodas.

As duas quadras principais do complexo contam com tetos retráteis; principalmente para permitir o fechamento das quadras e assim continuar o jogo em caso de chuva ou calor extremo.

O Rod Laver Arena, localizado em Melbourne Park, é o estádio construído em 1988 como parte do complexo original do National Tennis Center; é a sede central do torneio Aberto da Austrália. Seu nome se deve a um grande tenista australiano e ele tem capacidade para 15.000 pessoas.

Características deste torneio

Assim como mencionamos anteriormente, as primeiras edições deste torneio foram disputadas em quadras de grama; mas, atualmente, o Aberto da Austrália é disputado em uma quadra de piso duro.

Jogador de tênis em piso duro

Em 2008, a nova superfície de jogo do torneio foi lançada. Depois de 20 anos usando as quadras de Rebound Ace, foi decidido trocar o material da quadra de jogo por um novo material chamado Plexicushion; ele permite que a bola pegue menos velocidade, absorva menos o calor e cause menos desgaste aos jogadores.

Esta mudança fez com que todos os torneios preparatórios para o Aberto da Austrália modificassem suas superfícies de jogo.

A quadra dura é feita de cimento e é considerada uma superfície rápida, onde as batidas baixas e rápidas tornam os pontos curtos. As quadras duras são mais rápidas que as quadras de saibro e as quadras de grama. Essas superfícies são consideradas as mais justas para todos os tipos de jogadores.

Temperatura

Este Grand Slam é disputado no mês de janeiro de cada ano. Janeiro é o mês mais quente na Austrália e no Hemisfério Sul, e por isso temperaturas extremamente altas ocorrem. Devido às altas temperaturas, existe uma regra de calor extremo.

Foi criado um regulamento que determinava, até 2015, em baixar a temperatura do ambiente quando ela chegasse aos 35ºC. Sendo que os jogadores deveriam terminar os jogos já iniciados, mas seria possível fechar o teto das instalações uma vez que o set já começado terminasse.

Os jogos subsequentes eram adiados até que a temperatura caísse o suficiente, o que era, portanto, extremamente injusto para os jogadores que tiveram que jogar primeiro em condições piores, devido ao clima.

A partir de 2015, essa regra de calor extremo foi modificada e, atualmente, ao atingir 40ºC de temperatura ambiente, mesmo com o jogo já iniciado, ele deixa de ser disputado até a temperatura cair.

Vencedores do Aberto da Austrália

No tênis masculino, atualmente, podemos destacar Novak Djokovic, que venceu seis Abertos da Austrália (2008, 2011, 2012, 2013, 2015 e 2016) ou Roger Federer, com outros seis Abertos da Austrália (2004, 2006, 2007, 2010 , 2017 e 2018).

Atualmente, no tênis feminino, pode-se destacar Serena Williams, que venceu sete Abertos da Austrália (2003, 2005, 2007, 2009, 2010, 2015 e 2017) e Angelique Kerber (2016) ou Caroline Wozniacki (2018), entre outras.

Vencedores dos últimos Abertos da Austrália

Na categoria de duplas, temos do lado masculino os irmãos Bryan (Bob e Mike) que venceram seis vezes este torneio (2006, 2007, 2009, 2010, 2011 e 2013).

Nas duplas femininas, destacamos as irmãs Williams (Serena e Venus) que venceram em 2009 e 2010, Sara Errani e Roberta Vinci, que conquistaram o troféu em 2013 e 2014 ou Bethanie Mattek-Sand e Lucie Safarova, que venceram em 2015 e 2017.

Finalmente, nas duplas mistas, destacamos Daniel Nestor, que ganhou dois Abertos da Austrália, o primeiro com Katarina Srebotnik em 2011 e, em 2014; ele ganhou seu segundo Aberto da Austrália com Kristina Mladenovic.