Conheça os benefícios da gema do ovo

19 de abril de 2019
Até recentemente, era comum ver muitas pessoas separando a gema da clara do ovo, descartando a primeira e usando a segunda em suas refeições e vitaminas, mas os mitos sobre a gema foram banidos com o passar do tempo e ela então passou a ser considerada um alimento saudável.

Sempre foi um alimento com uma má reputação e que muitas pessoas recomendavam excluir da dieta diária. No entanto, a gema de ovo tem mostrado efeitos positivos na saúde e assim seu consumo é cada vez mais recomendado. A seguir, vamos falar sobre as suas virtudes.

Benefícios da gema de ovo

Além do que vamos comentar aqui, é digno destacar, em primeiro lugar, que ela é um produto econômico e altamente combinável com muitos outros. Isso faz com que seja um ingrediente ideal para um grande número de receitas muito nutritivas. A seguir, vamos detalhar os diferentes aspectos nos quais esse alimento se destaca.

É preciso parar de pensar que consumir ovos é perigoso

Alto teor de nutrientes

Como já sabemos, os alimentos naturais têm a capacidade de oferecer uma grande variedade de nutrientes às pessoas. Estes nutrientes, de diferentes tipos e com diferentes funções, permitem então garantir o ótimo funcionamento de cada parte do organismo.

Estes são os principais grupos de nutrientes que podemos extrair da gema de ovo:

  • Vitaminas: elas contêm as vitaminas A, E, D, B9 (ácido fólico), B12, B6, B2 e B1. Quanto à vitamina D, vale ressaltar que é um dos alimentos nos quais ela é encontrada em maior proporção.
  • Minerais: a gema de ovo contém ferro, potássio, fósforo e magnésio.
  • Proteínas: contribui com uma quantidade muito alta de proteínas; assim, isso faz com que seja um alimento fenomenal quando se trata de ganhar massa muscular.

O componente ‘oculto’ da gema de ovo

Você sabe o que é a colina? É um dos muitos nutrientes encontrados nesta parte do ovo. É um nutriente essencial que é agrupado dentro das vitaminas do grupo B. As principais funções em que colabora são a memória e o controle muscular.

A colina é um componente muito importante para combater doenças como por exemplo o Alzheimer e a demência. Além disso, contribui para a síntese de componentes que formam as membranas celulares do corpo.

Em geral, é um nutriente desconhecido e subestimado. No entanto, suas virtudes são enormes e assim é muito importante cumprir os requisitos relativos ao seu consumo.

O componente 'oculto' da gema de ovo

Outras vantagens da gema de ovo

  • Oferece muitas gorduras saudáveis; mais de 60% delas são insaturadas, isto é, o tipo bom de gorduras.
  • Fornece muito pouco colesterol. Embora seja possível que as pessoas que têm o colesterol muito alto devam restringir um pouco o seu consumo, não é necessário eliminá-lo, já que possui uma grande quantidade de nutrientes. De fato, o nível de colesterol aumenta devido às gorduras saturadas, que não são abundantes na gema de ovo. Pelo contrário, o que aumenta é o chamado “colesterol bom”.
  • É um elemento muito rico em lecitina. Essa substância é responsável pela fusão com o colesterol para evitar que ele seja completamente absorvido pelo organismo. Além disso, é essencial para o cuidado da medula óssea, do cérebro, do fígado, do coração, bem como do sistema nervoso.
  • Contém luteína e zeaxantina; estas duas substâncias nos protegem dos radicais livres, que podem causar, por exemplo, doenças cardíacas e espessamento das paredes dos vasos sanguíneos. Elas também atuam como antioxidantes e previnem doenças oculares.

Pelos benefícios anteriormente mencionados, a gema de ovo é um alimento muito importante para cuidar da nossa saúde cardíaca, do bom funcionamento do sistema nervoso assim como do estado correto dos músculos.

Cruas ou cozidas?

Enquanto muitas pessoas tendem a consumir gemas de ovos em vitaminas ou outros alimentos sem cozinhá-las, esta não é a melhor opção.

É sempre melhor cozinhá-las primeiro; caso contrário, poderemos sofrer de doenças como por exemplo a causada pela salmonela, entre outras. Além disso, suas propriedades não variam após o cozimento.

Em última análise, deve-se notar que a inclusão da clara de ovo na dieta também é muito saudável: ela não tem gorduras, quase não fornece calorias mas também fornece muitos nutrientes. Portanto, não será necessário separar a gema para ser consumida separadamente.

Você pode fazer isso se quiser, mas não vai perder nada acrescentando a clara nas suas receitas. Pelo contrário, você vai complementar a sua receita com um ingrediente tão nutritivo, e até mesmo mais saudável, quanto a própria gema.