10 razões para parar de beber café de manhã

8 de abril de 2019
Já te falaram para parar de tomar café pela manhã? É comum bebermos café ao acordar e, inclusive, que nosso dia não comece até ingeri-lo. Só que nem todos os seus efeitos são positivos.

“Nada melhor para começar um longo dia de trabalho do que um bom café”. Isso é o que muitos acreditam. No entanto, a ciência apresenta muitas razões para parar de beber café pela manhã, por ser prejudicial à saúde. Quais são essas razões? Descubra a seguir.

10 razões para parar de beber café pela manhã

Está provado que a cafeína funciona como estimulante. Por essa razão o café se tornou uma droga de consumo massivo e popular.

Aparentemente, estudos recentes demonstram que o café é mais prejudicial do que benéfico. Aqui estão as razões para parar de beber café pela manhã e ao longo do dia:

Cafeína

O consumo habitual de cafeína reduz a sensibilidade do organismo para a presença de insulina. Isso resulta na dificuldade de processar o açúcar ingerido.

O aumento de açúcar no sangue é altamente prejudicial para as artérias – a deterioração das artérias está relacionada a doenças cardiovasculares, mortal em muitos casos.

Colesterol

Enquanto o café contém bons antioxidantes para prevenir o envelhecimento prematuro, também produz um aumento significativo dos diterpenos. Estes aumentam a quantidade de triglicerídeos e colesterol ruim no sangue.

Estresse

Mulher cansada no trabalho

A cafeína contida no café produz um aumento no hormônio do estresse ou catecolamina. Se o cortisol aumenta, o mesmo acontece com a insulina. Esse aumento, como resultado, pode causar inflamações.

Esta cadeia não é favorável para o organismo. Por isso é uma excelente razão para parar de tomar café pela manhã, pois o resultado é um mal-estar generalizado.

Níveis de absorção de glicose

O café contém ácido clorogênico, que ajuda a retardar a absorção de glicose a nível intestinal. Foi demonstrado que este ácido produz um aumento de homocisteína. Esse aumento, como resultado, produz um alto risco de doenças cardíacas. A homocisteína está presente nas pessoas diabéticas e obesas.

Desequilíbrios na flora

Tomar café habitualmente gera um desequilíbrio na flora intestinal e azia. Isso gera desconforto digestivo e com o tempo problemas ainda maiores, como úlceras.

Problemas renais

As pessoas que consomem café mais de três vezes por dia geralmente têm problemas renais devido à má absorção de cálcio e outros minerais. Os minerais que devem ser eliminados pela urina são acumulados nos rins, prejudicando seu correto funcionamento.

Aumento da ansiedade

Você geralmente toma café para despertar e se manter ativo. A cafeína é responsável por diminuir a serotonina, um neurotransmissor associado ao sono e ao estado de ânimo.

Embora uma xícara de café forte ajude a estar alerta, também aumenta a ansiedade e a depressão; isso gera um ciclo vicioso que faz com que tomemos mais café.

O consumo excessivo de cafeína desencadeia a produção de adrenalina, provocando sobre-excitação. Nesse estado, o coração acelera, a pressão arterial aumenta e é difícil pensar com clareza.

O sobrepeso

Obesidade

Outro razão para parar de beber café pela manhã é o sobrepeso. Graças à indústria alimentícia esta bebida se transformou em um ingrediente de produtos nada saudáveis.

Esses produtos, além da cafeína, contêm creme, açúcar e outros aditivos que adicionam calorias e não são nutritivos. Por outro lado, um café com leite está associado a outros tipos de alimentos que não são recomendados, como pães, bolos e biscoitos.

Metabolismo de alguns medicamentos

O café altera o metabolismo de certos medicamentos, como antidepressivos e reguladores da tireoide. Também não colabora para que o fígado se desintoxique completamente.

Vício

Por último, sabe-se que a cafeína é viciante. Quem consome café diariamente e o deixa repentinamente, sofre os mesmos sintomas de abstinência causados por qualquer outro vício.

Café com moderação

Como consumidores, é essencial distinguir entre o gosto por um bom café e a necessidade urgente de tomá-lo. É fato que a cafeína a curto prazo produz benefícios a nível cognitivo, como melhorar a atenção e a memória. Mas um consumo excessivo é prejudicial para o bom funcionamento do organismo.

Embora não seja fácil parar de consumir café de um dia para o outro, há muitas boas razões para parar de tomar café pelas manhãs. Mas, como fazer isso? De forma gradual, bebendo muita água durante o dia e substituindo o café no café da manhã por algo mais saudável.