Vitaminas de proteína: opções e efeitos

25 de agosto de 2019
As vitaminas de proteína são um suplemento nutricional que serve para fornecer a dose de proteína que o nosso corpo exige em situações especiais, como por exemplo depois do treino.

Hoje queremos dar algumas dicas para que você possa escolher as melhores vitaminas de proteína para te ajudar na sua busca por uma vida mais saudável e atingir o corpo dos seus sonhos.

Por que você deve tomar vitaminas de proteína?

Existe o mito de que as vitaminas de proteína são para aqueles que querem ter um corpo mais musculoso. Isso não é verdade. As vitaminas de proteína podem ser tomadas por qualquer pessoa. Na verdade, existem até variedades veganas e para aqueles que não toleram a lactose, mas falaremos sobre isso depois.

As vitaminas de proteína também não nos ajudam a perder peso de forma milagrosa, como muitas marcas prometem. É verdade que se você tomar uma vitamina no lugar do almoço você estará substituindo uma refeição por poucas calorias, mas isso não é saudável nem fornece todos os nutrientes que você precisa.

Casal na academia

Durante uma noite de descanso, o nosso corpo usa as reservas de energia nosso corpo. Dessa forma, as proteínas são essenciais após acordar. Da mesma forma, após o exercício, os músculos sofrem microrrupturas, e precisam se regenerar. Isso acontece através de proteínas.

Além disso, as vitaminas de proteína contêm baixo teor de gordura e de carboidratos. Por isso, são ideais para uma vida saudável e, até mesmo, para perder peso, porque aceleram o metabolismo.

Apesar de ser verdade que não devem ser usadas como alimento principal, se você não gosta de tomar café da manhã, por exemplo, você pode fazer uma vitamina de banana e aveia e adquirir todos os nutrientes necessário para iniciar bem o dia.

Qual vitamina de proteína eu devo escolher?

Agora que você já sabe todos os benefícios fornecidos pelas vitaminas, é muito provável que você tenha decidido prová-las. Surge um problema: existem tantas marcas e tipos que é difícil escolher uma.  Quais são mais melhores?

O tipo

Você deve saber que há dois tipos de vitaminas principais: whey e caseína. Para entender qual é o melhor ou qual se adapta melhor às suas circunstâncias, é necessário saber em que consiste cada uma.

Não há uma melhor ou pior que a outra, porque ambas são úteis, mas cada uma cumpre uma função diferente.

  • Whey. O whey vêm do soro do leite de vaca e a vantagem desse tipo de soro é que contém uma grande quantidade de aminoácidos que estimulam a síntese de proteínas rapidamente, graças a uma fácil digestão. Dessa forma, os músculos serão reparados quase que imediatamente se você tomar a vitamina logo após o treinamento. Ao mesmo tempo, te ajudará a perder peso.
  • Caseína. A caseína possui uma digestão mais lenta e contém menos aminoácido do que o whey. Com isso, sintetiza a proteína de forma mais gradual. Ou seja, os músculos levarão mais tempo para serem reparados, e o produto não auxilia na perda do peso.
Whey e caseína

Ambas as proteínas são diferentes, como você pôde ver, e o uso dependerá do que você está procurando em uma vitamina de proteína.

O whey é recomendado para esportistas habituais, porque permite que o corpo se repare rapidamente e ajuda a perder peso. Enquanto isso, a caseína é mais indicada para pessoas que treinam eventualmente, à noite, ou que não obtêm do alimento todas as proteínas que são necessárias para o corpo.

E com relação às marcas…

Existem tantas marcas no mercado que pode ser muito difícil escolher. O que dirá se uma é melhor do que a outra será o índice de carboidratos e gorduras. Esses nunca devem passar das cinco gramas para cada cem gramas.

Além disso, a concentração da proteína é importante.  Há marcas que oferecem 20 gramas de proteína por dose, enquanto outras oferecem entre 26 a 28. Faça uma comparação entre o preço e a concentração do produto na hora de comprar.