Conheça a União Ciclística Internacional (UCI)

27 de outubro de 2019
Conhecida pela sua sigla UCI, a União Ciclística Internacional é o órgão mundial que regula o ciclismo em sua faceta competitiva. Como essa entidade foi formada? Vamos te contar um pouco mais neste artigo.

A União Ciclística Internacional é conhecida pela sua sigla UCI ou como Union Cycliste Internationale, por causa do seu nome original em francês.

É o órgão governante mundial responsável pela regulação do ciclismo de competição. Além disso, também garante que o regulamento seja aplicado em eventos internacionais das suas diferentes modalidades.

A UCI reúne as principais federações nacionais de ciclismo do mundo. Portanto, ela é responsável por representá-las perante o Comitê Olímpico Internacional (COI).

Mas por que foi necessário fundar a União Ciclística Internacional? E como a sua atuação ajuda a garantir que o ciclismo como esporte seja praticado de uma maneira ética e profissional? A seguir, veremos a história do ciclismo e do seu principal órgão representativo, a UCI.

As origens do ciclismo

Como é fácil supor, as origens do ciclismo estão inevitavelmente ligadas à criação da bicicleta. Esse meio de transporte tão popular atualmente só começaria a ser desenvolvido nos últimos anos do século XVIII, portanto, seria impossível falar de ciclismo recreativo ou competitivo anteriormente.

De fato, a primeira competição de ciclismo que foi registrada ocorreu em maio de 1868, com a participação de apenas sete ciclistas.

Naquele momento, o britânico James Moore foi coroado campeão em um pequeno circuito nos arredores de Paris. O atleta competia com uma bicicleta de madeira, com rodas de ferro e pinhão fixo.

No entanto, a primeira corrida oficial de ciclismo ocorreria quase um ano e meio depois, no final de 1869. Mais de 100 ciclistas começaram a competição ao ar livre, mas apenas cerca de 30 conseguiram completar os 123 km entre Paris e Rouen.

União Ciclística Internacional: funções e competições

Algo interessante sobre as primeiras competições e exibições de ciclismo é que elas geralmente estavam associadas ao objetivo de promover a bicicleta.

Ela não era apenas um brinquedo ou acessório de lazer, mas também um meio de transporte capaz de suportar longas distâncias. Por isso, pouco a pouco, os circuitos de corrida começaram a ter mais e mais quilômetros…

Desde as primeiras organizações até a fundação da UCI

Não demorou muito para que o novo esporte chamado ciclismo ganhasse popularidade e conquistasse milhares de adeptos. Prova disso é que, em janeiro de 1870, depois de menos de dois anos da primeira corrida oficial, o primeiro clube de ciclismo do mundo seria fundado em Florença, Itália.

Um ano depois, em 1871, o mesmo aconteceria na Holanda e depois no Reino Unido e na Espanha, em 1878. No entanto, a primeira associação nacional de ciclismo seria criada na França, em meados de 1881. Isso também levou à realização do primeiro campeonato nacional de ciclismo de estrada.

Apesar disso, o ciclismo só conquistaria uma representação internacional em 1892, após a criação da Associação Internacional de Ciclismo, em Londres. Porém, oito anos depois, em 1900, a União Ciclística Internacional seria fundada em Paris com o apoio de seis nações: Bélgica, Espanha, Estados Unidos, França, Itália e Suíça.

Desde então, a UCI se estabeleceu como o principal órgão regulador de competições e ciclistas, eventos e exibições de ciclismo em nível internacional. Atualmente, a sua sede está localizada em Aigle (Suíça) e ela é composta por 184 associações nacionais, organizadas em cinco confederações continentais.

União Ciclística Internacional: funções e competições

Conforme mencionamos na introdução, a função mais abrangente e fundamental da UCI é a de regular a prática do ciclismo de competição em nível internacional.

Em ação articulada com as associações nacionais, ela é responsável por garantir que o Regulamento do Ciclismo seja aplicado em cada modalidade, especialmente durante competições e eventos internacionais.

As origens do ciclismo

Além disso, a União Ciclística Internacional realiza uma detalhada rotina de controle dos equipamentos e acessórios utilizados nas competições.

Nas últimas décadas, a UCI também vem reforçando ações concretas para promover o fair play e para combater os casos de doping. Em resumo, trata-se de garantir que o ciclismo como esporte seja disputado de forma transparente e em igualdade de condições para todos os competidores.

  • Página oficial de la UCI. Extraído de: https://translate.google.es/translate?hl=es&sl=en&u=https://www.uci.org/&prev=search
  • Reglamento de ciclista UCI. Federación Española de Ciclismo. Extraído de: https://rfec.com/index.php/es/smartweb/seccion/seccion/rfec/Reglamento-del-Deporte-Ciclista-Uci