Quais são os requisitos para definir os produtos orgânicos?

25 de abril de 2019
Normalmente compramos produtos orgânicos em lojas de alimentos especializadas ou podemos identificá-los com algum tipo de rótulo no supermercado, mas por trás deles há muito mais do que costumamos pensar.

Os produtos orgânicos estão cada vez mais na moda. A consciência da alimentação saudável é maior e, portanto, esses produtos ocupam cada vez mais espaço nas prateleiras dos supermercados.

No entanto, será que sabemos realmente o que é um produto orgânico? Quais são os requisitos dos produtos orgânicos? Como podemos reconhecê-los? Neste artigo, iremos contar todas as medidas que eles devem atender e como eles foram cultivados e cuidados.

O que são os produtos orgânicos?

Um alimento orgânico é aquele que foi cultivado sem o uso de pesticidas ou de produtos químicos. Desde o momento da semeadura até a colheita, todo o processo é feito de maneira tradicional, como era feito antigamente.

caixa de verduras frescas

Os alimentos orgânicos têm um preço mais alto do que os alimentos convencionais e a sua aparência não é tão boa. Apesar disso, cada vez eles têm mais seguidores e as pessoas que os compram uma vez quase sempre continuam optando por eles. Seu sabor é mais intenso do que do alimento convencional e também têm mais propriedades.

Como identificar um produto orgânico?

Se você deseja começar a ingerir alimentos orgânicos, deve saber identificar esses produtos. Não basta que o cartaz ou o próprio vendedor te indique isso. Os produtos que atendem aos requisitos para serem orgânicos possuem os devidos rótulos das agências reguladoras.

Por que devemos consumir alimentos orgânicos?

Os alimentos orgânicos têm muito mais sabor, mas também é verdade que o seu preço é consideravelmente mais elevado. Mas será que compensa desembolsar mais dinheiro para fazer esse tipo de compra?

O fato é que os produtos orgânicos são muito do que o seu sabor. Por trás deles há um modo de vida e uma tomada de consciência sobre o meio ambiente e a vida saudável.

Mulher tirando ovos da geladeira

Além disso, as pessoas que cultivam e consomem esses alimentos o fazem não só pelo sabor, mas também por convicção. Algumas das razões pelas quais as pessoas consomem alimentos orgânicos são as seguintes:

  • No caso de carne e dos ovos, estão à procura do bem-estar dos animais. Os agricultores orgânicos defendem que é possível consumir carne de forma sustentável e garantir a qualidade de vida dos animais. Os animais cuja carne se destina à venda orgânica são criados parcialmente em liberdade e contam com mais espaço que os animais que são criados em granjas convencionais.
  • Diminui o índice de contaminação. Como não usam pesticidas ou outros produtos químicos, os alimentos orgânicos reduzem os níveis de poluição gerados pela produção. Também é importante mencionar que, na maioria dos casos, os produtos orgânicos são de lugares próximos. Dessa maneira, a poluição ocasionada pelo transporte é drasticamente reduzida.
  • Produtos mais saudáveis. Apesar de notarmos principalmente a diferença no sabor, na realidade os orgânicos trazem muito mais do que isso. Trata-se de produtos que foram cultivados respeitando os períodos de crescimento, com fertilizantes naturais como adubos orgânicos e foram colhidos apenas quando estavam maduros.
  • Ele fomenta a economia rural. A maioria dos alimentos que consumimos provem de milhares de quilômetros de distância e, até mesmo, de outros continentes. Isso provoca a contaminação no processo de transporte e afeta a economia das zonas rurais. Portanto, comer alimentos orgânicos fomenta a economia rural, uma vez que são os pequenos agricultores em nossa proximidade que cultivam esse tipo de comida e depois vão aos mercados especializados para vendê-los.