Os figos são uma excelente opção para os atletas

7 de maio de 2019
Não é a fruta mais procurada, entre outras coisas pela sua fama de produto muito calórico. No entanto, os figos são muito benéficos na alimentação do atleta por seus diversos benefícios.

Apesar de serem as frutas mais doces e saborosas que existem, elas não estão entre as mais consumidas. Mas, além de deliciar o paladar, os figos também são uma excelente opção nutricional. A lista de benefícios que eles trazem é extremamente ampla, especialmente para os atletas.

As origens do figo não estão totalmente claras. Alguns pesquisadores colocam o figo no centro da Ásia; outros, mais a leste, onde atualmente está a Turquia. Mas, não há dúvida de que, ainda na pré-história, ele se espalhou por toda a bacia do Mar Mediterrâneo.

Pelo menos desde o ano 9.000 AC o figo é cultivado especialmente para o consumo humano. Posteriormente, na Grécia Antiga, ele era prescrito para os atletas olímpicos.

Algumas pessoas podem ver a sua ingestão com certo receio, por causa do seu alto teor calórico. No entanto, se for consumido fresco, a ingestão calórica é apenas ligeiramente superior a das maçãs.

Figos frescos ou secos?

Colhido diretamente da figueira, a árvore responsável pela sua produção, é um fruto de casca suave, polpa muito doce e sementes crocantes. Seu aroma, também doce, é inebriante. 80% de sua composição é água, além de conter entre 65,7 e 74 Kcal por 100 g.

Os figos secos passam por um processo de desidratação, no qual a quantidade de líquido diminui para 30% de sua composição. Isto é conseguido depois de amassar a fruta fresca com as mãos e colocá-la em secadores semelhantes aos usados para as uvas passas. Nesta apresentação, o seu teor energético aumenta consideravelmente.

Muito mais do que energia

As razões para trazer esse alimento para a mesa vão muito além do seu poder energizante. Sem dúvida, a energia é um fator fundamental para os atletas, principalmente para manter e melhorar o desempenho. Por isso, neste caso, não importa se a fruta for fresca ou desidratada.

Figos frescos ou secos

A primeira coisa a destacar é o seu teor de cálcio: 35 mg em cada 100 gramas de figos frescos, 162 mg nos desidratados. Não há outras frutas que contribuam com maiores quantidades desse mineral, indispensável para o fortalecimento dos sistemas muscular e ósseo.

Por causa desta composição nutricional, o consumo de figos é vital tanto na prevenção de lesões nos tecidos ou fraturas quanto para auxiliar nos períodos de recuperação e reabilitação.

No entanto, este não é o único mineral incluído. O figo também contém 17 mg de magnésio a cada 100 g de fruta fresca, bem como 68 mg nas chamadas ‘passas de figo’. Este elemento é essencial para o correto aproveitamento do cálcio pelo organismo.

Além disso, a lista também inclui fósforo, ferro, potássio, sódio, zinco e manganês. Deste último, ele contribui com 26% da quantidade diária recomendada para uma pessoa adulta. Também contém vitaminas C e K, bem como várias vitaminas do complexo B.

Figos para uma boa saúde

Além de todos os itens citados acima, esta fruta também é um alimento com um enorme poder antioxidante, minimizando assim a ação dos radicais livres.

Ao mesmo tempo, tem amplas propriedades anti-inflamatórias. Isso o torna ideal para aliviar a dor e superar episódios de fadiga muscular após uma competição ou treinos intensos.

Mas os benefícios do figo sobre a estrutura do corpo não se limitam aos músculos e aos ossos. Sendo rico em psoraleno, um composto usado em tratamentos para condições como eczema ou psoríase, o seu consumo também beneficia a pele, o órgão mais extenso do corpo.

A figueira contém muito betacaroteno, por isso é igualmente útil para a saúde visual. Da mesma forma, o seu conteúdo de fibras facilita a digestão e otimiza o trânsito intestinal. Estes são fatores que tornam o figo um ingrediente eficaz para evitar episódios de constipação.

Além disso, a ingestão de figo regula os níveis de colesterol, fortalece a circulação e combate a hipertensão arterial. Apesar do seu alto teor calórico levantar dúvidas sobre a conveniência de incluí-lo nas dietas que buscam uma diminuição do peso corporal, a sua grande capacidade de saciar acaba por equilibrar esse fator.

Figo para uma boa saúde

Como levá-lo para a mesa

Impressionado com os benefícios? Aumentar o consumo desse alimento é relativamente simples na sua forma natural. Ele pode ser adicionado a algumas saladas de frutas (com damasco ou banana, por exemplo) e também em outras saladas juntamente com alface, ricota e presunto cozido.

Entre as muitas maneiras de consumir esta fruta, comer figos secos é uma excelente opção para um lanche entre as refeições ou para um lanche antes do treino. Em resumo, qualquer dessas alternativas resultará em benefícios para a saúde.