Por que você deve fazer um aquecimento antes de correr?

4 de setembro de 2019
Não podemos sair correndo do nada, sem dar ao músculo o tempo necessário para se preparar para a atividade. São várias as razões para fazer um aquecimento, e elas são muito importantes.

O aquecimento é obrigatório na vida do atleta. Neste artigo, vamos mostrar por que é necessário fazer um aquecimento antes de correr. Tome nota!

Começar a correr sem fazer um aquecimento prévio pode levar a vários problemas. Entre eles estão a distensão muscular, a ruptura de tendões ou até mesmo a piora do desempenho. Por esses motivos, o aquecimento é um passo importante para preservar o bem-estar e o desempenho físico.

Razões para fazer um aquecimento antes de correr

O aquecimento antes de correr é absolutamente necessário para o corredor. A seguir, você verá as razões pelas quais você deve fazer do aquecimento um costume indispensável nos seus treinos:

1. Aumenta a temperatura corporal

Ao fazer um aquecimento ativo e completo, a temperatura dos músculos aumenta. Como consequência, a temperatura corporal também aumenta. Isso acelera o processo metabólico (um aspecto importante se você quiser emagrecer) e o fornecimento da energia necessária para lidar com os esforços físicos.

2. Aumenta o fluxo sanguíneo

O aquecimento também aumenta a frequência cardíaca e o fluxo sanguíneo. Além disso, ele melhora o desempenho respiratório e a distribuição do oxigênio nos músculos. Ambos são aspectos necessários para o desempenho adequado durante a corrida.

3. Melhora o desempenho muscular

À medida que a temperatura dos músculos aumenta, a viscosidade do tecido diminui acentuadamente. Essa modificação permite uma contração muscular mais fluida, rápida e forte. Ao mesmo tempo, permite uma melhor oxigenação e dilatação dos vasos sanguíneos.

Fazer um aquecimento melhora o desempenho muscular

4. Previne lesões

As lesões são mais prováveis ​​se você pular o aquecimento e começar a correr diretamente. Isso ocorre porque os músculos estão ‘frios’, ou seja, eles não estão preparados para o exercício.

Portanto, uma lesão devido a contrações repentinas do músculo ou uma ruptura devido à falta de mobilidade em uma articulação são muito prováveis se você não der prioridade ao aquecimento.

5. Evita cãibras

As cãibras são uma contração involuntária do músculo. Às vezes, elas podem ser bastante dolorosas e prolongadas. Nos corredores, as cãibras geralmente aparecem nas panturrilhas ou nas coxas. Sem dúvida, isso é algo inconveniente porque interrompe o treinamento.

Para evitar as cãibras, é essencial fazer um aquecimento adequado. Além disso, também é aconselhável estar adequadamente hidratado antes do aquecimento e depois de correr.

6. Distribuição ideal do peso

Outro benefício indispensável do aquecimento é que a camada de cartilagem nas articulações engrossa e, assim, a superfície de rodagem aumenta. Isso melhora a distribuição da carga nos joelhos.

Recomendações para um aquecimento antes de correr

O aquecimento antes de correr é essencial para que os processos mencionados aconteçam. Além disso, ele também contribui para termos um bom desempenho ao correr.

No entanto, para aproveitar os benefícios do aquecimento, é essencial colocar em prática um treino eficaz, que realmente prepare o corpo para a corrida. Por isso, você deve considerar as seguintes recomendações:

  • É importante trabalhar muito bem os músculos mais utilizados ao correr: adutores, isquiotibiais, quadríceps, abdômen e a articulação do joelho, entre outros.
  • Tente começar a corrida o mais próximo possível do final do aquecimento. Se após o aquecimento você descansar por muito tempo, os músculos vão retornar à sua temperatura normal e o aquecimento não terá nenhum efeito para a corrida.
  • É necessário que a intensidade do aquecimento seja alta para estimular bem os músculos. No entanto, você nunca deve começar com um ritmo muito exigente. É melhor começar devagar e aumentar a intensidade gradualmente.
Aquecimento antes de correr

  • Quanto mais curtos e intensos os treinos, mais longo e mais forte deve ser o seu aquecimento.
  • Certifique-se de estar fazendo um aquecimento ativo, que mobilize o seu corpo para ativar as funções vitais e os músculos a serem trabalhados.
  • Não faça alongamentos antes de correr, pois eles geralmente relaxam os músculos. Tendo isso em vista, concentre-se em fazer um aquecimento dinâmico e deixe o alongamento para depois da corrida.

Cuide do seu corpo

Elementos como alimentação, hidratação, descanso e aquecimento são primordiais para o atleta. Portanto, você deve encontrar um equilíbrio entre todos esses fatores para ser saudável, ter um bom desempenho esportivo e alcançar os seus objetivos.

Em suma, não evite o aquecimento sob nenhuma circunstância. Se você não fizer o aquecimento ou se ele for feito de maneira incompleta, sem realmente aumentar a temperatura dos seus músculos, isso pode trazer graves consequências para o seu corpo.

Não se arrisque: o aquecimento antes de correr é extremamente necessário. 

  • Bishop, D. (2003). Warm up II: Performance changes following active warm up and how to structure the warm up. Sports Medicine. https://doi.org/10.2165/00007256-200333070-00002
  • Gray, S. C., Devito, G., & Nimmo, M. A. (2002). Effect of active warm-up on metabolism prior to and during intense dynamic exercise. Medicine and Science in Sports and Exercise34(12), 2091–2096. https://doi.org/10.1097/00005768-200212000-00034
  • Noonan, T. J., & Garrett Jr, W. E. (1999). Muscle strain injury: diagnosis and treatment. The Journal of the American Academy of Orthopaedic Surgeons7(4), 262–269.
  • Safran, M. R., Seaber, A. V., & Garrett, W. E. (1989). Warm-Up and Muscular Injury Prevention An Update. Sports Medicine. https://doi.org/10.2165/00007256-198908040-00004