Conheça algumas jovens promessas do tênis atual

· 18 de março de 2019
Um alemão, um australiano e um croata são as três jovens promessas do tênis atual.

As jovens promessas do tênis não vêm substituir grandes estrelas tais como Rafael Nadal ou Roger Federer mas, pouco a pouco, elas estão abrindo o seu próprio caminho e conseguindo deixar a sua marca na história deste esporte.

Nenhum jogador pode ser a cópia de outro, nem mesmo tentando. Pode ser que os jovens se inspirem na técnica dos mais experientes e acabem tendo algumas semelhanças, em maior ou menor grau. Mas, de um jeito ou de outro, sempre vão acabar desenvolvendo o seu próprio estilo. A experiência é algo que não pode ser copiado.

Atualmente, podemos destacar três jovens tenistas promissores que, apesar da pouca idade, estão se destacando entre os grandes jogadores do ranking da ATP.

O tenista alemão que mais gera expectativas

O tenista alemão que mais gera expectativas

Foto cortesia de: El Espectador.

Em primeiro lugar, devemos citar Alexander Zverev, uma das jovens promessas de maior destaque no tênis. Trata-se de um tenista alemão que tem apenas 20 anos de idade.

Em 2015, ele foi premiado como o mais jovem jogador no Top 100 da ATP, e sua melhor posição no ranking foi a de número três, que ele obteve em 11 de setembro de 2017.

Neste mesmo ano, ele conquistou o título do Masters 1000 de Roma, o que lhe permitiu entrar no top 10 pela primeira vez na sua carreira, apesar de sua pouca idade.

“Alexander Zverev é um porta-estandarte da nova geração de tenistas, o mais completo, o jogador que é o mais focado e com a evolução mais rápida de todos”

-Rafael Nadal-

Alexander Zverev não é apenas um jogador muito competitivo, mas também um esportista muito autocrítico, como podemos ver nestas declarações sobre a sua temporada em 2017:

“2017 foi uma temporada incrível. Ainda assim, o final do ano foi absolutamente péssimo para mim. Se eu não tivesse jogado o ano todo como eu joguei, acho que não teria terminado a temporada nem mesmo no top 50. ”

-Alexander Zverev-

Apesar do final ruim de 2017, Zverev planejou começar a nova temporada com o pé direito:

“Agora meu objetivo são os Grand Slams, isso é algo que eu quero melhorar nesta temporada. Quero ir mais longe nesses torneios. No momento estou indo bem, tenho apenas 20 anos, então não reclamo. Infelizmente, nunca se pode ter tudo”

– Alexander Zverev –

Jovens promessas do tênis: o talento e a rebeldia são compatíveis?

Jovens promessas do tênis

Foto cortesia de: PlayersVoice.

Outra das grandes jovens promessas do tênis é Nick Kyrgios: um tenista australiano de 22 anos que, com a sua qualidade de jogo, já é invejado por muitos e, ao mesmo tempo, surge como um dos melhores jogadores do tênis.

Ele venceu o Aberto da Austrália de 2013 na categoria de juniores individual, e é considerado um dos jogadores com maior projeção em nível mundial. Em 2014 ele chegou às quartas de final de Wimbledon, visto que derrotou Rafael Nadal nas oitavas.

Graças ao seu tênis com um ritmo de bola muito elevado, ele já conquistou 3 títulos da ATP; o que o levou ao top 50 do ranking aos 19 anos de idade.

Talvez devido à sua juventude, ele às vezes pode exceder os limites do que é aceitável. Mas, se ele for capaz de amadurecer e controlar esse ponto, ele vai se tornar uma das grandes estrelas do tênis no futuro.

Na última temporada, ele deu algumas declarações impróprias para um jogador do seu nível, que certamente vão dar muito o que falar por muitos anos:

“No ano passado disputei 18 torneios e me deixei vencer em 8 deles e ainda assim estou no Top 20”.

-Nick Kyrgios-

O jovem que dominou Nadal

O jovem que dominou Nadal

Foto cortesia de: TennisWorld

Borna Coric é a última dessas jovens promessas do tênis que não podemos deixar de mencionar. Aos 21 anos de idade, ele também está no top 50 do ranking da ATP.

Por terminar a temporada de 2014 como o número 92 do ranking da ATP, ele foi premiado pela ATP como a estrela do futuro por ser o jogador mais jovem no Top 100.

E apesar de ter menos títulos do que as promessas do tênis anteriores, ele tem no seu currículo duas vitórias sobre Rafael Nadal, o que pode nos dar uma ideia da sua qualidade de jogo, bem como da sua consistência na quadra.

Depois de uma de suas vitórias contra Nadal, Coric fez as seguintes declarações:

“Quando ganhei de Rafa e cheguei às semifinais na Basileia, não imaginava que esse fosse o meu verdadeiro nível. Pensava que o meu nível fosse talvez para estar entre os 60, 70 melhores jogadores do mundo, mas não entre os 30 melhores”

– Borna Coric –

Só o tempo vai dizer como será a trajetória dessas jovens promessas do tênis. Por enquanto, devemos observar a sua evolução e esperar pelo melhor.