Treinamento cardiovascular: HIIT versus LISS

· 5 de dezembro de 2018
O ideal é combinar os dois tipos de treinamento, principalmente se o que você estiver procurando for queimar calorias continuamente e não ficar estagnado.

O treinamento cardiovascular é uma das formas mais eficientes de manter a saúde geral do organismo em condições ideais. Além disso, muitas pessoas usam esse tipo de treinamento para emagrecer.

No entanto, é importante enfatizar que existem vários tipos de treinamento cardiovascular, que podemos usar de acordo com os objetivos que queremos alcançar.

Treinamento cardiovascular: o que é e quais são as suas vantagens?

O treinamento cardiovascular engloba todos os exercícios nos quais o processo de oxigenação é mais trabalhado do que a força em si. Em geral, são exercícios de baixa ou média intensidade, tais como: caminhar, correr, nadar, elíptico, dançar, entre muitos outros.

Este tipo de treinamento está associado ao emagrecimento. No entanto, sempre devemos lembrar que sem um bom plano alimentar será sempre mais difícil alcançar todos os resultados desejados.

Além de todos os benefícios conhecidos, tais como o emagrecimento, o treinamento cardiovascular também tem outras vantagens para a saúde em geral. Assim, fazer cardio durante 30 minutos todos os dias, ou então pelo menos três vezes por semana, vai reduzir o estresse e melhorar o sono.

Da mesma forma, o treinamento cardiovascular também é benéfico para fortalecer o coração, reduzir os riscos de aumento da pressão, bem como para melhorar a capacidade pulmonar.

O que é o HIIT e o LISS?

HIIT e LISS são dois tipos de treinamento cardiovascular. É importante que as pessoas se informem um pouco melhor sobre cada um deles e, assim, possam selecionar o que melhor se adapta às suas necessidades.

Homem e mulher correndo ao ar livre

Assim, o HIIT é um tipo de treinamento de alta intensidade, onde os intervalos entre os exercícios são de curta duração. Este tipo de atividade dura em média 20 minutos e são combinados exercícios com um alto nível de esforço e intensidade. Dessa forma, a frequência cardíaca pode atingir até 90%.

Por outro lado, o LISS consiste em exercícios cardiovasculares de baixa intensidade com períodos mais longos e mais constantes. Estes exercícios duram entre 40 e 60 minutos e a frequência cardíaca permanece consideravelmente estável durante o tempo em que o exercício é feito.

HIIT versus LISS: Qual é o melhor?

Na prática, não é possível estabelecer qual desses dois tipos de treinamento é o melhor. Tudo vai depender do objetivo que a pessoa esteja buscando. Neste caso, o HIIT é um treinamento de intensidade mais alta e requer um certo nível de condicionamento físico prévio.

Assim, como podemos ver, o HIIT é mais recomendado para pessoas com um nível mais avançado, cujo objetivo seja o de eliminar um pouco de gordura sem sacrificar a massa muscular adquirida.

Mulher fazendo exercícios intensos na rua

O LISS, por outro lado, é uma atividade de menor intensidade. Por isso, é ideal para todas as pessoas que estiverem iniciando um processo de emagrecimento e queiram complementar as mudanças na dieta com exercícios físicos.

Uma vez que um certo nível seja alcançado, será possível, se assim desejar, mudar para o treinamento HIIT.

Embora seja verdade que o HIIT vá proporcionar uma queima de calorias muito mais rápida, esse treino não deve ser praticado de qualquer jeito, pois há algumas diretrizes a serem seguidas.

Assim como vimos anteriormente, a alta intensidade e o esforço exigem que a pessoa tenha certas condições físicas mínimas para poder fazer o exercício de forma eficaz e sem arriscar a sua saúde.

Da mesma forma, é importante primeiramente consultar um médico visto que, com o HIIT, a frequência cardíaca sobe muito. Por isso, é indispensável que o coração esteja perfeitamente bem para esse tipo de treinamento.

Recomendações

Todos os exercícios cardiovasculares trabalham  a frequência cardíaca e a queima de gordura. Porém,  existem diferenças notáveis entre o HIIT e o LISS. Não é que um seja melhor do que o outro, mas sim que cada um cumpre com objetivos diferentes.

A recomendação para uma pessoa que queira emagrecer é, além de cuidar da alimentação, começar com o treinamento LISS. Uma vez que o corpo tenha atingido certas condições mínimas, este treinamento pode ser complementado com o HIIT uma ou duas vezes por semana.

Da mesma forma, as sessões de LISS devem ser praticadas pensando na resistência e tempo, de modo que o corpo não se adapte e assim continue a queimar calorias da mesma maneira que no início.

Portanto, tanto o HIIT quanto o LISS são excelentes opções de treinamento, e eles devem estar presentes nos treinos de todas as pessoas que queiram melhorar o seu condicionamento físico.

Finalmente, ambos os programas têm vantagens, mas o mais importante é definir os objetivos a serem alcançados e estabelecer um plano no qual, em um determinado momento, ambas as atividades possam ser combinadas a fim de atingir o seu melhor desempenho.