Conheça todas as propriedades do kiwi

· 24 de março de 2019
O kiwi é uma fruta que nunca deve faltar em casa, além disso, podemos comê-lo ao natural ou preparar deliciosos shakes e sobremesas.

O kiwi é uma fruta verde no interior e com casca marrom com pelos. Embora hoje seja mais produzido na Nova Zelândia, sua origem é da China. Seu nome foi dado por tem uma certa semelhança com o pássaro homônimo muito popular na Oceania. Hoje vamos falar de das propriedades do kiwi!

O kiwi é uma fruta que possui dois nutrientes principais, um deles a vitamina C. Para se ter uma ideia, apenas com um pedaço dessa fruta você está ingerindo 80% da vitamina C que você precisa em um dia. Esta vitamina se destaca por fortalecer o sistema imunológico, diminuir a hipertensão e prevenir câncer, alergias e resfriados.

A vitamina C é um poderoso antioxidante. Sua capacidade de neutralizar os radicais livres torna o kiwi um neutralizador perfeito dos danos corporais, especialmente aqueles que têm a ver com o envelhecimento. Portanto, comer essa fruta permite manter as células mais jovens e preservar a saúde do corpo em geral.

Propriedades do kiwi

  • Ajuda contra a prisão de ventre; sem dúvida, é um dos seus principais benefícios e um dos mais conhecidos. Este benefício é por ser uma fruta com alto teor de fibra solúvel, e isso ajuda na digestão e melhora o trânsito intestinal. Para potencializar essa ajuda, é melhor consumi-lo pelas manhãs em jejum.
Kiwis cortados num cesto

  • Proteção contra os raios solares; ajuda as pessoas com sensibilidade aos raios UV, uma vez que a luteína contida nesta fruta atua como um filtro de proteção natural para a pele.
  • Reduz o estresse e nervosismo; graças ao conteúdo de vitamina C, ajuda a evitar o nervosismo e a ansiedade. Como dissemos anteriormente, reduz a tensão. Por isso, nas vezes em que precisamos nos sentir mais calmos, é aconselhável comer um kiwi.
  • Ajuda na digestão; o kiwi é muito digestivo e permite desintegrar as proteínas dos alimentos, assim como evitar a indigestão, a gastrite e os gases.
  • Melhora a circulação sanguínea; é uma fruta que contém vitamina E e ácidos graxos ômega 3 e 6, por isso favorece a fluidez do sangue melhorando o estado geral das artérias. Este benefício, como resultado, impede a formação de trombose ou coágulos nos vasos sanguíneos.
  • Além de evitar derrames cerebrais e infartos, o kiwi contém fibras que reduzem os níveis de colesterol no sangue.
  • Ajuda a fortalecer os ossos; esta propriedade é devido aos minerais presentes no kiwi – cobre, magnésio e potássio. Esta fruta permite melhorar o desenvolvimento dos ossos, inclusive dos dentes e também o funcionamento dos nervos, músculos e órgãos.
  • Favorece o sistema imunológico; como dissemos no início deste artigo, é uma fruta que previne gripes e resfriados por ajudar a aumentar a imunidade, devido à grande quantidade de ácido fólico que contém e à vitamina C.
Suco de kiwi

Benefícios do kiwi

  • Os nutrientes presentes no kiwi permitem produzir mais glóbulos vermelhos e brancos no sangue e também anticorpos. Como resultado, funcionam como uma grande barreira contra doenças causadas por vírus.
  • Favorece o emagrecimento e a eliminação de líquidos retidos; esta fruta tem uma grande porcentagem de água e um nível calórico não muito alto, por isso permite que você perca peso e se sinta mais saciado. Por sua vez, não tem muito sódio, sendo perfeito para as dietas de emagrecimento e para perder água, principalmente no caso de gestantes.
  • O kiwi é muito diurético e não deve faltar na dieta dos que sofrem de obesidade ou sobrepeso. É útil em casos de insuficiência cardíaca ou hepática.
  • Ajuda a evitar anemia; como muitos dos benefícios anteriores, isso se deve ao teor de vitamina C. Ela faz com que aumentemos a absorção de ferro dos alimentos que consumimos no nosso dia a dia. Se você está com anemia por deficiência de ferro, comer kiwi pode acelerar a recuperação.

Em suma, o kiwi é um alimento com um grande número de propriedades benéficas para o nosso organismo. Portanto é uma fruta que não deve faltar na dieta.