Quais os benefícios de correr na montanha?

29 de maio de 2019
Correr na montanha é muito benéfico tanto para o corpo quanto para a mente. No texto a seguir, vamos analisar quais são os benefícios mais importantes dessa atividade.

Se você é um corredor frequente, pode ser que você esteja constantemente à procura de novos desafios e, por esse motivo, você pode decidir fazer os seus treinos em diferentes superfícies. Com o objetivo de te ajudar e de estimular a sua motivação, vamos analisar quais são os benefícios de correr na montanha neste artigo.

Esta é uma atividade ideal para limpar a mente e apreciar um ambiente natural; além disso, ela também é perfeita para sair da rotina e fugir do ritmo frenético e do estresse das grandes cidades.

Como se isso não fosse o suficiente, também é algo muito benéfico para o corpo, principalmente no nível cardiovascular, e proporciona uma melhora no ritmo de corrida.

No entanto, sempre é recomendável que os atletas que queiram correr na montanha façam isso em dias com boas condições meteorológicas. Caso contrário, existe o risco de os corredores sofrerem lesões ou terem problemas de orientação.

De qualquer forma, correr na montanha é excepcional porque permite que qualquer pessoa desfrute do silêncio e respire o ar puro enquanto faz exercício.

Benefícios de correr na montanha

1. Um ambiente excepcional

Não há dúvida de que correr na montanha permite que as pessoas mergulhem em um ambiente ideal para apreciar o prazer de correr enquanto desfrutam de um ambiente fabuloso.

Em termos de saúde, a montanha é menos poluída do que a cidade; assim, correr nessas paisagens permitirá que você melhore o seu desempenho. Você verá como, uma vez que você tenha terminado o seu treino, você se sentirá muito mais relaxado!

A montanha é um ambiente excepcional para correr

2. Melhora o seu desempenho

Correr na montanha envolve mais subidas e mudanças de ritmo e direção devido às diferentes elevações. Durante as subidas, você fortalecerá sua musculatura, o que fará com que você tenha ainda mais potência durante as provas de rua.

Com isso, os seus músculos vão se desenvolver e se adaptar à inclinação e aos declives do terreno; você também ganhará velocidade explosiva ao evitar os obstáculos naturais. Assim, após vários dias de treino nas montanhas, você notará que consegue correr muito mais rápido em superfícies planas.

3. Respirar ar mais puro

Esta atividade física permite que você se afaste dos gases tóxicos dos centros urbanos, o que faz com que seja mais fácil aumentar tanto o volume quanto a intensidade do treino. O seu sistema respiratório desfrutará do ar fresco da montanha em vez das constantes emissões de monóxido de carbono dos carros que lotam as cidades.

4. Envolve músculos diferentes

Ao contrário do exercício no asfalto, feito pela maioria dos corredores, correr na montanha envolve novos ângulos de pisada para os pés. Eles exigem que os músculos que servem para dar o impulso para o próximo passo ajam de uma forma diferente.

Tanto por causa das mudanças no terreno quanto pelas colinas que muitas vezes cercam as trilhas, este tipo de corrida requer a participação de grupos musculares diferentes com uma maior frequência do que aconteceria se você simplesmente estivesse correndo em superfícies planas.

Este é um grande impulso para a sua resistência e vai trabalhar grupos musculares que você nem sabia que poderia exercitar. Além disso, na montanha os glúteos trabalham mais do que em terreno plano, pois o pé deve subir mais alto do que durante uma corrida normal.

Ademais, a parte superior do corpo fica mais inclinada para a frente do que ao correr horizontalmente; essa postura permite que você trabalhe os músculos das costas, braços e ombros.

Correr na montanha envolve músculos diferentes

5. Você queima mais calorias ao correr na montanha

Certamente o maior esforço por causa da elevação e da altitude vai ajudar o seu corpo a queimar mais calorias. Assim, se você quer emagrecer rapidamente, você vai queimar gordura muito mais rápido fazendo um treino de alta intensidade na montanha do que em pistas de superfície plana.

Em suma, correr na montanha permite que você tenha a mente e o corpo saudáveis, além de proporcionar inúmeros benefícios. Se você é um corredor experiente, isso pode ser ideal para sair da rotina e apreciar um ambiente natural.

Porém, da mesma forma que em qualquer outro cenário, não se esqueça de fazer uma boa sessão de alongamento, tanto antes quanto depois de cada treino. E, em caso de lesão, você deve retomar a atividade física gradualmente, preferindo a prática em terreno plano e evitando as descidas.

  • Ferris, D. P., Louie, M., & Farley, C. T. (1998). Running in the real world: Adjusting leg stiffness for different surfaces. Proceedings of the Royal Society B: Biological Sciences, 265(1400), 989–994. https://doi.org/10.1098/rspb.1998.0388
  • McMahon, T. A., Biewener, A. A., Kerdok, A. E., Weyand, P. G., & Herr, H. M. (2015). Energetics and mechanics of human running on surfaces of different stiffnesses. Journal of Applied Physiology, 92(2), 469–478. https://doi.org/10.1152/japplphysiol.01164.2000
  • McMahon, T. A., & Greene, P. R. (1979). The influence of track compliance on running. Journal of Biomechanics, 12(12), 893–904. https://doi.org/10.1016/0021-9290(79)90057-5